Fundada em 2011, a Strike Brasil se posiciona no segmento de Serviços Automotivos como marca especializada em peças e acessórios para automóveis, kits de suspensão, reprogramação de injeção eletrônica, entre outros serviços. De olho na expansão, a rede foca no Rio de Janeiro para a abertura de novas franquias.

Com 31 unidades em operação, sendo 29 no Brasil e duas no exterior, a marca desenvolveu projeto agressivo de expansão por franquias: até o final de 2019, a expectativa é que a Strike Brasil chegue a 10 unidades no Rio de Janeiro e inaugure outras 50 em outras localidades do país.

A Strike Brasil foi criada com a proposta oferecer atendimentos específicos para personalização de caminhonetes. A atuação no nicho foi positiva e a marca começou a ganhar destaque no mercado.

Em 2013, com dois anos de mercado, a marca expandiu os serviços e se tornou referência em performance de caminhonetes, veículos e maquinários. A rede também se destaca entre as concorrentes ao contar com unidades móveis, que realizam atendimentos em todo o país.

Por meio de nota divulgada à imprensa, Markus Deimiling, fundador da Strike Brasil, comenta que a projeção de crescimento é positiva, com investimento em números cada vez maiores de franquias em diferentes regiões do Brasil.

“A rede tem crescido em um ritmo equilibrado. A nossa ideia é expandir de forma orgânica, com franqueados alinhados ao propósito da empresa. Não precisa, necessariamente, ter experiência no setor, mas o investidor precisa ter uma mentalidade empreendedora e vontade de fazer o melhor pelos clientes todos os dias”, afirma Markus.

Em 2018, a Strike registrou faturamento anual de 3,5 milhões de reais. Para 2019, a expectativa é que o faturamento cresça em 50%.

As unidades permitem que o franqueado trabalhe com serviços de reprogramação de injeção eletrônica, instalação de difusores, kits de suspensão, além das opções de varejo de peças e acessórios para personalização de automóveis.

Markus comenta que é um modelo de negócio diferenciado, com aposta constante em destaque no mercado.

“É um negócio bastante diferenciado do que encontramos no mercado. Os clientes contam com tecnologias trazidas de países como Inglaterra e Alemanha. Os nossos serviços não se restringem apenas aos carros e camionetes. Também oferecemos soluções para caminhões e até mesmo tratores”, finaliza.

A franqueadora trabalha com quatro modelos de franquia: aplicador autorizado, com investimento necessário a partir de 75 mil reais; franquia express, que apresenta investimento inicial de 90 mil reais; modelo de conversão de loja, a partir de 100 mil reais; e o último modelo de negócio de franquia full, com investimento a partir de 150 mil reais.

O prazo de retorno de investimento é esperado entre 10 e 24 meses, variando de acordo com a produtividade de cada modelo, além do tipo de atuação no mercado da franquia escolhida.

Investimento inicial: a partir de R$ 75 mil
Taxa de franquia: a partir de R$ 12,5 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 35 mil
Prazo de retorno: 10 meses a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA