Como é o processo de seleção de uma franquia?

0
1708
processo selecao franquia
processo selecao franquia

Aqui, no Guia Franquias de Sucesso, você encontra muito conteúdo e dicas para escolher a franquia ideal. Mas, o que acontece depois que o candidato toma essa decisão? Você sabe como funciona o processo de seleção de uma franquia por parte do franqueador? Entende quais são as etapas entre a escolha da franquia e a abertura da unidade? 

Trouxemos um conteúdo completo sobre o processo de seleção de uma franquia, como ele funciona e qual o papel – tanto do franqueador, quanto do franqueado – em cada uma de suas etapas. 

Coleta de informações por parte do franqueador

Este primeiro momento da seleção acontece quando o interessado manifesta o interesse em abrir uma franquia – normalmente preenchendo uma ficha cadastral no site da rede ou em portais parceiros. 

O cadastro permite que o franqueador colete dados básicos do candidato e possa fazer uma triagem daqueles que mais se encaixam no perfil que a rede de franquias deseja.

“Basicamente, se analisa se a região em que o interessado está faz parte do plano de expansão da marca, se há disponibilidade de tempo para operar o negócio e qual o valor de investimento disponível”, revela José Fugice, CEO da Goakira, consultoria especializada em franquias.

A incompatibilidade nesses quesitos pode acarretar muitos problemas para ambas as partes no futuro, por isso, é importante fazer essa triagem logo no começo e evitar atritos.

Reunião de apresentação das partes

Ao receber a ficha cadastral de um novo interessado, é comum que a franqueadora entre em contato por e-mail ou por telefone para transmitir mais informações e materiais sobre a franquia.

Se gostar do que viu, o candidato pode agendar uma reunião para conversar com um consultor e tirar suas dúvidas iniciais sobre o negócio. 

Neste momento, o possível franqueado vai conhecer os detalhes da operação e os resultados esperados. Já o franqueador deve se familiarizar com o perfil do candidato e observar se os seus desejos e expectativas estão dentro das projeções da marca. 

Entrevistas de aprofundamento

Depois de uma primeira entrevista, a próxima fase do processo de seleção de uma franquia são as avaliações. O franqueador pode aplicar alguns testes comportamentais para mapear o perfil psicológico do candidato, a fim de descobrir se existe, de fato, uma compatibilidade entre as partes.

Por outro lado, o investidor também pode – e deve – aproveitar esta etapa para conhecer melhor a franqueadora. Além de manter o contato com a rede e tirar as dúvidas que forem surgindo, também é interessante contatar franqueados e ex-franqueados.

“Não existe, na minha opinião, melhor pessoa para passar informações sobre uma rede de franquias senão os franqueados e os ex-franqueados. É uma forma de confirmar se, de fato, aquela franquia vai entregar o que você quer, seja pessoalmente ou profissionalmente”, pontua José Fugice.  

Entrega da Circular de Oferta de Franquia (COF)

Caso o candidato seja aprovado e decida seguir com o processo de seleção de uma franquia, o franqueador deve receber a Circular de Oferta de Franquia (COF).

De acordo com a nova Lei de Franquias, a Lei 13.966/19, é obrigatório que este documento seja entregue ao investidor e que contenha todos os dados essenciais a respeito da proposta, como valor de investimento, faturamento, prazo de retorno, deveres, prazo de contrato, etc. 

E é indispensável que o futuro franqueado leia bem este documento antes de fechar qualquer negócio!

Para isso, pode ser interessante ter o apoio de uma consultoria jurídica que esteja por dentro da Lei de Franquias e possa certificar de que os pontos abordados no documento estão de acordo com a legislação. 

Análise de compatibilidade

Essa etapa do processo de seleção de uma franquia consiste em uma profunda avaliação de todas as informações e e documentos que foram apresentados.

Enfim, o interessado precisa considerar todos os dados para analisar se a parceria é válida. E, para isso, é fundamental fazer um análise cuidadosa. Então, nada de tomar decisões apressadas! 

“É muito importante analisar, consumir conteúdo, assistir vídeos no YouTube e refletir sobre todas as informações coletadas para que o investidor esteja melhor preparado para essa jornada”, alerta Fugice. 

Assinatura de contrato

Se as duas partes ficaram satisfeitas com o que viram e estão dispostas a fechar negócio, uma última reunião será agendada para a assinatura do contrato. Algumas vezes, todo o comitê da rede de franquias está presente.

Após essa etapa final do processo de seleção de uma franquia, começam os preparativos para a abertura da nova unidade, que pode contemplar reuniões de planejamento, busca pelo ponto comercial ideal, treinamentos, desenvolvimento de estratégias e acordas em contrato. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui