Especialista em serviços financeiros, a Sem Aperto é novidade para quem pensa em abrir uma franquia barata. A expectativa da rede para 2019 é inaugurar dez unidades franqueadas em diferentes regiões do país, com valor de investimento atrativo para os empreendedores: 12,1 mil reais, com prazo de retorno entre seis e 18 meses.

A empresa trabalha com foco na máquina de cartão do Sem Aperto, que oferece as melhores taxas para quem parcela as vendas e é o carro chefe da rede. Além disso, trabalha também com parcelamento de débitos de veículos no cartão de crédito e serviços financeiros de marcas parceiras.

Há quatro anos no mercado, a Sem Aperto se posicionou inicialmente como especialista em parcelamento de débitos. Posteriormente, a marca se tornou referência no setor, sendo uma das opções mais atrativas para os clientes.

Em 2018, foi lançada o modelo Sem Aperto Já, que opera voltado exclusivamente para setor financeiro, no qual os clientes encontram opções de crédito, vendas de moedas estrangeiras e a máquina de cartão Sem Aperto.

O ano de 2018 também marca o início da expansão da rede, disponibilizando um modelo de franquia home based. Os empreendedores interessados em uma franquia da marca poderão ser donos do próprio negócio a um valor de baixo investimento, além de contar com suporte completo da franqueadora.

Mercado financeiro

No franchising brasileiro, as redes que trabalham com seguro e crédito pertencem ao segmento de Outros Serviços, que vem demonstrando bom desempenho no cenário econômico. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o primeiro trimestre de 2018 foi palco para o segmento demonstrar o melhor desempenho entre os demais setores de franquias do país. Em comparação com o primeiro trimestre de 2017, a alta registrada no faturamento pelas redes de Serviços e Outros Negócios foi de 9,3%. Ao todo, as receitas das franquias somaram mais de 5,7 bilhões de reais.

Frente aos inúmeros desafios econômicos, o Banco Central estima que o mercado de crédito deve crescer 3,8% em 2018, comparado ao ano anterior. Para os economistas do Banco, o crescimento é advindo do equilíbrio na taxa SELIC, responsável pelo cálculo das taxas de juros, que deve ficar estacionada em 6,5%.

Já a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), acredita que a carteira de crédito de recursos livres para pessoa física cresça até 5% em 2018. Para as pessoas jurídicas, a carteira deve avançar entre 1,5% e 2%.

Para atrair clientes e franqueados, a Sem Aperto se preocupa em se tornar referência no segmento de parcelamento de multas e IPVA. Além disso, a máquina de cartão da rede busca oferecer taxas mais suaves para quem vende a prazo.

Franquia Sem Aperto

Com investimento de 12,1 mil reais, a Sem Aperto oferece modelo de franquia home based. O franqueado trabalha em horários flexíveis, sendo responsável pela venda dos produtos Sem Aperto na região de atuação.

Não é necessário possuir ponto comercial, apenas computador com acesso à internet ou, se desejar, o franqueado pode atuar também em locais de coworking. Nos meses iniciais da franquia, não há a necessidade de contratação de funcionários.

Outra vantagem é que a franqueadora possibilita o parcelamento do investimento. A taxa de franquia, no valor de 9,5 mil reais, pode ser parcelada em até 24 vezes sem juros. Já o valor do setup básico, que é de 2,6 mil reais, pode ser parcelado em até três vezes sem juros.

O retorno é atrativo, com expectativa de payback a partir de seis meses. O faturamento médio é de 5 mil reais, com taxa de lucro de 20%.

Os franqueados contam ainda com a possibilidade de recompra da franquia, garantida por meio de cláusula em contrato. Assim, a franqueadora se compromete a pagar o valor da franquia com correção de volta ao franqueado, caso este não esteja satisfeito com os resultados do negócio.

A franqueadora tem oportunidades para todas as regiões do país, entretanto, são realizadas análises para que a Sem Aperto entenda se a região em que o franqueado deseja atuar está madura o suficiente para consumir os produtos da rede e garantir a rentabilidade da franquia.

Além do perfil empreendedor, imprescindível para atuação em qualquer modelo de negócio, é importante que o franqueado Sem Aperto tenha facilidade em se relacionar com o público.

Uma das responsabilidades do franqueado é auxiliar os clientes, oferecendo os melhores serviços financeiros de acordo com o perfil e necessidade individual. É importante também ter espírito vendedor, já que o franqueado atua diretamente com vendas.

Treinamento e suporte

O franqueado Sem Aperto encontrará uma oportunidade de trabalhar em conjunto com uma marca já consolidada no mercado, atuando em um segmento lucrativo e com flexibilidade na rotina de vendas. A rede garante apoio completo na gestão da unidade, suporte com marketing e facilidades no pagamento da taxa de franquia.

A Sem Aperto oferecerá apoio integral em todas as etapas de instalação e gestão da franquia, com foco em atendimento ao cliente, fluxo financeiro e envio de propostas às instituições financeiras. O treinamento acontecerá de maneira alinhada ao segmento, com o intuito de preparar o franqueado para dificuldades de logística, facilidades tecnológicas e processo de abertura da unidade.

Se preferir, cadastre-se para saber mais sobre esta franquia:

DEIXE UMA RESPOSTA