A Moncloa planeja um período de expansão acelerada pela frente. Até o final de 2020, a rede de franquias especializada em chás espera atingir 50 unidades em todo o Brasil. Para 2019, a expectativa é fechar o ano com 15 novas lojas e um total de 36 contratos de franquia assinados.

Além do crescimento no número de unidades, a empresa projeta um aumento expressivo no faturamento para este ano. A Moncloa Tea Boutique faturou 10,5 milhões de reais em 2018 e deve alcançar um resultado 76,2% maior em 2019, movimentando 18,5 milhões de reais em vendas.

Para alcançar o objetivo, a Moncloa tem planos para expandir em localidades em que ainda não tem atuação, mas são estratégicas para a marca. Assim, a rede busca chegar aos estados de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, além de instalar-se na capital São Paulo.

Hoje, a rede conta com 21 unidades em operação, instaladas em Brasília, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Natal, Recife, Rio de Janeiro e São José dos Campos, além do aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba.

A estratégia da franqueadora para uma expansão bem estruturada é buscar parcerias com franqueados que já tenham experiência no franchising, com vivência em franquias em outros segmentos.

“Mais do que apaixonados pelo modelo de negócio, queremos franqueados conhecedores do mercado, de suas particularidades e desafios, para crescerem junto com a marca de forma mais assertiva e acelerada. A experiência nas duas pontas proporciona trocas muito mais eficientes”, comenta Eduardo Jardim, sócio proprietário da Moncloa, em nota divulgada à imprensa.

Além da busca por franqueados experientes, a rede também aposta em processos de aceleração e mentoria. A Moncloa é uma das 15 empresas selecionadas para participar do brMalls Partners, um programa de aceleração desenvolvido em parceria com a Endeavor. É o segundo processo de aceleração da marca, que deve receber assessoria especializada e mentoria para escalar a produção e alavancar a expansão.

Fundada em Curitiba em 2013, a Moncloa tem em seu mix de produtos chás, infusões, cafés, chocolates, geleias e pastas, acessórios e kits para presentear.

Com investimento a partir de 112 mil reais, a rede de chás têm modelos de franquias de quiosque (que pode ser quiosque de presente, presente + take&go, presente + serviços) e de loja.

Investimento inicial: R$ 112 mil a R$ 276 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 75 mil
Prazo de retorno: 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA