O KFC anuncia um plano de expansão agressivo para os próximos anos e deve aumentar sua presença no Brasil. A rede de fast food especializada em frango frito projeta a abertura de 500 novas unidades no país até 2027.

Para tanto, o KFC aposta no modelo de franquias e o foco de crescimento está nas principais capitais brasileiras. Segundo informações divulgadas pela marca, a expansão deve acontecer, prioritariamente, em São Paulo (tanto na capital quanto na Grande São Paulo e grandes cidades do interior paulista), além de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Ceará.

Com mais de 20 mil restaurantes em 125 países, o KFC conta hoje com 50 unidades em operação no país, distribuídas pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Ceará e Pernambuco.

Até o fim de 2018, a marca deve chegar a 75 lojas no Brasil, com inaugurações em mercados nos quais ainda não está presente, como Curitiba, Brasília e Rio Grande do Sul. Dos 25 novos pontos previstos para este ano, oito serão lojas próprias.

“Para 2019, nossa meta é de no mínimo mais 50 unidades”, afirma lldefonso de Castro Deus, gerente geral de KFC no Brasil, em nota divulgada à imprensa.

A partir de 2019, a rede também deve começar a expansão por meio de um novo modelo: as lojas de rua, com estrutura de 250 metros quadrados e serviço de delivery. Atualmente, o KFC aposta em um formato de loja de shopping, com estrutura de 60 metros quadrados.

Para abrir uma franquia KFC, o investimento fica em torno de 2 milhões de reais, valor que inclui a instalação do ponto comercial e o treinamento do operador durante um período de 90 dias.

“O KFC está aberto a novos grupos de investidores para o desenvolvimento da marca em diferentes regiões do país. Além da nossa expertise no setor de franquias, acreditamos que a expansão agressiva se deve à ampla aceitação da rede, que é referência em frango frito no mundo”, conta Ildefonso.

A empresa busca por candidatos com capacidade gerencial e financeira para abrir pelo menos cinco unidades KFC em um período de três anos.

Investimento total: cerca de R$ 2 milhões
Taxa de franquia: US$ 51,2 mil
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 350 mil
Prazo de retorno: 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA