Quem gosta de lidar com crianças e tem o desejo de empreender pode encontrar nas franquias do segmento infantil algumas opções bastante interessantes para investir.

Além de gerar uma satisfação pessoal para quem se identifica com o setor infantil, trabalhar com produtos e serviços para os pequenos pode ser bastante lucrativo.

➥ Busca franquias no segmento infantil? Confira nosso guia de franquias de brinquedos e diversão

Muitas das franquias do segmento infantil estão ligadas aos setores de brinquedos, vestuário e de educação. E esses mercados têm apresentado resultados bastante expressivos no franchising brasileiro.

Informações da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (ABRINQ) revelam que a receita proveniente da venda de brinquedos no Brasil ultrapassou 6,8 bilhões de reais em 2018, um incremento de 7,5% sobre 2017.

As franquias de educação também geraram uma receita bastante atraente. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2018, elas faturaram 11,4 bilhões de reais, um crescimento de 5,2% no faturamento quando comparado a 2017.

Já as franquias de roupas, calçados e acessórios tiveram um faturamento 22,9 bilhões de reais, um aumento de 4,9 % frente ao ano anterior.

Analisando especificamente o nicho infantil o crescimento é ainda maior. A Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) apurou que o setor de vestuário desenvolvido para bebês e crianças cresce 6% ao ano.

A larga variedade de produtos e nichos que podem ser explorados por meio das franquias do segmento infantil também representa uma vantagem e aumenta as possibilidades de lucrar.

Brinquedos educativos, moda gestante, cursos de idiomas, reforço escolar, móveis e enxoval, por exemplo, são algumas das áreas que podem ser atendidas pelas franquias com produtos e serviços para bebês e crianças.

Apesar de várias companhias que compõem esse mercado trabalharem com lojas físicas, as faixas de investimento ainda são variáveis e atendem até quem está em busca de franquias baratas.

Algumas redes também oferecem modelos de microfranquia e até de franquias home based. Nesses modelos, o custo operacional do negócio costuma ser reduzido e o franqueado atende os pequenos em suas escolas, condomínios, clube ou na própria residência.

Além de estarem inseridas em mercados em ascensão, abrir uma franquia do segmento infantil também pode gerar diversas vantagens para os franqueados. Uma delas é a fidelização.

Isso porque, quando se trata de comprar roupas, brinquedos e outros itens para as crianças, os pais costumam ter suas marcas preferidas. Julio César Hannel Mattos, gerente de Varejo e Expansão da Calçados Bibi, confirma: “Quando o assunto é criança, tudo se torna  prioridade para os adultos. A preocupação dos pais em buscar produtos de qualidade e experiências diferenciadas de compra tem aumentado cada vez mais, além do poder de decisão e consumo nesse segmento”.

Além de reconhecer e confiar na qualidade dos produtos, a fidelização também está ligada à questão emocional e até a uma certa nostalgia.

Ricardo Marcondes, diretor de expansão da Tip Top, explica: “As mães e pais vivem um momento muito emotivo no período de gestão e após o nascimento do bebê. O franqueado tem que entender isso para conseguir se relacionar e atender esses clientes de forma adequada”.

Julio César concorda, e reforça: “O grande desafio é estar à frente das tendências e do comportamento de consumo de um público tão peculiar. Precisamos conquistar não só crianças, como também os pais, que são os grandes responsáveis pela decisão de compra”.

Para lidar com esse desafios, é fundamental que quem quer trabalhar com franquias do segmento infantil já tenha identificação com o mercado, goste de lidar com o desenvolvimento infantil e com o universo da parentalidade.

Antes de investir uma franquia voltada para bebês e crianças, também é importante fazer um estudo sobre a marca. O diretor da Tip Top levanta alguns pontos que os candidatos devem descobrir, como qual faixa etária a marca está direcionada; quantas coleções a loja tem que trabalhar no ano; como é o suporte oferecido; qual o capital de giro necessário; qual a média de faturamento e de markup.

Ficou interessado em uma franquia do segmento infantil? Então confira alguma das principais marcas voltadas para este público a seguir. Os dados de investimento são divulgados pela ABF ou informados pelas empresas.

1SMARTblocks

A SMARTblocks oferece aulas de robótica pedagógica a crianças e pré-adolescentes através de uma metodologia sustentada por quatro pilares: questionar, pensar, definir e executar.

O franqueado pode começar atuando em home office durante o primeiro ano do negócio. Após este período, é necessário instalar-se em um ponto comercial.

Investimento inicial: R$ 29,4 mil
Taxa de franquia: R$ 5,9 mil
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: R$ 27 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

2Ensina Mais

O objetivo da Ensina Mais é auxiliar no desenvolvimento da criança durante a formação escolar e atuar como complemento às estruturas cognitivas de aprendizado. A metodologia envolve aulas interativas, dinâmicas e gamificadas como formas de aumentar a absorção do conteúdo.

Para a operação da franquia, são necessários apenas dois colaboradores, um pedagógico e outro comercial, além do franqueado.

Investimento inicial: R$ 70 mil a R$ 100 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: valor fixo por computador instalado
Faturamento médio mensal: R$ 18 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

3Pingu’s English

Parte do grupo MoveEdu, uma das principais holdings de educação do país, a Pingu’s English é uma franquia do segmento infantil especializada no ensino da língua inglesa. O foco da rede são crianças de dois a dez anos.

O aporte inicial é de 80 mil reais, o faturamento médio mensal é de 25 mil reais e a lucratividade estimada varie entre 20% e 30%

Investimento inicial: R$ 80 mil a R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 45 mil
Royalties: valor fixo
Faturamento médio mensal: R$ 25 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

4Lilibee

A Lilibee trabalha com diversificado mix de produtos para mães e pais que estão aguardando a chegada de um bebê. A rede fornece móveis, decoração, enxoval, roupas para bebês, produtos para maternidade e gestantes.

Atualmente, o foco da expansão está em grandes cidades – com mais de 1 milhão de habitantes – e que tenham e pontos comerciais de rua com, pelo menos, 150 m² a 200 m².

Investimento inicial: a partir de R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 5,5% sobre faturamento
Faturamento médio mensal: R$ 130 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

5Milon

A Milon é uma rede de franquias de roupas infantis pertencente ao Grupo Kyly e que está no mercado desde 1985.

A franqueadora oferece estudo de viabilidade operacional, análise e seleção técnica do ponto comercial, projeto arquitetônico, apoio na montagem e inauguração da loja, manuais de operação, software de gestão integrada e sistema de negociações

Investimento inicial: a partir de R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 25% sobre as compras
Faturamento médio mensal: variável
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

6Explica Cursos

Especializada em apoio escolar, a Explica Cursos atende crianças, adolescentes e até mesmo adultos. A atuação da marca é bem ampla e engloba: aulas VIP, psicologia e psicopedagogia, orientação vocacional, línguas, plano de estudo e mais.

Investimento total: R$ 14 mil a R$ 35 mil
Taxa de franquia: R$ 8 mil a R$ 15 mil
Royalties: 10% do faturamento
Faturamento médio: R$ 30 mil
Prazo de retorno: 6 a 14 meses

7Little Kickers

Criada na Inglaterra, a franquia Little Kickers chegou no Brasil em 2014 com a proposta de fomentar a prática de esportes e ensinar inglês às crianças.

O modelo de negócio é home based e o franqueado pode atuar em espaços públicos e locais de ensino onde estão presentes o público alvo da marca.

Investimento inicial: R$ 20 mil a R$ 45 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 35 mil
Royalties: 10% sobre o faturamento
Faturamento médio mensal: R$ 17 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

8codeBuddy

Especialista em aulas de programação e robótica para crianças e jovens, a codeBuddy conta com mais de 40 unidades em operação e espera chegar a todas as regiões brasileiras até 2020. A rede atende alunos de sete a 16 anos de idade e conta com um modelo de negócio store in store, instalado dentro de unidades da Cultura Inglesa.

Investimento total: R$ 30 mil a R$ 200 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 30 mil
Royalties: 10% ou 18%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

9Kumon

A principal rede de reforço escolar e a maior franquia de educação do país, o Kumon é uma rede global presente em mais de 50 países e com mais de 40 anos de história no Brasil. O perfil desejado são empreendedores que tenham identificação com o setor, conhecimentos em português, matemática e inglês e disponibilidade para dedicação total.

Investimento total: a partir de R$ 40,7 mil
Taxa de franquia: R$ 3,7 mil a R$ 6,1 mil
Royalties: 40% do faturamento
Faturamento médio: R$ 30 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

10Caverna do Dino

Essa franquia do segmento infantil conta com produtos para crianças e bebês. Hoje, a Caverna do Dino tem mais de 40 lojas em seis estados brasileiros e tem a expectativa de dobrar o número de unidades nos próximos anos.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 390 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% sobre vendas líquidas
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 30 a 40 meses

11Ctrl + Play

A Ctrl + Play é uma escola de programação e robótica voltada para crianças e adolescentes. A rede nasceu na cidade de Campinas e hoje tem 36 unidades em todo o país.

Para seus franqueados, a Ctrl + Play oferece software de gestão, ferramentas de marketing, apoio total na divulgação inicial do negócio, orientação para recrutamento de funcionários, e mais.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 204 mil
Taxa de franquia:  R$ 34 mil
Royalties:  10% do faturamento
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 14 a 24 meses

12Calçados Bibi

Uma das mais conhecidas redes de calçados infantis, a Calçados Bibi entrou no franchising há 10 anos e tem cerca de 113 unidades.

A rede trabalha com modelos de loja e quiosque que podem gerar até 160 mil reais mensais em faturamento. A lucratividade prometida pela franqueadora varia entre 12% a 15%.

Investimento total: R$ 160 mil a R$ 580 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 50 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 50 mil a R$ 160 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

13Arena Baby

A Arena Baby atua no segmento de roupas e acessórios infantis, mas com um modelo um pouco diferente: além dos produtos novos, também comercializa semi-novos e usados.

Nas lojas, é possível que os clientes vendam peças que os filhos já não usam mais, recebendo em dinheiro ou créditos para usar na loja.

Investimento total: R$ 170 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 7%
Faturamento médio: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 24 meses

14Kidstock

Atuando com roupas, calçados e acessórios para o público infantil, a Kidstock tem a premissa de comercializar itens de qualidade com preços atrativos.

A marca trabalha exclusivamente com produtos fornecidos pela Zucchi Confecções, própria dos fundadores da KIDSTOK.

Investimento total: a partir de R$ 200 mil
Taxa de franquia: R$ 33 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 60 mil a R$ 100 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

15Marisol

Uma das mais tradicionais redes de moda infantil, a Marisol está no mercado de confecções desde 1964.

A rede oferece um mix de produtos com cinco coleções por ano, um projeto arquitetônico lúdico e orientações quanto ao marketing, desenvolvimento de equipe, viabilidade financeira e mais.

Investimento total: R$ 280 mil a R$ 370 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% sobre as compras
Faturamento médio: R$ 80 mil
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

16Tip Top

A Tip Top é uma rede de franquias de roupa infantil. Atualmente a marca trabalha com dois modelos de franquia: loja tradicional e mega store. Além das franquias e lojas próprias, a Tip Top também vende seus produtos em lojas multimarcas e pelo seu e-commerce.

Investimento total: R$ 422 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 30% sobre mercadorias
Faturamento médio: R$ 90 mil
Prazo de retorno: 30 a 36 meses

17Brasil Canadá

Fundada em 2000, a Brasil Canadá é uma rede de escolas bilíngues que atua no ensino infantil e fundamental.

Atualmente a rede trabalha com dois formatos de franquia: conversão de escolas já existentes ou a construção da franquia do zero. A Brasil Canadá promete um faturamento médio de 200 mil reais e uma taxa de lucro de 20% a 30%.

Investimento total: a partir de R$ 775 mil
Taxa de franquia: R$ 130 mil
Royalties: 8% do faturamento
Faturamento médio: R$ 200 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

18Ri Happy

Fundada em 1988 por um pediatra e um administrador de empresas, a marca é especialista no varejo de brinquedos e foi considerada, recentemente, uma das marcas mais admiradas do franchising.

Para as franquias, a Ri Happy oferece apoio completo na operação, incluindo: suporte na análise de viabilidade, escolha do ponto e implantação da loja; auxílio nos departamentos comercial, de marketing e PDV e acompanho periódico via consultoria de campo.

Investimento total: R$ 900 mil a R$ 1,7 milhão
Taxa de franquia: R$ 125 mil
Royalties: 5% sobre faturamento
Faturamento médio: R$ 350 mil
Prazo de retorno: até 42 meses

19Maple Bear

A Maple Bear é uma escola bilíngue que utiliza uma metodologia canadense de ensino. A companhia tem mais de 120 unidades no Brasil e atende cerca de 25 mil alunos.

O aporte inicial do negócio é de 1,2 milhão de reais (já incluindo a taxa de franquia), o espaço mínimo para instalação de uma franquia Maple Bear é de 600m² e a rentabilidade do negócio é de mais de 20%.

Investimento total: a partir de R$ 1,2 milhão
Taxa de franquia: US$ 55 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 400 mil
Prazo de retorno: 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA