Tem quem deteste e quem ame trabalhar em família. João Souza, de 49 anos de idade, e Rafael Souza, de 25 anos, estão no grupo dos familiares que se dão bem atuando juntos profissionalmente.

Montada em uma parceria que envolve pai e filho, a unidade da franquia AcquaZero dentro do Suzano Shopping, no interior de São Paulo, está em funcionamento desde 2015 e, atualmente, conta com um faturamento mensal que gira em torno de 40 mil reais.

A ideia de João era montar algo para ajudar o filho, Rafael, que havia acabado de ser demitido, retomando a vida profissional. Mas, a opção acabou ajudando ambos, já que João seria demitido pouco tempo depois.

“Trabalhei por mais de 30 anos em uma grande rede varejista e já pensava em me aposentar. Mas, quando meu filho foi demitido, decidi apostar em um negócio em que o teria como sócio. Escolhemos algo no setor automotivo por conta da paixão dele por carros”, explica o empresário, que pouco tempo depois foi demitido e se juntou ao filho no dia a dia da franquia.

A paixão de Rafael por carros não partiu do nada. Quando criança ele, os pais e a irmã mais nova moravam ao lado da casa dos avós paternos, dona Cleuza Souza e seu Antonio Maia Souza, que era dono de uma funilaria.

“Eu gostava de acompanhar o meu avô no trabalho quando tinha uns sete anos de idade. A minha avó costurou um macacãozinho de mecânico igual ao dele para que eu pudesse acompanhá-lo. Eu pegava algumas ferramentas e peças velhas e ficava brincando de funileiro com ele”, lembra Rafael.

A partir disso, a escolha por entrar nesse setor por meio de uma franquia não foi por acaso. “Resolvemos buscar uma franquia, pois estávamos sem emprego e não tínhamos conhecimento para montar um negócio. A franqueadora, com seu know-how, neste sentido, nos deu apoio para montar esta primeira unidade”, conta Rafael.

A escolhida foi a AcquaZero, rede de franquias especializada em conservação e estética automotiva. Criada por Marcos Mendes e Evandro Oliveira, a empresa conta com mais de 230 unidades espalhadas por todo o país e tem como carro chefe a limpeza ecológica de carros.

“Quando decidimos a área e fomos procurar uma empresa, escolhemos a AcquaZero porque era a única que se adequava aos nossos desejos e valores. Escolhemos depois de pesquisar todas as empresas deste segmento”, lembra o jovem franqueado.

João investiu cerca de 100 mil reais para montar a loja dentro do Suzano Shopping, e as operações começaram no dia 2 de fevereiro de 2015, justamente no dia em que Rafael faz aniversário.

“Eu montei o negócio por causa do Rafael, mas por força do destino começamos a trabalhar juntos. Quando fui demitido comecei a ajudá-lo no mesmo dia”, revela o empresário.

Além disso, para Rafael, o investimento na área não é tão alto, o que facilitou e entrada no mercado. “Além de gostar muito do que faço, ressalto que o valor de investimento na área de estética automotiva não é muito alto. É possível ser franqueado da AcquaZero com um investimento relativamente baixo, se comparado com outras redes”, pontua.

Marcos Mendes, sócio-fundador da AcquaZero, explica que a rede trabalha a proximidade com os franqueados e o caso de João e Rafael é muito bom de se ver.

“Eu e o João temos uma relação muito boa. Acredito que isso seja fruto da proximidade estabelecida pela AcquaZero com os franqueados. Além disso, montar um negócio com o próprio filho é algo muito positivo. Esse tempo em que os pais passam com os filhos é muito importante”, explica o CEO da rede.

Planos para o futuro da franquia

Satisfeitos com o trabalho como sócios no negócio, João e Rafael pensam, inclusive, em abrir mais franquias.

“A ideia é abrir outras unidades no futuro. Temos avaliado outras oportunidades de negócios, mas estamos segurando o investimento, pois o mercado ainda não se recuperou”, avalia Rafael, mencionando a recessão econômica pela qual o Brasil passa atualmente. “Ainda assim, temos conseguido bons resultados. Um mês ou outro fica abaixo do que esperamos, mas, de uma forma geral, estamos indo bem”, completa ainda o franqueado.

A felicidade de poder levar seu próprio negócio e ainda na área que sempre amou é indescritível para Rafael. “Eu sou formado em administração e cuido do meu negócio na área automotiva, que sempre adorei. Hoje, quem fica mais à frente do negócio sou eu. Meu pai ajuda na administração, atualmente”, pontua.

Para quem pensa em fazer o mesmo e investir em uma franquia, Rafael ainda deixa uma dica: “pesquise muito o ramo. Pesquise as franquias. Visite os franqueados. Não vá somente até a loja que o franqueador indicar. Tem muita franquia boa por aí, mas também existem marcas que trabalham com má fé. É preciso ter cuidado”, aconselha.

A AcquaZero tem seis modelos de franquias disponíveis para os investidores, incluindo modelos que não exigem instalação de ponto comercial. O investimento para se tornar um franqueado da marca parte de 3,4 mil reais.

Investimento total: R$ 3,4 mil a R$ 120 mil
Taxa de franquia: R$ 900 a R$ 20 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 5 mil a R$ 40 mil
Prazo de retorno: 2 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA