O setor de saudabilidade foi um dos que mais cresceu no Brasil nos últimos anos e o CrossFit é uma das tendências que está bombando. Mais e mais, as pessoas desejam construir uma rotina que prioriza a saúde do corpo, e isso envolve, principalmente, a alimentação saudável e a prática de exercícios.

E quando o assunto é atividade física, existe um campo gigantesco para explorar.

➥ Busca franquias no mercado fitness? Confira nosso guia de franquias de academia (com valores de investimento)

Há quem busque por opções mais tradicionais e de menor impacto, como as tradicionais academias; estúdios de pilates e yoga, por exemplo. Mas também existe um público que prefere um treinamento mais completo e intenso.

Nesse sentido, o CrossFit é uma das alternativas mais populares e que já tem milhares de adeptos no Brasil.

O que é CrossFit

crossfit 1Diferente de que muitas pessoas imaginam, o CrossFit não é apenas uma modalidade de treinamento físico, mas uma marca que foi registrada por Greg Glassman em 2000.

A CrossFit Inc. foi fundada por Glassman e sua ex-esposa, Lauren Jenai, para promover o tipo de treino bastante específico: um conjunto de atividades de alto impacto que tem como meta promover o desenvolvimento e condicionamento físico de seus praticantes.

O CrossFit mescla elementos de diferentes modalidades, como levantamento de peso, ginástica e vários esportes para criar uma sequência de exercícios funcionais de alta intensidade.

Por ser uma metodologia e termo registrado, não é possível abrir uma franquia de CrossFit e isso fica bem claro no site da marca, que afirma: “CrossFit não é uma empresa de franchising e nunca será”.

A companhia de Glassman, porém, aceita afiliações. Na prática, é preciso que a companhia interessada em ter um espaço (ou box, como são chamados) para prática do CrossFit e seus professores sejam certificados e afiliados da CrossFit.

A criação do CrossFit

Glassman sempre se interessou por esportes. Mesmo tendo sofrido paralisia infantil, ele buscou esportes nos quais conseguisse desenvolver suas habilidades físicas e se tornou personal trainer nos Estados Unidos.

Seus treinos, porém, não eram nada tradicionais, e Greg não conseguia manter seus empregos por muito tempo. Foi então que, na década de 90, ele foi convidado para desenvolver o preparo físico de policiais e bombeiros e começou a aprimorar seus programas de alta intensidade.

Em 2001, ele resolver dar um nome ao seu conjunto de exercícios e fundou a primeira unidade de sua academia de CrossFit. Pouco a pouco, seus métodos começaram a atrair alunos e, algum tempo depois, um deles inaugurava seu próprio box, no Canadá.

Por aqui a modalidade caiu nas graças do público brasileiro apenas há alguns anos atrás, mas já tem muitos adeptos em academias de todo o país.

Os últimos dados divulgados em 2017 já apontavam 4 milhões de praticantes em todo o mundo.

Como se tornar um afiliado CrossFit

crossfit 2

Para usar o termo CrossFit legalmente é necessário se afiliar à companhia de Glassman. O site oficial da marca reforça que a afiliação é necessária ainda que o profissional ou academia não esteja obtendo receita a partir dos seus treinamentos.

Mas antes de solicitar a afiliação, é necessário ser certificado pela CrossFit. Existem vários níveis de qualificação, e o interessado deve ser aprovado, pelo menos, no primeiro nível.

Os cursos são divididos em momento teóricos e práticos, sendo que os testes práticos são feitos presencialmente.

Para janeiro de 2020, por exemplo, já estão agendados eventos em Curitiba, Brasília, Recife, Ribeirão Preto e São Paulo. É preciso se registrar para participar de um dos deles e participar do teste. Os resultados devem ser divulgados em até sete dias.

Aprovado na certificação, é possível dar continuidade no processo e solicitar a afiliação.

A afiliação se dá em quatro etapas. Primeiro, é necessário preencher um formulário no site da CrossFit. O cadastro envolve ainda uma pequena dissertação sobre o que o CrossFit significa para o candidato e quais os objetivos que pretende alcançar através do ensino da metodologia.

A segunda etapa é determinar a localização completa de onde seu box será alocado e aulas serão ministradas.

A terceira fase é fazer o pagamento anual pela afiliação. Atualmente, o custo é de 3 mil dólares por ano, segundo o site da instituição.

Por fim, o interessado assina o termo de licença e se torna oficialmente um afiliado.

Como benefícios, a CrossFit promove divulgar os sites e marcas de seus afiliados; possibilidade de participar dos eventos promovidos pela organização e suporte do time legal.

O mercado de academias no Brasil

Se você pretende investir em franquias do segmento fitness, no qual o CrossFit está incluído, pode se preparar para entrar em um mercado bastante aquecido e cheio de oportunidades de crescimento.

Um levantamento da IHRSA, uma associação internacional ligada ao universo da saúde e dos exercícios físicos, apurou que existiam mais de 9,6 milhões de alunos e 34,5 mil academias no Brasil em 2018. Isso nos torna o segundo maior mercado fitness do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Por aqui, as academias movimentam mais de 2,1 bilhões de dólares, a maior receita da América Latina na indústria das atividades físicas.

Especificamente no mercado de franquias, os números também são atraentes. O setor de saúde, beleza e bem-estar faturou 31,9 bilhões de reais em 2018, um crescimento de 6,3% em comparação ao ano anterior.

E o futuro é ainda mais animador.

A Associação Brasileira de Academias (ACAD Brasil) indica que até 2030 deve haver mais de 230 milhões de praticantes de atividades físicas em academias, o que vai criar um mercado ainda mais promissor para quem investir nesse nicho.

Franquias de academia

Apesar de não ser possível ter uma franquia CrossFit diretamente, existem ótimas opções de franquias de academias.

Abaixo, você conhece algumas opções de academia para quem quer investir nesse segmento no franchising. As informações e dados de investimento nos modelos de negócio são divulgados pela ABF ou fornecidos pelas próprias marcas.

1Bliss

Fundada em 1999, a Bliss aplica um método de treinamento físico próprio, voltado para as necessidades de adultos com mais de 35 anos de idade. São três os pacotes de treinamento, que variam de acordo com o objetivo e a capacidade física de cada cliente.

Em expansão por todo o Brasil, a fraqueadora procura por empreendedores que sejam formados ou recém formados em Educação Física, que sejam donos de academias ou com perfil investidor.

Investimento total: R$ 218 mil a R$ 519 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil a R$ 50 mil
Royalties: 5%
Faturamento médio: R$ 71,2 mil a R$ 185 mil
Prazo de retorno: 30 meses

2Action 360

Especializada em treinamentos funcionais, pilates e eletroestimulação, a Action 360 tem modelos de aula com capacidade de apenas três alunos por horário para cada professor, o que garante uma maior personalização do atendimento.

Investimento total:  R$ 250 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil
Royalties: R$ 1650
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 1 a 30 meses

3Academia Biofisic

Com modalidades como musculação, dança e lutas, a Biofisic pode ser uma ótima opção para quem quer investir em franquias de academia. Criada em 2012, promete para os franqueados uma gestão profissional em conjunto com o franqueado e uma rentabilidade atrativa.

Investimento total:  R$ 600 mil a R$ 2 milhões
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

4Fórmula Academia

A Fórmula Academia também oferece uma vasta gama de atividades físicas no mesmo espaço: judô, dança, ginástica localizada, indoor cycle, jiu-jitsu e boxe são algumas delas. A rede está no mercado desde 2010 e promete alto padrão de atendimento e custo acessível para seus clientes.

Investimento total:  R$ 1,3 milhão a R$ 5,2 milhões
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 8%
Faturamento médio: R$ 120 mil
Prazo de retorno: 36 a 60 meses

5Smart Fit

Atualmente a Smart Fit é uma das redes de academia mais conhecidas do país. Com mais de 600 unidades em 24 estados, a companhia tem modalidades variadas e personalizadas de treinos. A rede tem um programa de intensa expansão por franquias para os próximos anos.

Investimento total: R$ 950 mil a R$ 1,6 milhão
Taxa de franquia: não informado
Royalties: variável
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 36 a 60 meses

DEIXE UMA RESPOSTA