Muitas redes de franquias se preocupam tanto em desenvolver estratégias diferentes para crescer que não percebem que existem problemas estruturais que atrapalham todo e qualquer plano de crescimento que elas tracem.

Normalmente, são problemas bem básicos e até simples de resolver, mas que por já fazerem parte dos processos e do dia a dia do negócio, acabam passando despercebidos.

➥ Quer ter uma franquia de sucesso? Confira nosso manual e saiba como fazer uma gestão mais eficiente

Para evitar que esses erros prejudiquem sua expansão, separamos nove problemas bastante comuns nas redes de franquias e te mostramos como solucioná-los a seguir.

Perfil inadequado para o negócio

Montar um perfil de franqueado ideal é um dos primeiros passos da formatação de uma franquia. Mas nem todas as redes acertam na hora de definir o perfil que o negócio precisa.

Se a sua franquia precisa de alguém que tenha dedicação exclusiva ao negócio e esteja diariamente envolvido com os processos, escolher um franqueado de perfil investidor, que acredita que pode resolver todos os problemas visitando a unidade uma vez por semana é um grande erro.

Além de escolher um perfil de parceiro, é fundamental alinhar logo no início da negociação as expectativas do franqueado e da franqueadora. Dizer exatamente o que você espera do líder de uma unidade pode ajudar muito na seleção e evitar conflitos no futuro.

Falta de sinceridade na seleção

Muitas redes de franquias pecam quando tentam fazer os candidatos acreditarem que o negócio é perfeito, que não há nenhuma dificuldade no dia a dia e nem desafios que precisam ser superados.

Embora essa imagem possa ajudar a vender a franquia, deixa o franqueado totalmente despreparado para vencer os obstáculos e os problemas que qualquer negócio tem. E quando as adversidades se apresentarem as chances dele acabar desistindo ou afundando a operação são enormes.

Ser honesto na negociação é fundamental para que o franqueado saiba bem o que vai enfrentar e possa se preparar para isso. Só desta forma você terá uma rede forte e franqueados aptos a comandar as franquias independente das dificuldades.

Desorganização na gestão

A falta de organização na gestão das franquias é uma das principais “vilãs” para o seu crescimento saudável.

Sem organização adequada, a franqueadora não consegue ter foco na expansão porque está sempre resolvendo problemas básicos, como perda de documentos, contas que não fecham e processos que não são cumpridos como deveriam.

Para resolver essa questão estrutural é necessário buscar ferramentas capazes de centralizar e organizar a gestão e capacitar a equipe para trabalhar dentro de um ecossistema onde tarefas, responsabilidades e processos são muito bem definidos.

Marketing e comercial sem contato

A expansão deve mobilizar vários departamentos da sua empresa, principalmente os setores de marketing e o comercial.

O ideal é que quando o contato for repassado para a área comercial, já tenha sido feito um trabalho consistente na área de marketing e o vendedor saiba exatamente em que estágio de interesse o candidato está.

Quando isso não acontece, sua marca pode acabar perdendo boas oportunidades de negócio por conta de um simples desencontro nas informações e nas estratégias de captação.

Pouca abertura para sugestões

Geralmente quem está na “linha de frente” consegue ter uma percepção única do negócio e se torna capaz de identificar tendências e movimentos do mercado mais rápido do que os gestores. Porém, nem sempre há espaço para que os franqueados possam comunicar isso para as franqueadoras.

As marcas que não têm abertura para sugestões e comentários podem perder a oportunidade de otimizar suas operações, antecipar tendências e sair na frente da concorrência.

Falta de foco

Na expansão, é necessário que toda a equipe de gestão esteja focada nas estratégias que realmente vão ajudar a franquia a crescer. Mas, muitas vezes, não há foco nessas tarefas porque os colaboradores precisam se preocupar com atividades mais simples e burocráticas, como enviar mensagens cobrando os franqueados inadimplentes.

Quando o objetivo é manter o foco e aumentar a produtividade da equipe, o ideal é buscar ferramentas e sistemas que automatizem as tarefas mais burocráticas e simples e permitam que o seu time se dedique mais à expansão.

Treinamento incompleto

Na maioria das vezes é preciso muito mais do que apenas um treinamento básico antes da abertura da unidade para que uma franquia prospere.

Fazer reciclagens para renovar o conhecimento de franqueados mais antigos e verticalizar temas como gestão financeira, atendimento, marketing e gestão de recursos humanos é ótimo para manter os franqueados sempre atualizados e alinhados com as boas práticas que a franquia espera.

Gestão financeira deficiente

Não fazer uma administração correta das finanças é um dos principais motivos para uma rede de franquias não crescer como deveria.

Como este é um departamento que engloba muitas tarefas diferentes (que vão desde o gerenciamento dos royalties até o abastecimento de estoques e gestão de compras) é bem comum que as franqueadoras encontrem dificuldades para manter um trabalho consistente. O grande problema é que uma gestão financeira deficiente impede que a franqueadora tenha certeza de onde e como pode investir em sua expansão, e isso torna o crescimento incerto e arriscado.

Uma das melhores alternativas para solucionar esse problema é investir em um sistema de ERP, que ajuda a organizar as finanças e ainda automatiza tarefas. Com isso, há uma significativa redução nos erros de cálculo e o departamento financeiro pode focar nas atividades mais importantes da área.

Indisponibilidade para mudanças e otimização

Redes que já estão no franchising há muito tempo podem acreditar que não precisam fazer nenhuma mudança em suas operações. Mas, a verdade é que o mercado de franquias tem mudado muito e pode ser necessário fazer algumas otimizações nos seus processos para se manter competitivo e relevante.

Adotar a tecnologia como forma de aumentar a produtividade e reduzir custos, pensar em novos modelos de gestão e acompanhar as tendências do mercado para otimizar seus processos é fundamental para empresas que querem continuar crescendo.

Resolva problemas da sua franquia com a Solutto

A Solutto conhece muito bem os principais problemas de franqueadoras e franqueados e por isso os seus módulos são desenvolvidos especialmente para a gestão de franquias.

Há soluções que ajudam na gestão de royalties e fundo de propaganda, uma central de compras que liga os franqueados a fornecedores homologados, a universidade corporativa online que permite que seus franqueados se atualizem a qualquer momento e em qualquer lugar e até um módulo com ferramentas específicas para expansão de franquias.

Resolva já os problemas da sua franquia com os sistemas que ajudaram mais de 250 franqueadoras e 5 mil usuários a profissionalizar a gestão e alavancar o crescimento de suas redes!

DEIXE UMA RESPOSTA