*Este é um conteúdo patrocinado por anunciante. Fazer intercâmbio é o sonho de muitos brasileiros. A Global Study é uma das redes que atua nesse segmento, oferecendo serviços completos para quem deseja estudar no exterior. Fundada em 2007, a empresa já levou mais de 6 mil alunos para conhecer o mundo.

Com o objetivo de oferecer boas opções para quem deseja estudar no exterior, a rede conta com mais de 70 escolas parceiras, em diversos países do mundo. A agência apoia o aluno em todo o processo de intercâmbio, desde a escolha do destino e compra de passagens até assistência com vistos, acomodações, instituições de ensino e seguro viagem.

“Nosso maior desafio é conectar pessoas e democratizar o intercâmbio cultural, oferecendo experiências únicas que unem estudos, trabalho e lazer. Oferecemos suporte em todos os processos da viagem, assim, nossos alunos podem viajar com mais tranquilidade e aproveitar ainda mais este momento inesquecível das suas vidas”, conta Flávio Imamura, sócio fundador da Global Study.

Hoje, a rede conta com 16 unidades em operação está presente nas principais cidades brasileiras. O objetivo é continuar crescendo, expandindo para todo o Brasil e inaugurar oito novas lojas até março de 2018. Para isso, a marca conta com dois modelos de negócio, um deles especialmente focado em cidades pequenas, que têm alto potencial de mercado.

Oferecendo ao público consumidor um suporte completo em todas as etapas da viagem e pacotes com preços competitivos, o franqueado consegue atrair clientes e ter um bom desempenho em um mercado com alto potencial.

“Sempre quis abrir um negócio e a franquia era a primeira opção por poder entrar no mercado com uma marca forte e com suporte. As minhas duas irmãs também tinham o mesmo objetivo e decidimos ser sócias. Faltava encontrar um segmento ao encontro do nosso interesse, foi então que conhecemos a Global Study, que tem tudo a ver conosco. Já fizemos intercâmbio e acreditamos muito que essa experiência transforma pessoas. Poder trabalhar com algo que faz a diferença na vida de outros é muito gratificante”, conta Deise Crepaldi, franqueada Global Study da unidade Tatuapé.

O mercado de turismo já é consolidado no Brasil e tem conquistado cada vez mais espaço no franchising. Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o segmento de turismo foi o que mais cresceu no primeiro trimestre de 2017: 31%, faturando mais de 2,5 bilhões de reais.

O setor de intercâmbio também tem força. De acordo com uma pesquisa da Belta (Brazilian Educational and Language Travel Association), em 2016 cerca de 247 mil estudantes investiram em cursos fora do país – um crescimento de 14% em relação ao ano anterior.

Expansão em foco

Quem deseja entrar no mercado de turismo e intercâmbio investindo em uma franquia Global Study deve, além de se identificar com o segmento, ter um perfil adequado para fazer a gestão de pessoas e trabalhar o comercial.

“Para garantir o crescimento sustentável da rede é realizada uma análise profunda sob os empreendedores que desejam comprar uma unidade. Neste ano, o processo de seleção está ainda mais rigoroso. A exigência de perfil comercial é uma das principais requisições”, pontua Imamura.

Para preparar o franqueado para atuar na nova unidade, a franqueadora envia materiais para estudo e disponibiliza treinamentos online para a equipe, além de promover uma semana de imersão na matriz da empresa.

A rede trabalha com dois modelos de franquia: Global Study Store e Global Study City. O modelo Store é voltado para cidades com mais de 300 mil habitantes e tem investimento inicial de 95 mil reais.

Já o modelo City foi desenvolvido para atender cidades com menos de 300 mil habitantes. Nesta modalidade, o capital de investimento é de 60 mil reais. Lançado recentemente, o modelo City é ideal para franqueados que desejam apostar em cidades pequenas. O foco da empresa é expandir, especialmente, para cidades do interior de São Paulo.

O payback é rápido: em torno de 12 a 18 meses após o início das operações, o franqueado já deve ter o retorno do capital investido. Além disso, a rede oferece um modelo de gestão que possibilita uma boa margem de lucro ao investidor.

DEIXE UMA RESPOSTA