Como treinar franqueados para terem sucesso no home office

0
862
como treinar franqueados para o home office 02
como treinar franqueados para o home office 02

selo publieditorial - guia franquias de sucessoO franchising brasileiro tem visto o home office como uma boa opção de modelo de negócio, não só porque foi uma saída eficiente durante a pandemia, mas também porque esse formato já era considerado como uma tendência mundial.

Para o franqueado, trabalhar em casa permite uma operação mais cômoda e com custos menores. E a franqueadora também é beneficiada, visto que o modelo mais acessível ajuda a acelerar a expansão. 

Entretanto, apesar desse formato funcionar bem para muitas marcas, trabalhar em casa pode trazer alguns desafios. Por isso, é importante preparar o franqueado, principalmente para que ele entenda como gerenciar sua unidade e alcançar os resultados desejados em qualquer ambiente. 

Para isso, um treinamento focado em gestão home office é necessário. A seguir, veja alguns pontos que devem fazer parte desta capacitação. 

A padronização é necessária, mesmo em home office

Trabalhar em casa tende a gerar mais flexibilidade e independência para o franqueado, porém, é interessante que o franqueador informe o novo parceiro que, mesmo em home office, os padrões da marca precisam ser seguidos.

O franqueado não terá que investir em uma fachada ou projeto arquitetônico para abrir sua franquia, mas deverá seguir os protocolos operacionais da rede como qualquer outro parceiro.

Para isso, é importante que os padrões sejam transmitidos de forma clara antes, durante e depois do treinamento inicial.

O home office exige habilidades específicas do empreendedor

Para trabalhar em casa, o ideal é que o franqueado já tenha um perfil de empreendedor disciplinado, bem organizado e que saiba usar bem o nível de independência dada pelo franqueador.

Mas também é essencial que o treinamento reforce a importância do foco para desenvolver as tarefas mesmo que não haja cobranças diárias, do autocontrole para definir seus dias e horários de trabalho e cumpri-los e da automotivação para continuar engajado na gestão da franquia até que alcançar os resultados projetados. 

Ter uma rotina (e segui-la) é importante

Embora o franqueado tenha uma dose extra de liberdade trabalhando em casa, ter uma rotina é recomendável para manter a organização e o foco na gestão da franquia. 

Tendo isso em mente, cabe ao franqueador orientar o franqueado para que ele defina seus dias e horários de trabalho e cumpra as tarefas administrativas que o negócio exige.

A tecnologia é essencial para trabalhar em casa

É importante que o franqueado saiba quais serão as estruturas necessárias para que ele consiga atuar com excelência na sua unidade em home office. Isso inclui equipamentos, como notebook e celular, e também recursos como acesso aos softwares de gestão usados pelo franqueador. 

Durante o treinamento inicial, vale a pena informar o franqueado sobre quais são as ferramentas tecnológicas que serão usadas na franquia e capacitá-lo para usá-las adequadamente.

Se comunicar é preciso

Ter uma comunicação frequente com o franqueado fará com que ele se sinta mais seguro nos desafios do seu negócio, por isso, a utilização de plataformas de comunicação tornará essa ponte mais simples e eficiente. 

Além de utilizar extranet, telefone, e-mail e WhatsApp, por exemplo, uma boa opção é recorrer ao o Mokaly, uma ferramenta de videoconferências e chats que usa a visualização de mapa virtual do escritório para tornar a comunicação mais simples e produtiva para o franqueado e o franqueador. 

Sobre o Solutto 

O Solutto é um sistema de gestão especializado em soluções para a gestão e expansão de redes de franquias, incluindo aquelas que têm modelos de negócio home office!

Por meio de um ERP modular, o Solutto usa tecnologia de ponta para ajudar franqueados e franqueadores a acompanhar os resultados das unidade se fazer a gestão através de um software online. 

Entre os módulos do Solutto que podem atender franquias com modelos de negócio home office estão a extranet, que permite que franqueador e franqueados se comuniquem online, a universidade corporativa (EAD), que ajuda as marcas a disponibilizar treinamentos à distância, e a central de compras, que conecta os franqueados com os fornecedores homologados e agiliza o processo de compras virtuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui