O franchising é uma excelente forma de crescer em um mercado competitivo e de alta demanda. É o caso das franquias de cursos profissionalizantes, que vêm conquistando espaço e atraindo a atenção daqueles que buscam por qualificação profissional. A Master Beauty se posiciona neste cenário.

Atualmente com quatro unidades em operação, a Master Beauty tem um plano de forte crescimento para 2019: a rede projeta fechar o ano com 15 novas unidades. O foco de expansão está nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo.

Fundada em 1992, a Master Beauty é especialista em cursos na área de beleza, oferecendo aos alunos opções como cursos de cabeleireiro, estética facial e corporal, capacitação em estética avançada para profissionais de saúde, massoterapia, drenagem linfática, reflexologia, microagulhamento, micropigmentação, maquiagem, depilação, design de sobrancelhas, entre outros.

A rede trabalha com metodologia de ensino própria e apostilas formatadas por especialistas. O principal objetivo é treinar e orientar os alunos para encarar o mercado de trabalho, gerando oportunidades de atuação em um setor que está em alta.

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o setor de beleza brasileiro faturou 72 bilhões de dólares em 2017. A Abihpec estima que o crescimento em 2018 tenha chegado a 8%. O Brasil tem o quarto maior mercado de beleza do mundo, ficando atrás apenas de Estados Unidos, China e Japão.

De olho nesse mercado, muitos buscam qualificação profissional. Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) apurou que 90% da população concorda que quem faz cursos profissionais tem mais oportunidades no mercado de trabalho. Isso se reflete no número de matrículas: de acordo com o Senai, o crescimento de alunos matriculados em cursos técnicos e profissionais foi de 88% em um período de seis anos.

A Master Beauty ainda tem a seu favor o bom desempenho do setor educacional no franchising brasileiro. No primeiro semestre de 2018, as franquias de educação faturaram mais de 5,5 bilhões de reais, registrando um crescimento de 3,6% em relação aos seis primeiros meses de 2017.

Aos investidores, a franqueadora oferece um modelo de franquia de baixo investimento: 115 mil reais, valor que já inclui taxa de franquia, projeto arquitetônico, implantação e marketing de inauguração.

O retorno é atrativo, e o payback é estimado em até 24 meses. O faturamento médio fica por volta de 50 mil reais mensais, com lucratividade líquida de até 40%.

Investimento total: R$ 115 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 1 salário mínimo nos 12 primeiros meses; 2 salários mínimos a partir do 13º mês
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA