2018 deve ser um ano de expansão intensa para a Yes! Cosmetics. A marca projeta aumentar sua presença e dobrar o número de unidades até o final do ano. Atualmente, são 90 unidades em operação: 60 franqueadas e 30 lojas próprias.

Para atingir a meta de expansão, a rede busca novos franqueados especialmente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Especializada em cosméticos, a Yes! Cosmetics atua no mercado de franquias há quase dois anos. Hoje, a franqueadora disponibiliza modelos de negócio de loja e quiosque.

O design das unidades busca um visual moderno e convidativo, favorecendo a experimentação dos produtos – são cerca de 300 itens no mix de produtos da marca, entre perfumaria, maquiagem, cuidados corporais e acessórios.

Aos franqueados, a franqueadora promete um retorno atrativo: com faturamento médio de 60 mil reais, as unidades têm lucratividade estimada em 18% (para os quiosques) e 15% (para as lojas). O retorno do capital investido tem prazo de 24 meses.

Além disso, os franqueados devem contar com um amplo suporte, com acompanhamento de uma equipe de especialistas no varejo.

“Nós acompanhamos de perto todas as unidades, orientamos e comemoramos junto com eles as vitórias alcançadas, além, é claro, de orientar sobre a gestão da franquia com o objetivo de alavancar as vendas e o sucesso do modelo de negócio”, conta Felipe Espinheira, Diretor de Franquia da Yes! Cosmetics, em nota divulgada à imprensa.

Os resultados parecem contribuir com a satisfação dos franqueados da marca: atualmente, aproximadamente 50% dos franqueados Yes! são multifranqueados; ou seja, possuem mais de uma unidade da franquia.

Para abrir uma unidade da rede, o investimento é de 105 mil reais para quiosques e de 145 mil reais para lojas. Os quiosques pedem área de sete metros quadrados, enquanto as lojas demandam uma estrutura a partir de 20 metros quadrados.

Investimento total: a partir de R$ 105 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 40 mil
Royalties: 30% do sell-in
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA