Apesar das mercadorias serem o foco das franquias de varejo, um dos maiores desafios desse modelo de negócios é justamente equilibrar o estoque.

Muitas marcas ainda encontram dificuldades em orientar seus franqueados sobre a quantidade e o momento de repor os estoques. Com isso, as franquias podem acabar comprando muitos artigos que tem uma baixa demanda, ou permitir que faltem itens fundamentais para a sua operação. Tudo isso pode prejudicar seriamente a saúde financeira da franquia e até da rede, de forma geral.

➥ Quer ter uma franquia de sucesso? Confira nosso manual e saiba como acelerar a expansão da sua franquia

Mas, existe uma metodologia que usa a tecnologia para monitorar a venda de produtos e pode ajudar a reverter esse quadro: o Open to Buy (OTB).

O que é Open to Buy

O Open to Buy é uma lógica de gestão que combina análise de estoque e dados históricos sobre margens e vendas de cada produto para criar uma fórmula de estoque ideal. Dessa forma, é possível garantir que uma loja sempre tenha o volume de produtos ideal para aquela época do ano.

Assim, uma franquia de roupas femininas poderia perceber que dos meses de outubro a abril, quando as temperaturas são mais altas, é interessante dividir o estoque em: 30% vestidos, 25% shorts, 25% regatas, 15% blusas de meia manga e 5% calças, por exemplo. Definido o estoque mínimo para o período, o franqueado poderá monitorar as vendas, será notificado quando o volume estiver muito baixo e houver necessidade de reposição.

O Open to Buy pode ser utilizado para redes de qualquer tamanho e praticamente todos os segmento de varejo, incluindo o de calçados, eletrônicos, cosméticos, medicamentos, presentes, entre outros.

Por que aderir ao Open to Buy

As principais vantagens do sistema Open to Buy são:

Estoque equilibrado: permite a criação de um estoque sem excessos e nem carência de produtos. Com isso, a tendência é que cada franquia tenha uma operação mais organizada, funcional e lucrativa.

Menor necessidade de liquidações: quando há muitos produtos sem demanda no estoque, liquidar por um preço menor costuma ser a solução imediata. Essa prática, porém, prejudica bastante a margem de lucro da franquia. Quem utiliza o OTB dificilmente tem a necessidade de fazer uma liquidação e pode manter os preços e a margem tranquilamente.

Permite o planejamento: uma das maiores vantagens da adoção de sistemas como o Open to Buy é a possibilidade de entender como funciona o seu mercado e preparar-se melhor para ele. A percepção das mudanças de comportamento do consumidor, chegada de novas tendências e da sazonalidade são fundamentais para que a franquia possa realizar um bom planejamento para os próximos meses e anos.

Maior lucratividade: o estoque do mercado e de seus produtos permitem que o franqueado e a franquia entendam quais são os produtos e o tipo de mix que geram maior lucratividade.

Possibilidade de automatização:  como está aliado a implantação de um sistema de gestão de compras e estoque o OTB pode ajudar a automatizar processos como emissão de NF-e e solicitação de pedidos para os fornecedores. Com isso, a operação se torna mais ágil, organizada e sem erros.

Como implementar o Open to Buy

Se interessou pelos benefícios que o Open to Buy pode proporcionar para sua franquia? Então confira quais são as informações que deve levantar para implementar a metodologia na sua rede de franquias

Inventário do estoque: uma contagem apurada e confiável da situação do estoque que vai determinar como ele pode ser reequilibrado de acordo com a metodologia Open to Buy.

Histórico de vendas: verificar a movimentação de vendas nos anos anteriores é uma boa forma de começar a entender como funciona a sazonalidade no seu negócio e quais são os produtos com maior e menor demanda.

Cobertura de estoque: um múltiplo de meses desejados para o estoque de determinado item, ou seja, quantos meses o estoque de determinado produto deve durar antes de uma reposição. Esse número pode mudar de acordo com a sazonalidade percebida pelo histórico de vendas e experiências da franquia.

Mix por produto: a proporção ideal de cada tipo de mercadoria. Deve ser determinada segundo a demanda e a rentabilidade. O mix por produto pode ser tido com uma “fórmula” que identifica quanto de cada produto deve ser adquirido pelo franqueado.

Esses dados vão ajudar a franqueadora e o franqueado a desenharem o estoque mais equilibrado para cada período. A rede pode usar alguns dados gerais e usar sua expertise para guiar a análise, principalmente no caso de um franqueado recente. Mas, é importante que faça o estudo e a determinação do OTB de forma individual.

Invista no Open to Buy com o Solutto

Para que sua marca e seus franqueados possam acompanhar as movimentações nas vendas e no estoque da melhor maneira possível é importante contar com um sistema de gestão excelente, como o do Solutto.

Com mais de 12 anos de experiência e 250 marcas atendidas, a Solutto fornece sistemas de gestão modulares que se adequam às necessidades de cada franquia.

Um desses módulos é a central da vendas, que organiza as mercadorias com nomes e códigos, permite a integração direta com fornecedores homologados, sugere a reposição de acordo de acordo com o estoque atual, automatiza a emissão de notas fiscais e boletos e permite uma atualização do estoque de forma descomplicada.

Há também o módulo de gestão financeira, que integra os departamentos de finanças, faturamento e estoque para criar um fluxo coerente entre as vendas, as compras e despesas da franquia. Com a gestão financeira do Solutto é possível organizar o fluxo de caixa, acompanhar as vendas e o faturamento em tempo real, gerenciar o estoque das unidades e criar relatório completos para analisar no futuro.

Somando a metodologia do Open to Buy com os módulos do Solutto sua franquia terá uma gestão mais organizada, consistente e com foco na lucratividade!

DEIXE UMA RESPOSTA