A internet vem se mostrando ambiente propício para encontrar boas oportunidades de trabalho e até mudanças de trajetória profissional. Foi assim que o empreendedor Vilmar Praxedes, franqueado da Sem Aperto, chegou até o modelo de negócio da rede de soluções financeiras.

Hoje, Vilmar comanda duas unidades de franquias Sem Aperto, nas cidades de Goiânia e Anápolis, no estado de Goiás. E o investimento já se provou rentável: em apenas seis meses, o franqueado conseguiu recuperar o capital investido no negócio.

Antes de se tornar um franqueado, o empreendedor atuou por mais de duas décadas com atendimento ao público. Vilmar tem vivências como vendedor, corretor de seguros e correspondente bancário, ocupação profissional em que atuou por mais de 20 anos.

Com desejo de mudanças na trajetória profissional e com o sonho de estar à frente do próprio negócio, o empreendedor começou a pesquisar as possibilidades.

“Conheci a Sem Aperto pesquisando na internet. De início, entendi que é um modelo de negócio de grande demanda e de concorrência, apesar de sempre haver mercado para atuação”, conta Vilmar.

A rede atua no mercado com a proposta de oferecer soluções financeiras, com destaque para a máquina de cartão Sem Aperto. Os clientes encontram a possibilidade de parcelar pagamentos no cartão de crédito ou boleto, têm acesso ao carnê da marca, além de futurização de recebíveis.

A máquina de cartão Sem Aperto apresenta taxas mais baixas e os clientes encontram a possibilidade de pagar em até 24 vezes a partir do carnê virtual. Os clientes também encontram a possibilidade de parcelar IPVA, multas e outros débitos relativos a veículos, em até 12 vezes no cartão ou em até 18 vezes no boleto.

A marca fornece ainda a possibilidade dos clientes receberem o salário no Sem Aperto, aproveitando facilidades para economias mensais. É também possível pagar contas e recarregar o celular, além de realizar transações financeiras, como TED e DOC, para todos os bancos.

Atuando com propostas diferenciadas no mercado, a rotina de negócio de Vilmar é de muito trabalho.

“O dia a dia é bem puxado. É importante fazer contatos para captação de novos clientes, dar suporte técnico e comercial, além de assistência técnica nos terminais ativados. Eu também fico responsável por fazer visitas agendadas para captação e ativar novos terminais”, explica.

Vilmar conta que, diante do trabalho de atendimento constante a clientes, é essencial adotar estratégias para fidelização dos que já atuam junto à marca além da prospecção de novos clientes. “A estratégia que uso é ser resiliente e, por mais cansativo que seja, ter consistência na captação realizada no dia a dia”, afirma.

As unidades franqueadas de Vilmar se destacaram ao apresentar rápido retorno de investimento: em seis meses, o empreendedor recuperou os 18 mil reais investidos na franquia, que é operada em modelo home office.

“Graças a Deus nossos clientes estão muito satisfeitos com nossas taxas. Nosso serviço e suporte são o que garantem a satisfação. Desenvolvemos um trabalho de suporte permanente, disponibilizado das 8h às 21h, de segunda a sexta, e de 08h às 18h no sábado”, pontua o franqueado.

Como estratégia para garantir o bom desempenho das unidades, Vilmar identifica a importância de adequar os horários de trabalho e de suporte, de acordo com os horários em que os clientes também trabalham.

“A partir do momento em que tivermos clientes que trabalham além do meu horário atual, como nos domingos e nos feriados, com certeza também começaremos a prestar suporte nestes dias”, garante Vilmar.

Diante do destaque no curto período de tempo no retorno de investimento, as projeções para os próximos anos das franquias de Vilmar têm como foco o crescimento.

“Acredito que os resultados de 2019 são satisfatórios e, para os próximos anos, tenho como objetivo aumentar, no mínimo em 300% a atual carteira de clientes. Os novos produtos que serão disponibilizados a partir do ano que vem têm a proposta de garantir um crescimento vertical, em cerca de 10 vezes o que estamos hoje”, conta.

Assim, o empreendedor espera expandir para todo o Distrito Federal e cidades do entorno. Além disso, Vilmar espera intensificar a presença da marca na cidade de Anápolis, e já iniciou os trabalhos de pesquisa para atingir o objetivo.

Ampliação de carteira de clientes é a meta do franqueado, que visa continuar registrando bons resultados de faturamento e, principalmente, atuando estrategicamente para rápido retorno das novas unidades.

“Pretendo ampliar ainda mais a nossa carteira em Goiânia, sem deixar cair a qualidade do nosso trabalho. Para os próximos anos, pretendemos continuar trabalhando com foco em desenvolvimento de novas unidades”, finaliza.

Franquia Sem Aperto

Atuando em formato home office, em escritório de dentro da própria casa ou espaços coworking, os franqueados Sem Aperto ficam responsáveis pelo relacionamento direto com os clientes e futuros clientes, sendo importante contar com equipamento de informática, computador, telefone e carro para realização de visitas.

Os franqueados atuam junto a uma marca já consolidada, com cinco anos de atuação no mercado, e recebem suporte completo da franqueadora tanto na implantação quanto na rotina do negócio.

É possível realizar o pagamento total do valor de investimento em uma franquia da rede, que é de 18 mil reais, ou parcelar em uma entrada de 4,6 mil reis e outras 24 parcelas de 557 reais. O faturamento médio mensal das unidades é de 4 mil reais.

Cadastre-se para saber mais sobre esta franquia:

DEIXE UMA RESPOSTA