Já pensou em abrir uma franquia, mas na hora de tomar a decisão ficou inseguro? A Protege Piso tem uma solução atrativa para esse problema. A rede lançou no mercado um sistema de garantia que permite que seus franqueados invistam com muito mais segurança.

O “medo” na hora de decidir abrir um negócio é algo natural. Afinal, investir em franquia é um grande passo. Ainda que as franquias ofereçam a oportunidade de trabalhar com uma marca consolidada, em modelos testados e aprovados, muitos empreendedores ainda têm muitas dúvidas e receios em fechar negócio. O projeto da Protege Piso tem como objetivo acabar com a insegurança nesse momento de decisão, com uma proposta de retorno que foca no sucesso do franqueado.

Assim, a Protege Piso garante aos franqueados a devolução total do capital investido em produto, caso não estejam satisfeitos com o negócio após um ano de operação.

Ou seja, se depois de trabalhar durante um ano na franquia o negócio não estiver dando certo, o franqueado pode se desligar da rede e solicitar a restituição do investimento inicial em produtos. O valor será pago pela franqueadora, que faz a recompra do material. A proposta está prevista em contrato e é válida para todos os novos investidores.

A garantia é uma aposta da franqueadora na qualidade e na alta demanda pelo produto da Protege Piso. Especialista em placas de proteção para superfícies durante obras e reformas, a empresa oferece um produto pioneiro no mercado de construção civil. O produto desenvolvido pela Protege Piso tem alta resistência a impacto e a abrasão, além de vedar líquidos e sólidos, protegendo as superfícies contra riscos, quebras, sujeira e outras avarias no processo de construção.

Com mais de uma década de experiência no mercado de construção civil, a Protege Piso opera com uma tecnologia 100% nacional e desenvolvimento de produto aprimorado. A marca já foi reconhecida pelo Prêmio Objeto Brasil, em 2016, na categoria Design na Construção Civil, além de ter participado de exposições no Museu Oscar Niemeyer em Curitiba e no Instituto Europeu de Design e Conjunto Nacional em São Paulo.

Empresário deslancha no mercado de construção civil com franquia Protege Piso

Para Elton Guertas, franqueado Protege Piso em Campinas, o investimento na franquia é “sucesso certo”. O empresário que está há apenas cinco meses atuando com a marca já vê o negócio dando bons frutos.

Formado em engenharia mecânica, Elton já trabalhou em uma multinacional do ramo automotivo, mas resolveu apostar na área de construção civil há alguns anos. Começou, então, a trabalhar por conta, construindo casas para vender.

“Nas minhas obras eu tinha um problema de proteção de piso: eu protegia e não durava, rasgava, entrava sujeira, riscava. Então, tinha esse problema nas minhas construções e quando vi a Protege Piso me identifiquei com o produto”, conta Elton.

O empreendedor conta que a decisão por apostar na franquia foi rápida e, a princípio, a ideia era adotar o negócio como um “plano B”, uma atividade paralela às construções. Hoje, porém, Elton se dedica integralmente à franquia, que se tornou sua ocupação principal.

Segundo Elton, desde janeiro, quando comprou a franquia, o negócio evoluiu bastante. O franqueado já atingiu o ponto de equilíbrio e, atualmente, a operação está se pagando. A carteira de clientes também cresceu e hoje conta com grandes clientes, incluindo condomínios de alto padrão.

“Quando você começa um negócio, a grande dificuldade é achar o cliente, achar onde o produto se encaixa. Esse produto é excelente, não tenho dúvida. Porém, o produto não se vende sozinho. Eu preciso vender o produto e achar o cliente. Depois que você achou o cliente, achou onde colocar, aí é tranquilo, é só crescer. A previsão é a melhor possível”, relata o franqueado. Elton conta ainda que hoje a demanda que recebe chega a superar sua capacidade de atendimento e a perspectiva é crescer para absorver todo esse potencial.

O engenheiro, que afirma ter se encontrado no mercado de construção civil, tem uma rotina intensa e dedicada. Toda a experiência em obras é aplicada no dia a dia da franquia, em atendimentos nas construções e conversas com os clientes. Além disso, Elton coloca a mão na massa e também participa de toda a parte operacional. O franqueado explica: “acredito que se você não sabe fazer, você não vai saber ensinar, não vai saber verificar se está mal feito ou bem feito, o que pode melhor. Basicamente, estou desde o começo fazendo a parte administrativa à noite, e durante o dia eu trabalho carregando as placas, instalando, junto com meu funcionário”.

O processo de aprendizado é outro destaque na trajetória do franqueado. Elton já estava com o treinamento inicial agendado, na sede da franqueadora em Ribeirão Preto, quando surgiu a oportunidade de atender um cliente, no aeroporto de Viracopos. A capacitação aconteceu, então, na prática: uma supervisora da Protege Piso foi até a obra em Campinas e deu o treinamento in loco.

“Acabei aproveitando, para mim foi excelente. Já comecei com um cliente”, lembra Elton. “A empresa dá um suporte excelente, nesse ponto a Protege Piso é fantástica. Qualquer coisa que você precisa eles respondem na hora”, finaliza.

Como funciona a franquia?

O investimento para se tornar um franqueado Protege Piso parte de 50 mil reais.

Os franqueados atuam na prospecção de clientes, instalação das placas de proteção nas obras, manutenção e retirada do produto. Para tanto, não é necessário contar com um ponto comercial: é possível trabalhar em casa, fazendo a gestão do negócio e mantendo um espaço para estoque das placas e do kit inicial do instalador.

A franqueadora oferece treinamento completo aos franqueados, tanto na área operacional quanto nas áreas de administração e gestão do negócio. Além disso, a rede presta suporte contínuo, assessoria jurídica, assessoria de marketing e disponibiliza acesso ilimitado a treinamentos e atualizações.

A expectativa é de um retorno rápido, com payback médio de 6 a 12 meses.

Cadastre-se para saber mais sobre esta franquia:

DEIXE UMA RESPOSTA