Uma das primeiras franquias de beleza do país, a Água de Cheiro acaba de passar por um período de reformulações e reestruturação. Agora, a marca faz parte da Beauty Franchising, grupo que investe no relançamento da franquia e prevê, para 2018, que a Água de Cheiro esteja entre as três maiores redes de beleza do país.

Com novo modelo de negócio que visa democratizar o universo da beleza, a novo projeto da Água de Cheiro une um sistema multimarcas, além de produtos de marca própria, em uma única rede especializada em beleza e cuidados. O novo projeto chega ao mercado com um mix de perfumes e cosméticos mais democráticos, acessíveis e de alta qualidade.

Para um forte reposicionamento da marca no país, faz parte da estratégia o foco na rede atual de franquias e o fortalecimento do relacionamento com os franqueados, além da expansão de novas unidades pelo país. Atualmente, a rede conta com 194 lojas, em sua maioria, localizadas na região Sudeste.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar apresentou um bom desempenho no último ano, com crescimento de 15,5%. Os dados são positivos para marcas como a Água de Cheiro, que pretende fortalecer o nome no país e ampliar presença no mercado nacional de beleza.

O diretor de franquias da marca, Fábio Figueiredo, afirma que a estratégia de expansão da rede pretende bater a meta de 290 unidades em operação até o final de 2018.

“A Água de Cheiro tem em seu DNA a beleza brasileira muito evidenciada e seus produtos são fiéis a isso, mas queremos ir além, e disponibilizar também produtos de outras marcas. A filosofia da empresa é trabalhar com a pluralidade, então buscamos oferecer um portfólio completo onde há espaço para todo tipo de consumidor”, comenta Figueiredo, em comunicado à imprensa.

A marca pretende trabalhar com marcas de empresas nacionais, como Marcelo Beauty Make Up, Forum Perfumes e Esmaltes, Lamborghini Perfumes, Ana Hickmann Perfumes, e marcas internacionais, como Gabriela Sabatini e Jennifer Lopez.

Modelo de negócio

Com dois modelos de negócio disponíveis para investimento, loja física ou quiosque, os investimentos variam entre 80 mil reais e 180 mil reais, valor que inclui taxa de franquia. A rede não exige do franqueado experiência anterior no ramo da beleza, e o prazo de retorno é de 18 meses.

O diretor de franquias prevê que com a nova estratégia e reposicionamento da marca, a empresa aumente o ebitda em 150% já para o próximo ano.

Com novo modelo de loja, a atual arquitetura pede um espaço a partir de 30 metros quadrados, com layout moderno e descontraído. “Antes percebida como loja de presentes, vamos ampliar o conceito para um local de consumo de beleza”, finaliza Figueiredo.

Investimento inicial: R$ 80 mil a R$ 180 mil
Taxa de franquia: de R$ 15 mil a R$ 30 mil
Royalties: 40% sobre compras
Faturamento médio: R$ 30 mil e R$ 70 mil
Prazo de retorno: 18 meses

COMPARTILHE
Artigo anterior9 franquias de perfumes para ficar de olho
Próximo artigo20 franquias que não cobram royalties
Luísa Campos
Graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto. Escolheu essa profissão pela paixão por escrever. Agora, descobriu que pode se reinventar e continuar contando histórias de sucesso em negócios, tecnologia e inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA