Em tempos de crise econômica, a preocupação fala mais alto e aqueles que querem investir em um negócio ficam um pouco hesitantes. Mas, quem não quer deixar de empreender pode encontrar uma boa alternativa investindo em uma franquia.

Em 2015, o franchising teve resultados bem positivos, mesmo com a crise. Segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising, o mercado de franquias cresceu 8,3% no ano passado, faturando mais de 139 bilhões de reais e empregando 1,1 milhão de pessoas.

Além disso, nesse momento, pode ser mais interessante para o empreendedor apostar em um franquia do que em um empreendimento próprio. Afinal, as franqueadoras garantem um modelo de negócio já testado, têm know-how e conhecem o mercado, podendo oferecer suporte e estrutura para que o franqueado tenha bons resultados.

“Tenho visto muitos negócios indo bem, pois souberam se prevenir e agora estão, inclusive, investindo, reforçando a imagem de marca e se preparando para quando o vendaval passar. Essa é uma vantagem competitiva frente à concorrência”, conta Bianca Oglouyan, sócia-fundadora da consultoria TEAR Franchising.

Para a consultora, uma estrutura enxuta de custos, compras bem planejadas, marketing bem pensado e profissionais multitarefas são os grandes diferenciais para ser bem sucedido em tempos de crise econômica.

Vale lembrar que não é só da franqueadora a responsabilidade pelo sucesso das redes: os franqueados também devem ficar de olho na gestão das unidades.

“Tentar faturar mais com menos é uma boa saída: parcerias estratégicas, eventos em shopping ou rua que atraiam novos consumidores para as marcas. Evitar horas extras e retrabalho também são dois pontos importantes. Otimização de recursos é a palavra-chave para o momento”, aconselha Bianca.

A seguir, você confere algumas franquias que estão conseguindo bons resultados mesmo com o cenário adverso. Os dados de investimento são da ABF ou informados pelas assessorias das próprias marcas.

1Quisto

*Este é um conteúdo patrocinado por anunciante. A Quisto é uma rede de corretoras de seguros que trabalha com produtos e serviços das principais seguradoras. O modelo de negócio da franquia não exige a instalação de ponto comercial, podendo ser operado em home office. Além do modelo home based, é possível abrir o negócio em sala comercial. A rede de corretoras trabalha com produtos e serviços das principais seguradoras, oferecendo aos clientes seguros de vida, de veículos, de viagem, saúde, empresarial, entre outros. O lucro mensal médio é de 7,5 mil reais. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 11,99 mil a R$ 21,99 mil
Taxa de franquia: R$ 9,99 mil
Royalties: R$ 200 (fixo)
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 3 a 12 meses

2Encontre Sua Viagem

*Este é um conteúdo patrocinado por anunciante. Fundada em 2011, a Encontre a Sua Viagem é uma rede especializada em turismo. Com um modelo multimarcas e mais de 1 mil parceiros no setor, a rede oferece passagens, hospedagens e outros serviços para destinos nacionais e internacionais. São dois modelos de franquias disponíveis: home office e loja física. A marca conta com 500 unidades de franquias ativas. O lucro líquido mensal é de cerca de 12%. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 5 mil a R$ 40 mil
Taxa de franquia: R$ 3 mil a R$ 20 mil
Royalties: R$ 250 a R$ 350
Faturamento médio: R$ 70 mil a R$ 200 mil
Prazo de retorno: 3 a 24 meses

3GEmotion

Lançada em 2017, a GEmotion surgiu no mercado brasileiro investindo em inovação no ramo de entretenimento. Com a experiência de jogos em realidades virtuais, a marca oferece a crianças e adultos a possibilidade de adentrar em diferentes mundos sem sair da poltrona. Os jogos duram cerca de cinco minutos e dependem de apenas um funcionário para operar a máquina. O franqueado fica responsável pela gestão do negócio, podendo contratar um funcionário para atuar na operação da máquina.

Investimento total: R$ 100 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 35 mil
Prazo de retorno: 4 a 7 meses

4Prepara Cursos

A rede Prepara Cursos oferece mais de 80 opções de cursos profissionalizantes e tem modelos de negócios tanto para grandes cidades quanto para cidades pequenas, de até 30 mil habitantes. A rede conquistou mais de 50 mil novas matrículas no segundo semestre de 2015 e deve inaugurar novas unidades neste ano.

Investimento total: R$ 45.000,00 a R$ 100.000,00
Taxa de franquia: R$ 10.000,00 a R$ 60.000,00
Royalties: R$ 135,50 por máquina habilitada
Faturamento médio mensal: R$ 20.000,00 a R$ 50.000,00
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

5Limpidus

O ramo de limpeza comercial tem se desenvolvido bem nos últimos tempos. Com a Limpidus, rede de franquias do setor, não é diferente: só nos primeiros sete meses de 2015 a marca cresceu 21%. A Limpidus também foi uma das ganhadoras do Prêmio Top 25 Franchising 2015, promovido pelo Grupo Bittencourt, e é uma das 200 empresas que mais cresceu no Brasil, segundo pesquisa da Delloitte.

Investimento total: R$ 49.230,00 a R$ 560.000,00
Taxa de franquia: R$ 38.230,00 a R$ 380.000,00
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: R$ 200.000,00
Prazo de retorno: 12 a 48 meses

6Espetinhos Mimi

Apostando em modelos de negócio com baixo investimento inicial, a rede de alimentação Espetinhos Mimi tem tido bons resultados, com o crescimento em 2015 de 15%. São mais de 60 unidades instaladas no país.

Investimento total: R$ 30.000,00 a R$ 410.000,00
Taxa de franquia: R$ 15.000,00 a R$ 60.000,00
Royalties: 6% sobre faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 100.000,00
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

7Griletto

O modelo de negócio da Griletto, que oferece um menu com opções de pratos executivos, saladas, porções e sobremesas, tem se saído bem na crise. Com a busca dos consumidores por economia na hora de comer fora, a rede, capaz de absorver esse novo público, se beneficiou. Em 2016, a marca pretende abrir 25 novas unidades.

Investimento total: a partir de R$ 410.000,00
Taxa de franquia: R$ 45.000,00
Royalties: 4%
Faturamento médio mensal: R$ 120.000,00
Prazo de retorno: 36 meses

8Clube Caramelo

A Clube Caramelo comercializa chocolates, doces e biscoitos em lojas no estilo boutique. Fundada em 2014, a marca aposta em um modelo de negócio com baixo investimento inicial e dá aos novos franqueados a oportunidade de investir com o FGTS. A previsão é de inaugurar dez novas unidades até o segundo semestre de 2016.

Investimento total: a partir de R$ 55.000,00
Taxa de franquia: R$ 40.000,00
Royalties: 5%
Faturamento médio mensal: R$ 40.000,00
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

9Montana Express

A Montana Express é uma rede do ramo de alimentação que oferece um cardápio variado, com opções de pratos executivos, sanduíches, massas, saladas e sobremesas. Trabalhando com um baixo custo operacional, a marca continua crescendo ano a ano e tem previsão de instalar, em 2016, pelo menos cinco novas unidades.

Investimento total: R$ 570.000,00
Taxa de franquia: R$ 50.000,00
Royalties: 5%
Faturamento médio mensal: R$ 130.000,00
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

10Americanflex

A Americanflex, rede que trabalha com a fabricação e venda de colchões, tornou-se franquia já em época de crise. Há um ano no mercado de franchising, a marca já tem 17 lojas e a expectativa da empresa é atingir o número de 50 unidades nos próximos três anos.

Investimento total: R$ 150.000,00 a R$ 300.000,00
Taxa de franquia: R$ 20.000,00
Royalties: não cobra
Faturamento médio mensal: R$ 80.000,00 a R$ 150.000,00
Prazo de retorno: 36 meses

11Croasonho

Em 2015, a Croasonho atingiu a marca de 70 unidades no Brasil e agora explora também a expansão em aeroportos, com sua primeira unidade no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. A rede é especializada em croissants e oferece diversas opções de sabores em seu cardápio, que também inclui bebidas, sobremesas e pratos executivos.

Investimento total: R$ 510.000,00 a R$ 755.000,00
Taxa de franquia: R$ 55.000,00 a R$ 65.000,00
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 110.000,00
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

12Casa do Construtor

A Casa do Construtor, que trabalha com a locação de equipamentos para construção civil, fechou 2015 com mais de 200 unidades em operação. A rede registrou o faturamento de 183 milhões de reais no ano passado, 5% a mais que em 2014. A expectativa é inaugurar mais de 30 lojas em 2016.

Investimento total: R$ 555.000,00 a R$ 780.000,00
Taxa de franquia: R$ 50.000,00 a R$ 80.000,00
Royalties: 8% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 90.000,00
Prazo de retorno: 36 meses

13Hope

A Hope trabalha com a comercialização de lingeries e moda praia e já é uma marca consolidada no mercado brasileiro. Oferecendo modelos com baixo investimento, como a store in store, a empresa tem se saído bem, mesmo com a crise. Em 2015 foram 40 novos contratos fechados e a expectativa é abrir mais 40 unidades neste ano.

Investimento total: R$ 140.000,00 a R$ 385.000,00
Taxa de franquia: R$ 30.000,00 a R$ 45.000,00
Royalties: não cobra
Faturamento médio mensal: R$ 110.000,00
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

14Alta Energia

A Alta Energia é uma rede de academias que oferece musculação, ginástica, pilates, natação, luta, personal e treinamentos funcionais. Para atrair novos franqueados durante a crise, a empresa criou a possibilidade de investimento coletivo.

Investimento total: R$ 750.000,00 a R$ 1.800.000,00
Taxa de franquia: R$ 50.000,00
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 140.000,00
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

15Doutor Lubrifica

A Doutor Lubrifica oferece serviços automotivos no formato delivery, com o franqueado podendo operar em ponto comercial ou home based. Em 2015, a rede faturou 60% a mais que no ano anterior. A expectativa é atingir a marca de 150 unidades em funcionamento até o final de 2016.

Investimento total: R$ 37.000,00 a R$ 70.000,00
Taxa de franquia: R$ 5.000,00 a R$ 20.000,00
Royalties: R$ 1.000,00
Faturamento médio mensal: R$ 31.000,00
Prazo de retorno: 6 a 10 meses

16CTX

A CTX é uma franquia especializada em moda masculina, comercializando produtos desenvolvidos exclusivamente para a marca. Com 16 unidades franqueadas atualmente, a rede teve em 2015 um crescimento de 65% no faturamento em relação ao ano anterior.

Investimento total: R$ 280.000,00
Taxa de franquia: R$ 30.000,00
Royalties: 10%
Faturamento médio mensal: R$ 65.000,00
Prazo de retorno: 24 meses

17InFlux

A crise acabou impulsionando a busca por capacitação profissional e formação – o que beneficiou a InFlux, que promete aprendizado de inglês avançado em apenas dois anos e meio de curso. Nos últimos três meses a rede inaugurou nove novas unidades e espera fechar 2016 com mais 17 novas escolas.

Investimento total: R$ 160.000,00 a R$ 300.000,00
Taxa de franquia: R$ 20.000,00 a R$ 35.000,00
Royalties: não cobra
Faturamento médio mensal: R$ 90.000,00
Prazo de retornoo: 18 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA