Com a proposta de resgatar as “receitas de vó” e memórias de infância, as franquias de bolos caseiros vieram para ficar. O gosto do consumidor brasileiro por esse tipo de produto manteve uma demanda constante para os negócios desse segmento, que continuam crescendo em todo o país. A Bolo da Madre é um exemplo dessa tendência.

Fundada em 2013, na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo, a Bolo da Madre já chegou a cinco estados brasileiros e conta com 38 lojas em operação. Para 2018, a expectativa da empresa é de continuar com a expansão das franquias: até o final do ano, a meta da marca é chegar a 50 unidades.

Para chegar lá, a franqueadora busca por novos franqueados nos estados em que a marca já está presente, levando em conta a infraestrutura para o crescimento da rede: São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Goiânia e Minas Gerais. O foco principal da expansão está nas cidades do estado de São Paulo.

Criada por Daniela Pelipas e Fernanda Castanheda, a Bolo da Madre conta com um mix de produtos com mais de 40 sabores de bolos, incluindo desde os mais tradicionais (como fubá, cenoura e chocolate) até sabores diferenciados (leite ninho, tapioca, paçoca, red velvet).

Para abrir uma unidade Bolo da Madre, o investimento parte de 199 mil reais, considerando uma loja instalada em um espaço de 50 metros quadrados.

O sistema de cobrança de royalties é variável, com o objetivo que ajudar o franqueado e contribuir para um bom desempenho da franquia no início da operação. Durante o primeiro ano do negócio, a taxa de royalties é progressiva, de acordo com o faturamento da unidade. A partir do segundo ano, a taxa passa a ser fixa, de 5% do faturamento.

Os dados de investimento foram informados pela assessoria da marca.

Investimento total: R$ 199 mil
Taxa de franquia: R$ 49 mil
Royalties: variável no primeiro ano; 5% a partir do segundo ano

DEIXE UMA RESPOSTA