Em tempos de instabilidade econômica, profissionais e empresas de diversos segmentos buscam soluções para driblar a crise. É nesse mercado que as franquias de negócios e finanças faturam.

Quem pensa em entrar nessa área encontra opções de franquias para prestar serviços e oferecer produtos como seguros, consultoria, crédito, consórcios, financiamentos, auditoria fiscal, entre outros.

Além de atender empresas, é possível atender pessoas físicas, com soluções financeiras e de seguros pessoais. Com isso, o público é amplo e as oportunidades de negócio são diversas, abrindo espaço tanto para atuação em grandes cidades quanto para franquias em cidades pequenas.

Mercado de franquias de negócios e finanças

Em 2018, as franquias de serviços e outros negócios tiveram o terceiro melhor desempenho do franchising. Com alta de 8,7%, o segmento faturou quase R$ 25 bilhões. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Dentro deste universo, há vários nichos que se destacam.

O mercado segurador, por exemplo, cresceu 3,8% em 2018. Segundo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg), o setor movimentou R$ 445,1 bilhões no ano.

Serviços financeiros também apresentam alta demanda. A demanda do consumidor por crédito cresceu 7,8% no primeiro semestre de 2019, de acordo com dados do Serasa Experian.

Já o mercado de coaching registrou um faturamento de US$ 92 milhões na América Latina e no Caribe em 2016. O dado é da 2016 Global Coaching Study, última pesquisa publicada pela International Coach Federation (ICF).

Independente do nicho, o mercado de franquias de negócios e finanças tem um amplo potencial de operação. Além dos consumidores pessoa física, esse setor tem forte atuação junto a empresas. São cerca de 5 milhões de empresas e organizações formais ativas no Brasil, segundo dados do IBGE.

Tendências em franquias de negócios e finanças para 2020

De olho no mercado de franquias 2020, quem procura por opções de franquias lucrativas vai encontrar boas oportunidades no segmento de negócios e finanças.

Fique atento a:

Franquias financeiras: na área de finanças, soluções ligadas à tecnologia estão em alta. Franquias de máquina de cartão e operações bancárias digitais são boas apostas. Franquias de crédito também continuam atraindo consumidores.

Franquias de seguros: com parceria com seguradoras e amplo portfólio de produtos, as franquias de corretoras de seguros são boas opções de negócios de baixo custo.

Franquias de consultoria: serviços de consultoria em diversas áreas são cada vez mais procurados. Vale prestar atenção em redes que oferecem atendimento focado em PMEs.

Franquias de coworking: o trabalho em espaços compartilhados é um tendência que vem ganhando terreno nos últimos anos, conquistando adeptos em diferentes segmentos. Franquias que oferecem esse tipo de serviço podem ser uma ótima aposta.

Franquias de coaching e franquias tributárias também são alternativas interessantes para atuar na prestação de serviços para empresas.

Vantagens

No setor de negócios e seguros há muitas opções de franquias baratas.

Os serviços e produtos oferecidos não exigem estoques ou equipamentos complexos, o que diminui os custos de instalação e operação. Assim, é possível encontrar muitos modelos de franquias home office.

Um atrativo de entrar nessa área por meio de franquia é contar com o suporte da franqueadora na prospecção de clientes. Algumas redes trabalham com plataformas centralizadas de captação de interessados nos serviços, contribuindo para a construção da carteira de clientes dos franqueados.

Desafios

Muitas vezes, nesse tipo de negócio, o conhecimento do franqueado é o cerne do serviço. Portanto, é preciso buscar capacitação e treinamentos para garantir um bom atendimento, com conhecimentos especializados.

CONTINUE LENDO

Franquias em Destaque


Quer ajuda para encontrar a Franquia de Negócios certa?

Todas as Franquias de Negócios


SETOR EM NÚMEROS

 

num 1

5 MILHÕES

DE EMPRESAS EM ATIVIDADE NO BRASIL

num 229,5 MIL

UNIDADES DE FRANQUIAS DE SERVIÇOS E OUTROS NEGÓCIOS

num 38,7%

DE CRESCIMENTO EM FATURAMENTO EM 2018

 

Google+