Depois de virar assunto porque a marca Ovomaltine não poder ser mais associada ao seu milk shake, agora a rede de franquias volta a estar em destaque na mídia. Tudo porque ela acaba de inaugurar, no Rio de Janeiro, a primeira loja 100% digital do país.

No novo modelo, que será implantado no BarraShopping, todos os pedidos serão feitos pelo terminal de autoatendimento ou pelo novo aplicativo do Bob’s, lançado no dia da inauguração. E a novidade tem como objetivo trazer mais conveniência, agilidade e maior customização dos pedidos.

“Nossos clientes estão buscando cada vez mais conveniência, agilidade e personalização no momento da compra e a nova loja entrega essas três vantagens”, explica o diretor geral da rede, Marcello Farrel.

Com 136 metros quadrados, a nova flagship segue o conceito atual do ponto de venda Bob’s, que tem como propostas o design contemporâneo e a preocupação com a funcionalidade. Desta forma, o espaço tem como destaque, além dos totens de atendimento, a possibilidade de fazer o pedido pelo novo aplicativo da rede.

“Nessa opção, ele não precisa nem sair da mesa para realizar o pedido, apenas para buscá-lo”, conta, ainda.

Isso porque, com o app, o consumidor pode efetuar a compra com a plataforma digital Masterpass, da Mastercard, que facilita o pagamento ao acessar as informações do cartão (isso para todas as bandeiras). O processo acontece da seguinte forma: ao cadastrar previamente seus dados, o consumidor realiza a compra com mais velocidade e praticidade.

“Iniciamos essa modernização com a implantação de um novo conceito de ponto de venda, que já representa um aumento de 20% nas vendas, e agora lançamos o aplicativo e a loja digital. Tínhamos o desafio de modernizar a marca sem que ela perdesse a identidade e a essência, e o público tem reagido da melhor maneira possível. Temos certeza de que a nova loja também será um sucesso”, ressalta o executivo.

Lembrando que para abrir uma franquia do Bob’s é necessário investir entre R$ 660 mil e R$ 1,177 milhão. Além disso, o franqueador ainda paga uma taxa de franquia de R$ 80 mil, tendo o faturamento médio na casa dos R$ 150 mil mensais.

Investimento total: de R$ 660 mil a 1,177 milhão
Taxa de franquia: R$ 80 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
Prazo de retorno: de 36 a 48 meses

COMPARTILHE
Artigo anteriorEm expansão no Nordeste, Maria Brasileira chega ao RN
Próximo artigoFranquia Hinode: como abrir e quanto custa
Graduada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduanda em Gestão de Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, sua paixão é escrever e tem curiosidade sobre os mais diversos temas. Já trabalhou em editorias de entretenimento, esportes, saúde, bem-estar, PME e gestão de carreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA