Franquia CNA: quanto custa e como abrir

0
4315
cna franqueador do ano
cna franqueador do ano

O CNA é uma das principais franquias de idiomas do país. Justamente por conta da qualidade e história da marca no Brasil, a rede é bastante procurada por quem deseja abrir uma franquia de educação.

Se você quer empreender no mercado de franchising abrindo uma franquia do CNA, saiba que a rede disponibiliza diferentes modelos de negócio, que variam de acordo com o espaço disponível para a instalação e a perspectiva dos investidores.

Descubra agora como abrir uma franquia do CNA, qual é o valor da taxa da franquia, as vantagens, como anda o setor no Brasil e muito mais.

Quanto custa abrir uma franquia CNA?

maiores franquias do Brasil - cna

O valor de investimento em uma franquia do CNA varia de acordo com o modelo de negócio escolhido e com a região na qual o franqueado pretende atuar.

Confira os valores gerais de abertura de uma franquia CNA, segundo as informações oferecidas pela rede de idiomas.

Investimento total aproximado a partir de R$ 35 mil
Taxa de Franquia de R$ 5 mil a R$ 60 mil
Capital de giro de R$ 15 mil a R$ 100 mil
Taxa de royalties Não cobra
Taxa de publicidade Não cobra
Área mínima de uma unidade 40 m²
Faturamento médio mensal R$ 100 mil
Prazo de retorno do investimento de 24 a 48 meses

Quais são os modelos da franquia CNA?

O CNA disponibiliza diversas opções de franquias para seus investidores, que se diferenciam principalmente por conta do tamanho físico do local, da capacidade de alunos que podem ser atendidos na escola e também pela localização. As opções são:

Franquia studio

Para cidades de até 35 mil habitantes e só pode ser comercializada para professores de idiomas.

Investimento inicial: R$ 50 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil
Faturamento médio mensal: R$ 22 mil

Franquia compacta

Para cidades com até 50 mil habitantes.

Investimento inicial: R$ 95 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil
Faturamento médio mensal: R$ 33 mil

Franquia pequena

Para cidades de 50 mil a 150 mil habitantes.

Investimento inicial: R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Faturamento médio mensal: R$ 66 mil

Franquia média

Para cidades de 150 mil até 300 mil habitantes.

Investimento inicial: R$ 280 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Faturamento médio mensal: R$ 110 mil

Franquia grande

Para cidades com mais de 300 mil habitantes.

Investimento inicial: R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Faturamento médio mensal: R$ 150 mil

Franquia Escola

Pode ser instalada em qualquer cidade, desde que a praça esteja livre. Além disso, é uma franquia indicada para donos de escolas regulares. O valor de investimento inicial, taxa de franquia e faturamento deste modelo ainda não foram definidos, mas a marca estima que será próximo dos custos da Studio e Compacta, a depender do espaço disponível na escola do candidato.

Qual é o faturamento de uma franquia CNA?

O faturamento médio mensal de uma franquia CNA é de cerca de R$ 100 mil, a depender do modelo de negócio escolhido pelo franqueado e também do local onde a unidade está instalada.

Entretanto, vale ressaltar que esse valor é uma estimativa da franqueadora. A receita mensal pode não ser igual durante todos os meses do ano e varia de acordo com as particularidades de gestão de cada escola.

Qual é o lucro mensal de uma franquia CNA?

O lucro mensal da franquia CNA também varia segundo o modelo de unidade escolhida, mas, de modo geral, gira em torno de 25% sobre faturamento. Além disso, o prazo de retorno do valor investido é de 24 a 48 meses.

Compare os números da CNA com os de outras franquias de idiomas:

Confira os dados de investimento de outras franquias de escolas de idiomas e compare com os números do CNA.

CCAA

Investimento total: R$ 217 mil a R$ 384,5 mil
Taxa de franquia: não exige
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 78 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Fisk

Investimento total: R$ 120 mil a R$ 700 mil
Taxa de franquia: não exige
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 54 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

PBF

Investimento total: R$ 35 mil a R$ 175 mil
Taxa de franquia: não exige
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 28,2 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Cultura Inglesa

Investimento total: R$ 400 mil a R$ 590 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 48 meses

Wizard

Investimento total: R$ 147 mil a R$ 450 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil a R$ 50 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 120 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

História do CNA

franquia cna

Em 1973, depois de passar uma temporada de 5 anos nos Estados Unidos, Luiz Nogueira da Gama Neto sabia que queria algo diferente para sua vida.

Em uma viajem com um familiar para liquidar sua empresa, ele percebeu que os livros de inglês da Editora Formar eram um sucesso de vendas, e viu ali uma oportunidade de empreender vendendo a coleção de porta em porta.

Pouco tempo depois, o empresário já coordenava 250 vendedores. Inclusive, um deles, por iniciativa própria, começou a prometer aulas de inglês a quem comprasse os livros. A proposta aumentou as vendas e passou a fazer parte da estratégia.

“O CNA não era uma escola, era uma empresa de vender livros. Um dia, um vendedor mais esperto que os outros começou a vender os livros dando direito a 12 aulas de inglês grátis. Achei a ideia muito boa. Assim, tiveram início as aulas, que foram crescendo até se consolidar como um curso, de fato”, lembra Luiz Gama.

Na sequência, Luiz passou a receber pedidos e viu que neste mercado havia uma oportunidade para acelerar a expansão do CNA por meio do sistema de franquias. Mesmo que o conceito de franchising ainda não existisse no mercado brasileiro, o empreendedor já conhecia o modelo da época que morava nos Estados Unidos.

Como abrir uma franquia CNA?

Para que o investidor abra uma franquia CNA é necessário passar por diferentes fases. Os candidatos devem iniciar fazendo sua inscrição e cadastro no site da marca para serem atendidos por um consultor de expansão.

Depois disso, também será realizada uma análise do dossiê, na qual o candidato terá o seu perfil e histórico estudado. Caso seja aprovado, ele terá os documentos recolhidos e assinará o contrato. Por fim, inicia-se o processo de implantação da franquia.

Qual é o perfil do franqueado?

O perfil ideal de franqueado CNA é alguém que conta com capital próprio integral para investir na primeira unidade, que goste do segmento de ensino e tenha interesse em se desenvolver na área de educação.

Além disso, o franqueado deve ter o desejo de aprimorar suas competências para empreender e gerir um negócio, o que requer muita dedicação.

O candidato à franquia não necessariamente precisa ter formação técnica ou acadêmica na administração de negócios, já que o CNA oferece ampla e intensiva carga de treinamentos e programas de capacitação ao franqueado. Porém, deve ter disposição e vontade de aprender para adoção de melhores práticas do franqueador e para administração da franquia.

O CNA também não exige que o empreendedor seja professor ou fluente em inglês e espanhol. A única exceção para isso são as franquias Studio CNA, que são microfranquias voltadas para professores de idiomas.

Vale destacar também que o empreendedor deve estar alinhado com o propósito, a visão, missão e os valores da marca.

Como saber se a minha cidade comporta uma franquia CNA?

Se você deseja abrir uma franquia CNA na sua cidade, é importante observar duas características: o número de habitantes, pois assim encontrará o modelo de negócio estruturado para atender essa demanda, e também o tamanho do local que deseja instalar sua unidade.

Além disso, vale a pena consultar a franqueadora para saber se a localidade faz parte do plano de expansão do CNA.

Como é o processo de seleção da franquia CNA?

CNA StudioO processo de seleção do CNA é realizado por profissionais da gestão e alta que integram o Comitê de Avaliação da marca.

Esses gestores vão analisar se o candidato atende os pré-requisitos para se tornar um parceiro da companhia e também se o modelo de negócio escolhido está de acordo com o seu perfil

Todas as informações pessoais, empresariais e financeiras do candidato são mantidas em absoluto sigilo em conformidade com a LGPD.

Vale a pena abrir um franquia CNA?

O CNA é uma das franquias mais procuradas pelos brasileiros que estão em buscas de aprender outro idioma, já que a rede atua há muitos anos no Brasil e também é reconhecida como um sucesso entre os franqueados.

A companhia está há mais de três décadas no mercado de franchising, e conquistou uma posição de respeito no mercado nacional. A rede, inclusive, faz parte das 52 maiores franquias do país em 2021.

Além da credibilidade, a marca também promete aos franqueados também todo apoio necessário para as operações do dia a dia e da evolução da sua empresa.

Como em todo negócio, porém, é importante analisar os deveres do franqueado para com a franqueadora, e estar ciente de que mesmo grandes marcas podem ter unidades franqueadas que não obtém sucesso.

Vantagens da franquia CNA

Para Eduardo Murin, diretor de expansão da rede, as principais vantagens de ser um franqueado CNA são:

  • Segurança empresarial, pois a estrutura da societária é sólida e transparente;
  • Responsabilidade socioambiental;
  • Suporte técnico aos franqueados em todas as áreas, como marketing, comercial, operações, financeira, jurídica, educacional/pedagógica, recursos humanos, dentre outras;
  • Produtos e serviços exclusivos.

Como é o treinamento da franquia CNA?

O CNA disponibiliza inúmeros programas de desenvolvimento, que não possuem custo algum para o franqueado.

Os treinamentos são ministrados por meio da Universidade Corporativa CNA (UniCNA), além dos portais corporativos, encontros regionais, programas específicos de capacitação e a trilha de desenvolvimento.

Como é o suporte da franqueadora?

O CNA possui profissionais de diversas áreas que auxiliam os franqueados durante a administração da sua unidade. Essa equipe de consultores de campo atua no apoio aos franqueados e na otimização dos seus resultados.

Os desafios de ser um franqueado CNA

Eduardo Murin reconhece que o processo de escolha por empreender define um período de foco, engajamento e devoção ao negócio.

“Muitas franquias atingem rapidamente seu ponto de equilíbrio e apresentam menor complexidade. Todavia, há mercados mais competitivos e casos em que haverá necessidade de maior dedicação e investimento, quando os resultados demorarem mais a vir. De um modo ou de modo, é razoável afirmar que o franqueado deverá estar preparado para gerir pessoas e suas necessidades (capacidade de inteligência interpessoal/social)”, explica.

Para ele, além dessa adaptação e dedicação, o franqueado CNA também deverá adotar os processos pré-estipulados e respeitar premissas contratuais do negócio, já que o sistema de franquias é baseado em atividades que seguem métodos operacionais consolidados.

O que outros franqueados dizem da rede?

O CNA recebeu 29 vezes consecutivas o Selo de Excelência em Franchising, que é concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) às franquias com base na opinião de seus franqueados.

Além disso a rede também foi eleita como o Franqueador do Ano 2020, conquistou o Selo 5 Estrelas – As Melhores Franquias do Brasil 2020, concedido pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

E os franqueados parecem concordar com os reconhecimentos recebidos pelo franqueador.

“Sempre tive vontade de ter uma escola. A gente só pensava no CNA. Para mim era um case que tinha dado muito certo, eu tinha aprendido inglês no CNA, eu já falava com fluência e aí nós buscamos em família recursos e juntou todo mundo. E aí buscamos o CNA, conversamos, fomos muito bem recebidos, e começou minha história no CNA”, conta a franqueada Sedy Novaes, em um vídeo exibido no canal do Youtube da rede.

Além disso a franqueada fala sobre a expansão da rede, em franquias administradas por sua família. “Da família hoje, nós temos onze escolas, quatro delas são minhas e nelas eu conto com 1.500 alunos”, comemora.

O que perguntar a outros franqueados da marca?

De acordo com Eduardo Murin é importante que os interessados em abrir uma rede do CNA, conversem com os responsáveis das outras unidades.

“Nossa recomendação é que as perguntas sigam na direção da compreensão quanto à realidade do negócio, desafios, práticas e ações que funcionaram, assim como também aquelas que porventura não tenham funcionado (benchmarking e estudo de caso)”, explica Murin.

Também é fundamental que o investidor se pergunte sobre a relação com o franqueador, sobre a solidez da marca e nível de serviço oferecido ao franqueado, além da lucratividade e do negócio de franquia escolhido.

CNA

CNA
Investimento: R$ 5.000 até R$ 350.000
Faturamento: R$ 95.000
Prazo de Retorno: 24 até 48 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui