Em sua busca por gerar estratégias eficientes de expansão, as franqueadoras precisam de ferramentas que as auxiliem a se estabelecer melhor no mercado e encontrar potenciais novos franqueados. Uma das melhores opções é anunciar em um portal de franquias.

Os portais são sites de conteúdo onde pessoas interessadas em franchising vão buscar informações para se prepararem para investir. Por isso, o público dos portais é extremamente atraente para as franqueadoras – afinal os leitores estão procurando justamente o que as marcas têm para oferecer: oportunidades de negócio.

Os portais proporcionam ainda algo que todas as empresas que estão em processo de expansão buscam (ou deveriam buscar), os leads. Chamamos de lead a pessoa que demonstrou interesse em um determinado assunto ou marca e disponibilizou seus contatos para receber mais informações sobre o assunto. Como identificar um lead?

Vejamos um exemplo. Quem baixa um e-book sobre franquias home-based, muito provavelmente está interessado em começar um negócio neste modelo. Se você trabalha com franquias que permitem que o franqueado atue em casa, essas pessoas são potenciais clientes para você.

Claro que esses leads não se tornam franqueados de uma hora para a outra. Uma vez que o contato seja recolhido, eles precisam ser nutridos com informações e ganhar confiança na marca para que assinem o contrato. Porém, ter uma boa base de pessoas que, declaradamente, têm interesse no seu mercado ou mesmo na sua própria marca, é primordial no desenvolvimento de franqueadora.

Tudo fica ainda mais fácil quando os leads são entregues já segmentados, com garantia de terem real potencial de se tornar franqueados e são gerados de forma constante.

Esse último item é importante porque, sabendo qual a média de leads que sua área comercial vai receber para trabalhar, é mais simples calcular quantos deverão, de fato, se tornar franqueados, e, com isso, projetar a expansão.

Por exemplo, se sua área comercial sabe que a cada 100 novos leads mensais 3 fecham contrato, é seguro dizer que você terá, pelo menos, 3 novas unidades por mês e 16 ao final de um ano. Em cinco anos sua marca terá 80 novas franquias.

Sabendo disso, talvez você esteja pensando em criar você mesmo uma forma de captação de leads, e isso é uma boa ideia se pensar de forma estratégica e se planejar muito bem. Porém, se sua marca ainda não é tão grande, trabalhar em seu próprio site pode significar um longo tempo de espera até conseguir encontrar um público leitor e transformá-lo em lead.

Por outro lado, se sua marca estiver presente em um portal, você se comunica com uma audiência que já foi construída pelo canal, já confia e segue o conteúdo publicado ali. Na prática, isso significa resultados mais rápidos e garantidos. Uma boa escolha, não?!

Entretanto, para ter bons resultados, é preciso saber escolher o portal de franquias certo para anunciar e começar a sua geração de leads. Veja o que você deve analisar ao avaliar um portal:

Alcance: trata-se do número de visitantes que acessa o portal. Quanto maior for o alcance, melhor tende a ser o potencial de conversão. O Guia Franquias de Sucesso, por exemplo, tem uma média de 100 mil visitantes únicos e 300 mil pageviews (visualizações de página mensais), o que faz dele o líder em volume de tráfego entre todos os portais do mercado.

guia-franquias-de-sucesso-lider-buscasAo avaliar o alcance de público, lembre-se também de considerar a taxa de novos visitantes. Isso porque não basta apenas que o portal tenha muitas visitas, mas também que seja capaz de atrair novas pessoas sempre.

Normalmente essas informações podem ser adquiridas diretamente com o portal através de um mídia kit ou manual do anunciante. Se não encontrar esses dados, não hesite em perguntar.

Segmentação: avaliar a segmentação é saber se há público para o seu mercado e sua franquia no portal analisado.

Você pode estar estudando um portal de franquias que tem um ótimo número de visitantes, porém não existe nenhum conteúdo voltado para o seu mercado, nem procura pelo seu segmento ou faixa de comercialização da franquia.

O portal X pode ter um ótimo fluxo de tráfego, mas se a maior parte dos visitantes busca e consome conteúdo relacionado à franquias home-office e você não trabalha com esse modelo, pode não ser uma boa opção para você.

Nesse caso você exibiria sua marca para uma grande quantidade de pessoas, mas elas provavelmente não estariam interessadas no seu conteúdo, e isso pode não ser uma boa estratégia de investimento.

Uma maneira simples de descobrir se há um público segmentado para o seu negócio é fazer uma procura no Google pela área na qual você se enquadra e observar se o portal que está entre suas opções aparece na primeira página dos resultados, sobretudo nos três primeiros resultados.

Taxa de geração de leads: é importante saber também quantos leads o portal gera dentro de um período, frente ao fluxo de visitas. Isso porque, muitas vezes, um portal pode ser muito visitado, mas não ter boas formas de captar as pessoas que chegam até lá, o que, na prática, é primordial no processo de conversão.

Se você tiver acesso à taxa de geração de leads por segmento pode ter uma previsão de retorno ainda melhor. Afinal, essa taxa varia muito de acordo com o valor do investimento, modelo de negócio, segmento, entre outras características.

No Guia Franquias de Sucesso há marcas que recebem mais de 250 leads exclusivos todos os meses. Vale lembrar: a taxa da conversão de um lead em um franqueado depende muito da sua estratégia comercial. Algumas marcas que anunciam no Guia, por exemplo, conseguem vender uma unidade a cada 30 leads gerados, o que representa uma taxa de mais de 3% de sucesso – uma ótima média, para o mercado.

Qualidade dos leads oferecidos: quantidade de leads não é, necessariamente, uma promessa de sucesso na expansão.

Existem portais que podem te entregar longas listas de contatos, mas que não tenham real interesse em adquirir uma franquia com você. Aqui, vale mais ter listas menores com leads mais próximos de converter, do que ter um mailing gigante sem potencial de se tornar franqueadores.

Trabalhar com muito leads que não são qualificados pode, inclusive, atrapalhar sua estratégia de crescimento. Afinal, além de não gerar conversão eles tomam tempo da sua área comercial e gastam esforços estratégicos com pessoas que não são potenciais franqueados.

Uma das formas de perceber se os leads entregues serão qualificados ou não é pedir cases de sucesso do portal e procurar saber como os contatos entregues são capturados. Via de regra, desconfie de portais que prometem um número muito alto de leads por um valor muito baixo – isso é um indicativo de que esses leads provavelmente têm pouco valor.

ROI: O ROI, ou Retorno Sobre Investimento, é uma das melhores formas de calcular quanto, sobre o valor investido no portal, será revertido em conversão de novos franqueados.

Essa conta é um pouco subjetiva e depende muito dos valores estabelecidos pela franquia e também do investimento feito junto ao anunciante. Porém uma das formas de calcular isso é começar avaliando quantas conversões foram feitas, baseadas nos contatos recolhidos.

Para exemplificar, vamos imaginar que durante um mês você desembolsou mil reais para geração de leads em um portal de franchising. Nesse período, conseguiu converter três franqueados, que chegaram até sua marca por meio de leads gerados pelo portal. Vamos supor que o valor da taxa de franquia paga por cada um é de R$ 5 mil, portanto houve um retorno de R$ 15 mil. Descontando o custo de aquisição (que foi de R$ 333 por candidato), o restante são R$ 14 mil.

Se esses valores cobrem os demais custos de implantação da nova franquia e geram resultados para o seu negócio, o investimento foi positivo!

Reputação: você não quer aliar a sua marca à um portal que não é bem visto pelo público investidor, certo? Antes de anunciar em um portal de franquias confira a reputação do canal verificando se o conteúdo tem qualidade, busca ser imparcial e é focado em oferecer informações para o futuro franqueado.

Uma das formas de confirmar a reputação do portal é reparar se o conteúdo está bem posicionado no Google. Isso é importante porque as páginas que ranqueiam melhor no buscador são consideradas de boa qualidade.

Além disso, quem está no topo dos resultados de busca tem mais chances de ser clicado. Na prática, isso significa que ser mencionado em um portal que tem um bom ranqueamento também poderá levar mais potenciais franqueados para a sua lista de leads.

Há também o fato de que é importante que o seu futuro franqueado encontre conteúdo de qualidade sobre sua marca em sites reconhecidos e que não estejam apenas no seu site institucional, mas em um veículo imparcial e que promove conteúdo rico.

Seguindo essas dicas você tem mais chances de encontrar um canal para anunciar que realmente dará resultados para sua marca e vai auxiliar no processo de expansão em franquias.

Vale também dizer que, se você tem estrutura para crescer rapidamente e possibilidade de anunciar em vários portais, é interessante estar em mais de um site. Para começar, faça um teste. Passe a medir os resultados de cada portal para entender quais te trazem mais leads e conversões. Dessa forma vai ficar mais claro se você deve estabelecer sua presença em um ou vários portais e onde pode investir mais.

Porque anunciar no Guia Franquias de Sucesso

Em pouco mais de um ano o Guia Franquias de Sucesso cresceu a ponto de ultrapassar todos os portais do segmento, e se tornar o maior canal especializado em franquias do mercado.

O foco do Guia Franquias de Sucesso é a produção de conteúdo de qualidade. O portal foi fundado por jornalistas que tiveram passagem por grandes redações como a da Exame, Valor Econômico, Reuters, Galileu e Pequenas Empresas Grandes Negócios. Nosso compromisso é a geração de material que responda as perguntas e atenda às necessidades do consumidor, e é por isso que estamos entre as primeiras posições no Google quando o assunto são franquias.

Todo conteúdo é produzido por jornalistas, assim o anunciante só precisa enviar as informações que julga mais importantes para divulgação e a equipe prepara um conteúdo especializado e que gera resultados. Isso faz com que o interessado seja apresentado ao franqueado em um contexto editorial que já adianta informações importantes para o leitor e garante que, ao ser entregue para a franquia como lead, ele já tenha conteúdo suficiente para ser um franqueado em potencial.

Esse é o principal motivo de atrairmos um público qualificado, realmente interessado em franquias e com alto potencial de conversão. “Nossa missão é oferecer o melhor conteúdo de franquias do mercado e, assim, atrair os melhores investidores para os nossos anunciantes”, diz Daniela Moreira, fundadora e diretora editorial do Guia Franquias de Sucesso.

Com mais de 100 mil visitantes mensais e uma média de 4 mil leads gerados por mês, o Guia Franquias de Sucesso conta com diversos cases de sucesso.

Clessius Tancredo, diretor executivo da Valor Franchising, consultora em franchising, conta que a empresa tem quatro redes de franquias trabalhando junto ao Guia Franquias de Sucesso e todas tiveram resultados positivos em pouco tempo.

A Crown’us Cosméticos, por exemplo, tem recebido uma ótima quantidade de leads por semana e já comercializou duas novas franquias para leitores por portal, com pouco mais de um mês de campanha no ar. Através dos leads gerados pelo Guia Franquias de Sucesso a StockZero também já abriu quatro novas unidades franqueadas e tem mais três em negociação.

“Há também a rede Pilotinhos, que iniciou a divulgação há 30 dias no portal e já tem dois negócios praticamente fechados! Estamos contentes e satisfeitos com essa parceria”, declara Clessius.

Quer que sua marca também seja apresentada por aqui e se torne nosso próximo caso de sucesso? Entre em contato conosco pelo e-mail [email protected] Estamos a postos para fazer seu negócio crescer!

COMPARTILHE
Artigo anteriorFranquia Valor Negócios realiza intermediação de compra e venda de empresas
Próximo artigoFranquias delivery: 16 opções para conferir
Formada em jornalismo e apaixonada por comunicação digital e mídias sociais, escreve sobre comportamento na internet, e-commerce e empreendedorismo.

DEIXE UMA RESPOSTA