De olho no crescimento da marca, a Strike Brasil foca sua expansão para o estado de São Paulo. Até o final de 2019, a rede de franquias automotivas espera chegar a 50 unidades em todo o estado.

O objetivo da marca é atingir um crescimento anual de 50%. Em 2018, a rede faturou 100 milhões de reais.

“A rede tem crescido em um ritmo equilibrado. A nossa ideia é expandir de forma orgânica, com franqueados alinhados ao propósito da empresa. Não precisa, necessariamente, ter experiência no setor, mas o investidor precisa ter uma mentalidade empreendedora e vontade de fazer o melhor pelos clientes todos os dias”, explica Markus Deimling, fundador da Strike Brasil.

A estratégia da Strike é ganhar espaço no mercado mais forte do franchising brasileiro. De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), São Paulo é o estado que concentra o maior número de unidades de franquias do país: 33,9% das unidades em operação no Brasil estão instaladas em território paulista. O estado também lidera o ranking em termos de faturamento, com uma participação de 36,9% do faturamento total do mercado de franquias.

Especialista em personalização e aumento de performance automotiva, a Strike Brasil conta com 26 unidades em operação no Brasil e atua no franchising desde 2013.

Entre os serviços automotivos oferecidos pela rede estão reprogramação de injeção eletrônica, instalação de difusores, kits de suspensão, além de peças e acessórios para personalização de veículos. A marca trabalha ainda com tecnologias importadas de países como Alemanha e Inglaterra.

“Os nossos serviços não se restringem apenas aos carros e camionetes. Também oferecemos soluções para caminhões e até mesmo tratores”, completa Markus.

Aos investidores, a Strike Brasil disponibiliza quatro modalidades de negócio, com investimento a partir de 65 mil reais. Os modelos são de Aplicador (a partir de 65 mil reais), Franquia Express (a partir de 90 mil reais), Conversão de Loja (a partir de 100 mil reais) e Franquia Full (a partir de 150 mil reais).

O prazo de retorno do capital investido varia de acordo com o modelo de negócio e com a produtividade do franqueado, ficando em média entre 10 e 24 meses.

Investimento inicial: a partir de R$ 65 mil
Taxa de franquia: R$ 12,5 mil
Royalties: não cobra
Faturamento mensal: não informado
Prazo de retorno: 10 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA