Guia Franquias de Sucesso

Franquia Tutores: como abrir e quanto custa

Visando suprir a necessidade de alunos melhorarem seu desempenho escolar, a franquia Tutores tem crescido junto com um mercado com um grande potencial.

Fundada em 2007 pelo casal de empreendedores Artur Hipólito e Léa Bueno, a Tutores nasceu a partir da percepção de uma necessidade prática, quando os fundadores precisaram de ajuda para seus filhos, que estavam com problemas de aprendizagem. Com dificuldade de encontrar um serviço de qualidade estruturado para educação complementar, Artur e Léa formataram o que é hoje uma das maiores redes de franquias de reforço escolar.

Além do reforço escolar, a Tutores oferece também aulas particulares, tutoria multidisciplinar, apoio na preparação para ENEM, vestibulares e concursos, cursos livres e traduções de textos em outras línguas. As unidades atendem alunos em diversas fases escolares e com idades diferentes – desde crianças até adolescentes de ensino médio, estudantes universitários e idosos.

Com isso, o potencial de mercado é alto. Segundo dados preliminares do Censo Escolar 2017, divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), o Brasil conta com mais de 32,4 milhões de estudantes matriculados, considerando alunos de pré-escola, ensino fundamental e ensino médio. Além disso, há mais de 2,8 milhões de matrículas na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e 2,1 milhões de matrículas em creches.

Apesar do contingente de alunos matriculados, o desempenho escolar brasileiro tem muito a crescer. De acordo com dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil ocupa a 58ª posição em um ranking de desempenho que considera 65 países.

Os dados reforçam que esse pode ser um bom momento para quem quer empreender na área de educação. A Associação Brasileira de Franchising (ABF) apurou que as franquias de serviços educacionais cresceram 5% no primeiro semestre de 2017, faturando um total de 5,334 bilhões de reais.

Este é o cenário em que a Tutores se insere. Oferecendo serviços para atender pessoas que desejam suporte nos estudos, a rede tem a missão de auxiliar os alunos na melhora do desempenho escolar. A avaliação é feita através de uma metodologia exclusiva que visa personalizar o atendimento e não sobrecarregar o aluno com materiais didáticos extras.

Nesta matéria você encontra informações sobre como abrir e quanto custa uma franquia Tutores e descobre como avaliar se esse é um bom negócio. Confira (se pegar um atalho, use os links do menu a seguir para ir direto ao tópico que mais te interessa):

Quanto custa uma franquia Tutores

A Tutores pode ser considerada uma franquia barata. Para tornar-se um franqueado, o investimento parte de 25 mil reais e pode ser de até 55 mil reais, conforme o formato da franquia e o número de habitantes da cidade em que a unidade será implantada.

O capital de giro da franquia tem valor indicado de 3 mil reais a 10 mil reais, variando de acordo com o modelo. A instalação da unidade, que pode ser iniciada em home based, fica entre 1,5 mil reais e 4 mil reais.

Além dessas taxas, o investimento inicial conta também com um valor para investimento em marketing, que varia de 1 mil reais a 3 mil reais.

Quem pensa em investir na rede pode contar ainda com parcerias para viabilizar o negócio. “Hoje a Tutores tem parcerias com o Santander Franquias. Porém, vale ressaltar a importância de o empreendedor ter condições que favoreçam na sua realização de ter seu próprio negócio, ou seja, realizar seu sonho”, explica Artur Hipólito, fundador da Tutores.

Qual o valor de uma franquia Tutores?

O valor de uma franquia Tutores varia conforme o número de habitantes da cidade a receber a nova unidade. A rede oferece franquias nos formatos home office e premium. Os dados a seguir foram informados pela empresa.

Franquias Home Office

São dois modelos para as franquias home office, ambos desenvolvidos para cidades pequenas. O primeiro é voltado a cidades com até 50 mil habitantes, e o segundo foca em cidades entre 50 mil e 100 mil habitantes.

A taxa de royalties, cobrada com base no salário mínimo vigente, varia conforme o modelo: o para cidades até 50 mil habitantes é de ¾ do salário mínimo; o para cidades até 100 mil habitantes é de um salário mínimo. Já a taxa de propaganda é de ¼ do salário mínimo para os dois modelos. Em ambas as taxas, a cobrança é feita a partir do quarto mês da assinatura do contrato.

Investimento total: R$ 25 mil a R$ 30 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 17,5 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 15 mil a R$ 23 mil
Prazo de retorno: até 12 meses

Franquias Premium

As franquias no formato premium se dividem em três modelos, mirando em cidades de médio a grande porte: para cidades com 100 mil a 250 mil habitantes; cidades de 250 mil a 500 mil habitantes; e para cidades com mais de 500 mil habitantes ou capitais.

A taxa de royalties também é cobrada com base no salário mínimo vigente para os modelos premium, com a diferença de que há duas fases com valores diferentes: a partir do quarto mês da assinatura do contrato até o 36º mês cobra-se um valor reduzido (de um a um e meio salário) e, do 37º ao 60º mês de contrato, cobra-se um valor maior (de um e meio a dois salários mínimos).

O fundo de propaganda deve ser pago a partir do quarto mês de assinatura do contrato e é de ⅓ ou ½ do salário mínimo, dependendo do número de habitantes da cidade de implantação.

Investimento total: R$ 35 mil a R$ 55 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 30 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 28 mil a R$ 37 mil
Prazo de retorno: até 12 meses

Qual o faturamento de uma franquia Tutores?

De acordo com informações da empresa, o faturamento médio mensal de uma unidade Tutores varia de 15 mil reais a 37 mil reais, conforme o modelo da franquia.

Qual o lucro de uma franquia Tutores?

Ainda segundo a empresa, a média de lucro das franquia é de 35% para todos os modelos de negócio. Já a rentabilidade média varia entre 26% e 28%. O prazo de retorno do capital investido é de até um ano para todos os modelos.

Compare os números de Tutores com outras franquias de educação

Confira os dados de investimento de outras franquias de educação e compare com os números da Tutores. As informações são divulgadas pela ABF.

Kumon

Investimento total: R$ 35,46 mil a R$ 50,67 mil
Taxa de franquia: R$ 3,46 mil a R$ 5,67 mil
Royalties: 40% sobre o preço sugerido dos cursos
Faturamento médio: R$ 27 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Ensina Mais

Investimento total: R$ 20 mil a R$ 100 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil a R$ 30 mil
Royalties: R$ 219,35 por computador habilitado
Faturamento médio: R$ 13 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

The Kids Club

Investimento total: R$ 30 mil a R$ 40 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil
Royalties: 12,5%
Faturamento médio: R$ 17 mil a R$ 25 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

CEBRAC

Investimento total: R$ 232 mil a R$ 370 mil
Taxa de franquia: R$ 32 mil a R$ 50 mil
Royalties: 10% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 129 mil
Prazo de retorno: 14 a 24 meses

Prepara Cursos

Investimento total: R$ 60 mil a R$ 180 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil a R$ 60 mil
Royalties: R$ 149,50 por computador habilitado
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Como abrir uma franquia Tutores

Para abrir uma franquia Tutores é preciso estar adequado ao perfil de candidato buscado pela rede que pede, entre outras coisas, formação em curso superior e identificação com a área de educação. Além disso, os funcionários contratados nas unidades devem ter formação pedagógica.

O processo de abertura tem início com o preenchimento de um cadastro e avança passando por fases de entrevista presencial com membros da rede e treinamentos até a inauguração da nova unidade.

Para 2018, a meta da rede é expandir para todas as capitais do Brasil e fechar o ano com um crescimento de mais 50 unidades da franquia.

Conheça os modelos de franquias disponíveis

Com cinco modelos de franquias em dois formatos (home office e premium), a Tutores desenvolveu as franquias com base no número de habitantes da cidade em que a unidade será implantada.

As franquias home office são opções para cidade pequenas, com menos de 50 mil habitantes a até 100 mil habitantes. Já as franquias premium são voltadas para capitais e cidades grandes e médias, com a partir de 100 mil habitantes a mais de 500 mil habitantes.

Para a operação da unidade, a franqueadora exige pelo menos um funcionário, que deve ter formação na área de pedagogia. As modalidades de franquias da rede oferecem a opção de que o franqueado inicie o trabalho no sistema home based.

O contrato de franquia tem duração de 60 meses e pode ser renovado pelo mesmo período, conforme especificações do documento.

Saiba se você tem o perfil ideal

Para se tornar um franqueado Tutores, é necessário que o candidato tenha formação superior, preferencialmente na área de educação.

“Profissionais das áreas de Psicopedagogia, Pedagogia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Ciências Biológicas, Matemática, História, Geografia, Letras, entre tantos outros cursos afins, encontrarão uma oportunidade de fazer um upgrade em sua carreira”, pontua Artur Hipólito.

Disponibilidade para dedicação integral ao negócio e residir na cidade em que pretende instalar a unidade, além de habilidade de negociação e de gestão de pessoas, são requisitos obrigatórios para o franqueado da marca.

Como saber se sua região comporta uma unidade

Com oportunidades de negócio para cidades de diferentes portes, não há limitação de número de habitantes para receber uma franquia da rede – é possível atuar tanto em cidades com menos de 50 mil habitantes quanto em cidades com mais de 500 mil pessoas.

Além disso, a franqueadora não limita a atuação a regiões ou estados pré determinados. “O processo de expansão da Tutores contempla todo território nacional e a rede disponibiliza de estudos com as melhores cidades para se investir numa franquia”, conta o fundador da rede.

Como as unidades podem iniciar a operação em home based, não é necessário passar pela seleção de um ponto comercial. Porém, é preciso ressaltar a importância de que o franqueado atue apenas em sua área, que será determinada por unidade no contrato da franquia.

Como é o processo de seleção

O processo para se tornar franqueado da rede é bastante detalhado. O primeiro passo é preencher e enviar a ficha de inscrição e questionário de avaliação. O formulário, disponível no site da Tutores, pede informações de contato, formação escolar, cidade de interesse, experiência profissional, capital para investir, expectativa de ganho e quando o candidato poderia fazer o treinamento inicial.

Em seguida, a franqueadora entra em contato para o agendamento de uma entrevista de um responsável do departamento de franquias com o potencial franqueado, que pode ser realizada via telefone ou presencialmente.

Depois da aprovação, o candidato passa pela escolha do território de atuação e recebe a Circular de Oferta da Franquia (COF). Após um período de pelo menos dez dias depois do recebimento da COF, o novo franqueado assina o contrato e faz o pagamento da taxa de franquia.

A próxima etapa é participar o treinamento inicial, que acontece na cidade de Campinas, em São Paulo. Por fim, a nova unidade é inaugurada.

Franquia Tutores: vale a pena?

No mercado há 10 anos, a Tutores já tem uma história consolidada no mercado de educação brasileiro. Hoje, são mais de 100 unidades de franquia em diversas regiões do país e um bom nível de satisfação de franqueados, o que é reforçado por premiações no ramo.

Com modelos de baixo custo de investimento e operação simplificada, com possibilidade de atuar sem instalar um ponto comercial, a franquia é uma oportunidade interessante para profissionais da área de educação que desejam empreender.

Mesmo assim, antes de tomar a decisão final, é imprescindível que o candidato analise com cuidado os números do negócio para se certificar de que o retorno está de acordo com suas expectativas de ganho.

As vantagens da franquia Tutores

De acordo com a franqueadora, as principais vantagens de se investir em uma franquia Tutores estão relacionadas ao histórico bem sucedido da marca no mercado, boa reputação da empresa e oferta de um serviço de alto valor agregado.

“Somos uma marca de projeção nacional: promovemos campanhas em eventos esportivos de grande exposição no país, como jogos de futebol, em canais fechados de televisão, mídia impressa e painéis em rodovias de grande circulação”, conta Artur Hipólito.

Os franqueados também contam com exclusividade na área de atuação, estabelecida em contrato, suporte de implantação e operacional completo.

Como é o suporte da franqueadora

Segundo informações da empresa, o franqueado Tutores recebe treinamentos nas áreas pedagógica, marketing, comercial, operacional e internet. O treinamento inicial é realizado presencialmente, na cidade de Campinas.

“O franqueado é preparado para selecionar os melhores professores da região, treiná-los e capacitá-los para atuarem como seus tutores, dentro do nosso conceito pedagógico e comercial”, complementa o fundador da rede.

Além disso, a franqueadora oferece suporte na elaboração do plano de marketing da unidade, manual de operação da franquia, rede de intranet com CRM, material publicitário próprio e formas de troca de experiência entre franqueados via convenção anual, encontros regionais e visitas programadas.

A rede disponibiliza ainda um suporte permanente com atendimento de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.

Os desafios de ser um franqueado Tutores

De acordo com Artur, cabe ao franqueado da rede cuidar da administração da unidade, conduzir a rotina operacional, formar e gerir a equipe de funcionários, organizar estratégias de marketing e fazer a gestão da prospecção e do relacionamento com clientes. Todas essas atividades devem estar de acordo com os valores da Tutores – um dos grandes desafios do franqueado, segundo a empresa.

Vale apontar ainda que, por estar no segmento de atuação, é fundamental que o franqueado esteja preparado para lidar com metodologias de ensino para diversos tipos de alunos, entregando um bom serviço aos clientes.

O que os outros franqueados dizem

A relação da Tutores com seus franqueados é um dos destaques da rede. Premiada com o Selo de Excelência em Franchising pela primeira vez em 2013, a marca recebeu a chancela, concedida com base na opinião de franqueados, por quatro vezes.

Para muitos dos franqueados, a ideia de trabalhar com educação e oferecer suporte a alunos é o que chama a atenção para o negócio. Segundo Danielle Pinto de Oliveira, franqueada da unidade Barreiras, a proposta da franquia foi especialmente atrativa por estar próxima da realidade de clientes da marca.

“O que me motivou a adquirir a franquia da Tutores foi o fato de eu ser uma cliente potencial, uma vez que vivencio a realidade dos clientes, pois tenho filhos e conheço as dificuldades de conciliar os diferentes papéis dos responsáveis no dia a dia para não prejudicar o desenvolvimento escolar das crianças. A filosofia educacional da Tutores me encantou”, relata a franqueada.

Karine Gome, franqueada na unidade do Guarujá, em Minas Gerais, também foi motivada pela oportunidade de atuar na área de educação.

“Atuar na área pedagógica foi o que me motivou para investir na Tutores. Me encantei pela filosofia da empresa durante o treinamento e me mantive motivada para iniciar os trabalhos em minha cidade”, completa Karine.

A página da Tutores no Reclame Aqui conta com apenas três reclamações, que dizem respeito a problemas de clientes com unidades franqueadas.

O que perguntar a outros franqueados da marca

Antes de fechar o negócio, é importante que o candidato procure por outros franqueados da marca para tirar dúvidas. Recomenda-se que o franqueado pergunte sobre a rotina do trabalho, a forma de prospecção de novos clientes, o trato com os alunos no dia a dia, o suporte oferecido pela franqueadora e se as estimativas de faturamento se confirmam na prática.

Além de ajudar os candidatos a tomar a decisão, os franqueados da marca também contribuem para ajudar a franqueadora no processo de seleção de novos membros da rede.

“O candidato à franquia também passará pelo contato com o conselho consultivo da Tutores, formado por franqueados que nos ajudam na validação de perfil de novos interessados”, finaliza Artur.

No site da Tutores é possível localizar as unidades franqueadas por região, encontrando informações como nome do franqueado, telefones e e-mail para contato. A listagem completa dos franqueados está presente na COF.