Dicas para escolher uma franquia em uma feira virtual

0
1232
feira virtual de franquia
feira virtual de franquia

As feiras de franquia são ótimas oportunidades para os investidores conhecerem as opções de negócios disponíveis no mercado e conversar pessoalmente com a equipe de expansão.

Mas, em tempos de coronavírus, os eventos do franchising tiveram que se adaptar para a nova realidade de isolamento social e as feiras virtuais de franquias começaram a despontar.

A proposta é a mesma: unir redes de franquias com os interessados em abrir um negócio. A diferença é que tudo acontece por vídeochamada e, geralmente, com horário marcado.

Assim, os candidatos têm a oportunidade de conversar com os profissionais da rede, conhecer os modelos de negócios e tirar dúvidas sobre o investimento, sem a necessidade de sair de casa.

No entanto, participar de uma feira de franquia virtual não é o fim da história, e sim o começo. É possível conhecer as propostas de várias marcas durante os encontros, mas, afinal, como escolher a ideal?

Não existe uma única resposta para essa pergunta, mas há alguns aspectos importantes que devem ser observados para que você tome a melhor decisão.

Faça uma pesquisa antes de agendar as reuniões

Antes de sair marcando as reuniões com as franqueadoras, é fundamental fazer uma boa pesquisa para entender quais são as redes que têm mais sinergia com você e buscam empreendedores com o seu perfil.

Nesse momento, vale avaliar não só questões ligadas ao investimento – como taxa de franquia, royalties, prazo de retorno e lucratividade –, mas também como é o suporte e treinamento oferecidos aos franqueados, como a marca se posiciona no mercado e quem são seus principais concorrentes, por exemplo.

Para fazer isso, você pode consultar diversas fontes, como o site da própria franqueadora e também as páginas do Guia Franquias de Sucesso. Aqui, você encontra uma seleção com diferentes redes do franchising separadas por segmentos ou faixas de investimento. Vale a pena conferir!

Prepare-se para as reuniões

Uma vez que tenha escolhido as redes que mais parecem estar alinhadas com seus objetivos, é hora de agendar as suas reuniões e se preparar para elas.

Como o tempo de atendimento é limitado, é interessante que você se organize para otimizar o encontro ao máximo.

Além de estar em local calmo e com boa conexão de internet, é bacana anotar os principais pontos que gostaria de abordar na reunião e também as dúvidas que surgiram enquanto você estudava o negócio.

Entre as perguntas que podem ser feitas nesse momento estão:

  • Quais são os modelos de negócio e as diferenças entre eles?
  • Como é o suporte oferecido pela franqueadora?
  • Como se dá o treinamento inicial e o que ele abrange?
  • Como é a rotina de operação de uma franquia?
  • Se decidir avançar, como será o processo de fechamento?

Tome nota e peça materiais extras

Durante a reunião, você deve receber muitas informações. E se tiver agendado encontros com marcas diferentes, terá muitos dados para analisar no fim do dia.

Pensando nisso, o melhor caminho para não se confundir ou se esquecer de algo importante é ir tomando nota e registrando os pontos mais relevantes da conversa.

Os franqueadores também costumam oferecer materiais que reúnem os principais aspectos de cada modelo de negócio, como valores de investimento e expectativa de retorno.

Caso esse tipo de conteúdo não seja entregue de imediato, vale a pena pedir para que o consultor envie mais informações por e-mail para você avaliar depois do papo.

Não tenha pressa de fechar negócio

Ainda que esteja atraído por uma marca de franquia e o franqueador ofereça condições especiais para negociar na hora, não é recomendado fechar negócio na feira.

Esses eventos são muito importantes para conhecer melhor as opções disponíveis no franchising e tirar suas dúvidas, mas tomar uma decisão no calor do momento pode fazer com que você adquira a franquia antes de realizar uma análise mais completa e cautelosa.

Por isso, o melhor é finalizar a reunião, continuar estudando as redes que geraram mais interesse e, somente depois, tomar uma decisão.

Algo que pode ajudar bastante nessa hora é visitar unidades da rede e conversar com franqueados e ex-franqueados. Esses empreendedores vão ter uma visão interna do negócio e poderão te dizer se o que o franqueador promete, de fato, é verdade.

Quando estiver realmente decidido, aí sim, é o momento de retomar a negociação com a franqueadora e se preparar para se tornar um franqueado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui