Pioneira no subsegmento de franquias de estágios, a Super Estágios surgiu em 2009 e atua como franquia desde 2014. Presente em sete estados brasileiros, a rede busca novos franqueados na região Nordeste.

“Este é um negócio promissor. O estagiário é um profissional especializado e que está constantemente estudando a área na qual atua. Além disso, cada vez mais as pessoas estão apostando nesse perfil de profissional”, comenta Poliana Ferraz, sócia-fundadora da Super Estágios, em comunicado à imprensa.

A rede oferece a pequenas e grandes empresas serviço de recrutamento e seleção de estudantes, para assim integrá-los em programas de estágio. Seu diferencial está em descomplicar o processo, cuidando da documentação e administração durante todas as etapas.

A empresa mantém convênio com a grande maioria das universidades e instituições de ensino do país, tendo ajudado mais de 1 milhão de estudantes no processo de estágio. A franquia conta atualmente com 14 unidades ativas.

A região Nordeste está em segundo lugar em número de alunos matriculados em cursos de graduação presenciais, segundo a SEMESP – Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo. Somando cerca de 1,4 milhão de alunos em 2016, a região é propícia para o desenvolvimento de negócios que tenham como público-alvo os universitários, como a Super Estágios.

A Super Estágios procura por franqueados que sejam responsáveis e com habilidades de gerência, além de capacidade de negociação.

Enquanto a franqueadora lida com a relação do estagiário com a empresa contratante, cabe ao franqueado buscar por novos parceiros em empresas privadas de diversos portes. Tais parceiros pagam uma mensalidade à rede em troca dos estudantes que são encaminhados às suas empresas, ou seja, o investidor lucra a partir de novas parcerias conquistadas.

Poliana ainda afirma que suas unidades buscam oferecer qualidade de vida para seus franqueados. “Na Super Estágios não há a necessidade de trabalhar nos feriados e finais de semana, além do expediente ser apenas em horário comercial”, comenta a empresária.

Para abrir uma unidade da franquia, o investimento é de 170 mil reais; o faturamento médio é de 108 mil reais, com prazo de retorno a partir de 17 meses.

Investimento inicial: R$ 170 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 11%
Faturamento médio: R$ 108 mil
Prazo de retorno: 17 a 20 meses

DEIXE UMA RESPOSTA