Os planos do Busger para 2019 são de conquistar novos territórios. A rede de franquias de hamburguerias projeta a expansão para além da cidade de São Paulo e busca novos investidores em cidades do interior e do litoral paulista.

A marca tem como principal diferencial no mercado o formato de suas lojas: as cozinhas são instaladas dentro de ônibus antigos, combinando o conceito de comida de rua com o conforto de lanchonetes tradicionais.

“Ainda é possível crescer dentro da capital paulista. Há uma série de bairros interessantes para o nosso modelo de negócio. No entanto, já mapeamos outras localidades onde desejamos fincar nossa bandeira. Sentimos que 2019 é o ano para levar nossa marca para esses e outros municípios”, afirma Rodrigo Arjonas, sócio-diretor do Busger, em nota divulgada à imprensa.

Para sair dos limites da capital, a franqueadora tem foco em cidades de São Paulo como Campinas e Santos. A expectativa é de que o Busger salte de 11 para 18 unidades até o final de 2019. Com isso, a rede deve crescer cerca de 40% em consumo e faturamento neste ano.

Além da inauguração de novas lojas, Arjonas conta que a rede também deve trazer novidades para o cardápio, campanhas e ações promocionais para atrair consumidores.

Em 2018, a marca registrou bons resultados. Com investimento de mais de 3,5 milhões de reais, foram abertas seis novas unidades no ano passado. No total, foram mais de 80 mil toneladas de hambúrgueres e mais de 110 mil litros de cerveja e chopp vendidos no decorrer do ano. O crescimento, em comparação com os resultados de 2017, chegou a 110%.

O cardápio do Busger conta com opções de finger foods, hambúrgueres, bebidas e sobremesas. Os pratos são preparados dentro dos ônibus antigos e servidos em um salão com mesas e cadeiras.

Para se tornar um franqueado Busger o investimento parte de 500 mil reais. As unidades devem ter dimensões de, em média, 160 metros quadrados e contar com uma equipe de cinco a dez funcionários.

Com retorno previsto a partir de 12 meses, as unidades têm lucratividade média mensal de 20%.

Investimento total: R$ 500 mil a R$ 550 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 170 mil a R$ 250 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA