Hoje em dia é impensável estar sem o celular a tira colo. São mais de 241 milhões de aparelhos somente no Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

É nesse cenário que a franquia paranaense Suporte Smart está de olho e, por isso, busca ampliar suas atividades para além da região Sul, tendo planos de chegar, também, ao Sudeste do Brasil.

Em breve, a empresa espera iniciar operações e conquistar novos mercados nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, sendo que a meta é chegar em 2020 com 50 lojas, sendo 20 delas justamente na região Sudeste do Brasil.

“Estamos em busca de candidatos com perfil empreendedor e capacidade de relacionamento interpessoal, já que no início o franqueado fará contato com os clientes, além de gerenciar a execução dos serviços”, explica em comunicado enviado à imprensa Guylherme Ribeiro, fundador e diretor da Suporte Smart.

A Suporte Smart é um centro técnico especializado em Apple e grandes marcas, tendo um ambiente de trabalho todo preparado para receber o aparelho para reparo com segurança, tendo agilidade nos serviços.

“O nosso retorno é rápido para o investidor, pois atuamos em um mercado que tem muito potencial para crescer”, complementa ainda o executivo.

O investimento inicial para o franqueado é de 40 mil reais, com faturamento anual que pode chegar até mais de 200 mil reais. Já o capital de instalação necessário para o começo das atividades é de 14 mil reais, sendo preciso, também, capital de giro e estoque de 14,5 mil reais.

“Damos o suporte necessário para que o franqueado tenha sucesso, oferecendo, inclusive, treinamentos e suportes, para que o investimento em qualidade, agilidade e variedade seja um grande diferencial da rede”, afirma Ribeiro.

Ainda de acordo com o executivo, todas as franquias, que devem ter área mínima de pelo menos 30 metros quadrados, estão aptas a resolver 90% dos problemas técnicos em até 40 minutos, além de terem 60 tipos diferentes de serviços no catálogo, peças homologadas e disponibilidade de fazer uma espécie de delivery de celular.

Hoje já são 18 unidades da empresa, sendo que 14 delas são franquias e estão nas cidades de Curitiba, Cascavel e Guaratuba (PR), Novo Hamburgo e Porto Alegre (RS), Criciúma (SC), Salvador (BA), Americana e São Bernardo do Campo (SP), Belo Horizonte (MG), Campos dos Goytacazes (RJ), Serra (ES), Várzea Grande (MT) e uma loja prevista em Marabá (PA).

Investimento inicial: R$ 55,4 mil
Taxa de franquia: R$ 25,9 mil
Royalties: R$ 1,99 mil a R$ 3,99 mil
Faturamento médio: R$ 30 mil
Prazo de retorno: de 12 a 18 meses

COMPARTILHE
Artigo anteriorVida de Ouro tem franquia a partir de R$ 24 mil
Próximo artigoComo ter uma franquia de sucesso
Avatar
Graduada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduanda em Gestão de Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, sua paixão é escrever e tem curiosidade sobre os mais diversos temas. Já trabalhou em editorias de entretenimento, esportes, saúde, bem-estar, PME e gestão de carreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA