Chope do Mestre estreia no mercado com franquia de quiosque

0
53
franquia chope do mestre

Pegando carona na tendência de um mercado receptivo para as cervejarias artesanais e, principalmente, pelo gosto dos brasileiros pela bebida, a Chope do Mestre foi lançada com a proposta de revolucionar o mercado de cervejas no país.

Os clientes encontram cervejas especiais de alta qualidade, vendidas a preços bastante convidativos. Os franqueados atuam em modelo de negócio em formato quiosque, de fácil operação e gerenciamento. Para 2020, a rede aposta em expansão para todo o país.

Com um know how de 25 anos de experiência em cervejarias, a Chope do Mestre aposta em estratégias para garantir o sucesso dos produtos e do modelo de negócios. Os franqueados encontram suporte completo no dia a dia de operação da unidade, o que garante tranquilidade na rotina de operação e gerenciamento.

Barone é um dos fundadores da marca, com formação de mestre cervejeiro em Munique, na Alemanha. O empreendedor também atuou junto a uma cervejaria multinacional, prestando consultoria para o mercado por quase três décadas.

Luiz Bitencourt é sócio de Barone no Chope do Mestre, e conta com experiências de administração em negócios da família. Juntos, os empreendedores estruturaram o modelo de negócio da marca, fruto da paixão por cervejas especiais e da vontade de empreender.

Inserida em um mercado com amplo potencial de exploração, nos últimos 10 anos, o Brasil vivenciou um boom no número de cervejarias: de 70 para 700, de acordo com a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva). Somente em 2018, foram inauguradas 185 novas fábricas, com crescimento de 35% no mercado.

O Brasil é, atualmente, o terceiro maior mercado produtor de cerveja. Anualmente, são produzidos 12,4 bilhões de litros, superando a Rússia (11,6 bilhões de litros) e até a Alemanha (10,8 bilhões de litros).

Por isso, a proposta de atuação da Chope do Mestre foi desenvolvida após análises de mercado: de início, a ideia era estruturar um pub, em uma modalidade de negócio bem característica das cervejarias. Entretanto, os empreendedores chegaram à conclusão que era importante buscar diferenciação entre os concorrentes, com investimento em um modelo inovador, que oferecesse aos clientes cervejas de qualidade, servidas de forma prática e a preço acessível.

Assim, a modalidade foi pensada em um quiosque para shopping, próprio para servir cervejas e chopes especiais, além de cardápio de petiscos elaborados para harmonizar com as bebidas. A cozinha do quiosque foi projetada para ser de fácil manuseio, visando praticidade e atuação em um espaço limitado.

Os barris de chope são armazenados em câmara fria e um gás especial é utilizado para a extração do chope, com o objetivo de manter a qualidade e o sabor da bebida. A cozinha do quiosque foi projetada para ser de fácil manuseio, visando praticidade e atuação em um espaço limitado.

“Chegar nesse conceito de negócio com certeza foi o processo de maior dificuldade, porém, foi o divisor de águas para a nossa abrangência de público, excelente aceitação dos clientes e um grande conhecimento da marca”, comenta Luiz Bitencourt.

O primeiro quiosque do Chope do Mestre foi inaugurado em 2017, no Nações Shopping, em Criciúma (SC). O sucesso frente ao público foi instantâneo e, após oito meses da inauguração da primeira unidade, o segundo quiosque foi instalado no Continente Shopping, em São José (SC).

Todos os processos dos quiosques foram estruturados para facilitar o dia a dia de operação e, ao mesmo tempo, entregar produtos de qualidade aos clientes.

Os petiscos chegam aos quiosques congelados e seguem uma padronização, prezando pela qualidade dos ingredientes. Os processos de finalização são feitos por meio da tecnologia dos fornos ultrarrápidos, garantindo sabor, suculência e crocância aos alimentos.

Franquia Chope do Mestre

O investimento em um quiosque da Chope do Mestre parte de 170 mil reais, e a unidade apresenta potencial de faturamento mensal entre 40 mil reais e 70 mil reais. A lucratividade média mensal é estimada entre 10% e 15%.

Os franqueados recebem orientação e acompanhamento na gestão da unidade, além de software operacional e novos produtos de acordo com as tendências do mercado.

A franqueadora garante suporte na escolha do ponto em que o quiosque será instalado, além de investimento em marketing para fixação da unidade.

Cadastre-se para saber mais sobre esta franquia:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui