Ligar para a pizzaria para fazer um pedido para entrega é coisa do passado. Os aplicativos de delivery deixaram o processo de pedir comida em casa muito mais rápido e cheio de opções de pratos, o que atrai milhares de usuários em busca de conforto e praticidade.

É nesse mercado que o Aiqfome se destaca, com um aplicativo que se posiciona entre os gigantes do delivery online: são mais de 600 mil pedidos mensais. Assim, o Aiqfome alia um aplicativo que faz sucesso com os usuários e um modelo de negócio atrativo, com baixo investimento, retorno rápido e baixo risco.

Há mais de 10 anos no mercado, o Aiqfome é o primeiro aplicativo de delivery do Brasil. Hoje, a plataforma que concentra restaurantes de todos os tipos está presente em 14 estados brasileiros e é o principal app de delivery com atuação no interior.

Um dos pilares da empresa é garantir a melhor experiência para o usuário, por meio de uma estratégia que une as áreas de programação, design e marketing. Todo esse cuidado é refletido em resultado: o Aiqfome tem as melhores notas da categoria, segundo avaliações na Apple Store (4,9) e no Google Play (4,8).

A empresa também se diferencia por não cobrar taxa de adesão nem mensalidade dos restaurantes. Para disponibilizar seus cardápios no app de delivery, os restaurantes pagam apenas uma comissão, que varia de 8% a 15%, dos pedidos vendidos na plataforma.

Tudo isso faz com que o Aiqfome cresça a passos largos. Em 2015, quando começou a expandir, o aplicativo estava atuando em 25 cidades. Registrando um crescimento de 120% ao ano, a empresa já chegou a mais de 160 cidades. A projeção é que o aplicativo atinja 250 cidades até o final de 2019.

Oportunidade de negócio

Baixo investimento, retorno rápido, operação simplificada e oportunidade de trabalhar em casa – isso tudo faz parte do modelo de negócio proposto pelo Aiqfome.

Os licenciados atuam com a comercialização do Aiqfome em sua cidade, agregando restaurantes ao aplicativo. A rotina inclui visitas aos restaurantes locais, para efetuar as vendas e para prestar suporte e dar treinamento aos clientes. Além disso, o licenciado também é responsável pela análise do mercado da região, cadastros dos cardápios de parceiros na plataforma e investimento em marketing local.

Não é preciso contar com um escritório comercial: o licenciado pode operar o negócio sozinho, a partir de casa. Também não é preciso dedicar-se integralmente ao negócio. O modelo do Aiqfome abre as portas para empreendedores que estão em busca de uma opção de renda extra e viabiliza a operação com uma dedicação de cerca de 20 horas semanais.

De acordo com a empresa, só é necessário contratar um funcionário para auxiliar no backoffice do negócio se o licenciado operar em mais de uma cidade. É o caso de Bruno Vaz, licenciado em nove cidades no Ceará. “Possuo licenciamento há mais de um ano e obtive um ótimo retorno financeiro, sem contar que expandi meus nogócios e tive conhecimento em delivery, empreendedorismo e franquias”, afirma.

O investimento parte de 12 mil reais, variando de acordo com o porte da cidade. O prazo de retorno é curto, estimado entre seis meses e um ano.

Em média, um licenciado fatura de 7 mil reais a 40 mil reais mensalmente, e tem uma lucratividade média de 40%.

Foco no interior

Diferente de seus principais concorrentes, que estão de olho nas grandes cidades, o Aiqfome aposta na expansão para cidades do interior do Brasil.

Criada em Maringá, interior do Paraná, a empresa identificou um potencial gigante de crescimento em municípios com população entre 50 mil e 350 mil habitantes. São mais de 1 mil cidades brasileiras com esse perfil em todo o país, com oportunidades valiosas para transformar a economia local com a aplicação do delivery online.

Para Welington e Thati, o investimento valeu a pena. Os dois são licenciados na cidade de Barbacena, município do interior de Minas Gerais com cerca de 107 mil habitantes. “É óbvio que tive meus momentos de incertezas, como qualquer pessoa movida pela razão. Mas, a dedicação, o empenho e as informações enviadas pelo Aiqfome foram mais que suficientes para dissipar qualquer traço de dúvida sobre o caminho para o sucesso. Hoje, só tenho que agradecer a todos eles”, conta Welington.

Com modelo de fácil operação, o perfil dos licenciados do Aiqfome é bastante diverso e inclui desde jovens recém formados na faculdade até aposentados, assim como profissionais liberais e administradores.

Suporte ao licenciado

Para manter o ritmo de crescimento e o sucesso do aplicativo, o Aiqfome investe em análise de inteligência e em uma estrutura de suporte robusta.

A empresa disponibiliza um executivo de contas para acompanhar o andamento da operação e o crescimento da cidade do licenciado, analisando dados e sugerindo estratégias. O licenciado também conta com uma agência in-house que presta suporte de marketing, auxiliando na administração do investimento e criação de campanhas.

O treinamento pode ser feito online ou presencialmente, à escolha do licenciado. Nesse treinamento, são trabalhados conceitos de sistema e estratégias comerciais.

O Aiqfome também conta com gerenciamento de pedidos em tempo real e suporte ao cliente em múltiplos canais, além de cuidar da manutenção, atualização e desenvolvimento da plataforma.

Cadastre-se para saber mais sobre o Aiqfome:

DEIXE UMA RESPOSTA