No mercado de franchising, opções não faltam quando o investidor deseja começar um negócio. Um dos setores que mais apresenta propensão de crescimento é o de Saúde, Beleza e Bem Estar, o que faz das franquias de clínicas uma altertativa atrativa para quem quer empreender.

De acordo com o relatório de Desempenho do Franchising sobre o primeiro trimestre de 2017, desenvolvido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de saúde cresceu 17% em faturamento. Se posicionando como o segmento que obteve melhor desempenho nos primeiros três meses deste ano, o faturamento foi de 6,914 bilhões de reais.

➥ Busca franquias na área de saúde? Confira nosso guia de franquias de saúde e bem estar

Com bom desempenho no segmento da saúde, o mercado de franquias de clínicas vive um cenário que promete grandes crescimentos.

De acordo com especialista em varejo da AGR Consultores, Roberto Vautier, um dos principais fatores que contribuem para o crescimento destes modelos de franquia está atrelado à evasão de clientes dos planos de saúde, atrelada diretamente ao desemprego – o que impulsiona o sucesso das clínicas populares.

“Estima-se que 2,4 milhões de brasileiros perderam o convênio médico entre 2014 e 2016. Com isso, o volume de pessoas que recorrem aos serviços públicos tornou esses serviços ainda menos eficientes (filas, falta de medicamentos, entre tantos outros problemas). Cerca de 93% dos usuários do SUS estão insatisfeitos com o serviço prestado”, completa Vautier.

Vautier comenta que para aquelas pessoas que já tiveram plano de saúde, voltar a recorrer ao SUS é inaceitável, o que contribui para a criação de um grupo de clientes para as clínicas populares. “Trata-se de uma brecha que nasce da ineficiência do sistema público de saúde e da perda do acesso aos planos de saúde pelo aumento do desemprego”, explica o consultor.

Ao empreendedor interessado em investir em uma franquia de clínica de saúde, Roberto afirma que este modelo de negócio é interessante por apresentar uma rentabilidade assegurada pelo alto volume de pagamento de consultas e exames em dinheiro e cheque – cerca de 80% dos atendimentos realizados. Outro ponto positivo está no custo operacional da franquia, que não são tão altos, se comparados a outros modelos de franchising.

Por outro lado, s sobreposição de estabelecimentos é um desafio que o interessado em investir em uma franquia de clínica deve estar preparado para enfrentar.

“Não ter um diferencial competitivo pode significar a falência do negócio em poucos meses de operação. Muitas empresas se lançaram nesse mercado, mas muitas delas não possuem qualidade nem experiência para operar um modelo de franqueamento e acabam vendendo um cenário ilusório de sucesso”, alerta Vautier.

O consultor chama atenção ainda para um ponto essencial do gerenciamento de franquias de clínicas: os médicos faturam de acordo com o volume de atendimentos realizados, logo, podem querer prestar um atendimento superficial que comprometa a qualidade do serviço e, por consequência, comprometa a saúde do paciente e o sucesso do negócio.

Na hora de investir, o primeiro passo é fazer uma pesquisa de mercado, com levantamento das melhores regiões para instalar a unidade. É fundamental conhecer a região e as clínicas já operantes, os preços estipulados pelos negócios, especialidades oferecidas, entender o público atendido e a demanda da região.

Depois do mapeamento, o investidor precisa escolher a franquia que melhores se enquadra ao próprio perfil e ao que foi estudado, levando em consideração tudo que foi levantado, em conjunto com os objetivos profissionais.

A seguir, você confere algumas opções de franquias de clínicas para investir. Os dados de investimento foram fornecidos pela ABF ou pelas próprias empresas.

1Atend Já

*Este é um conteúdo patrocinado por anunciante.A Atend Já é uma franquia de clínica popular que oferece atendimento médico, cirurgias, exames laboratoriais e de imagem. Desde sua criação, em 2015, a proposta é oferecer tudo a preços acessíveis, sem necessidade de pagamento de mensalidade ou planos de saúde. É essencial que o franqueado tenha experiência profissional anterior, sem exigência de ter trabalhado na área da saúde. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 90 mil a R$ 300 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 5% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 90 mil a R$ 300 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

2GV Assistencial

A GV Assistencial é uma empresa especializada em prestação de serviços médicos, clínicos, odontológicos e atendimentos complementares, dedicando-se exclusivamente à Medicina do Trabalho e Engenharia de Segurança. As empresas conveniadas oferecem aos funcionários e dependentes os planos de saúde e atendimento da GV por meio de ação social.

Investimento total: R$ 45 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Royalties: 1%
Faturamento  médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 24 meses

3Acesso Saúde

Criada em 2006, a empresa oferece um sistema de franquias de atendimento médico sem mensalidade para os clientes. As consultas médicas e exames são feitos a preços acessíveis. Com a expansão das franquias, a rede já conta com 37 unidades pelo Brasil.

Investimento inicial: R$ 280 mil a R$ 640 mil
Taxa de franquia: R$ 120 mil
Royalties: 7% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 200 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

4Astra Assessoria

Com mais de 30 anos de experiência no mercado brasileiro, a Astra é uma rede de franquias voltada para serviços de assessoria e treinamentos nas áreas de saúde, segurança e medicina ocupacional.

Investimento inicial: R$ 120 mil a R$ 195 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil a R$ 120 mil
Royalties: 7.8% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 20 a 30 meses

5Dental Arte

Criada em 2002, a Dental Arte é uma rede de franquias odontológicas. Desde sua fundação, já foram mais de 50 mil pacientes atendidos nas 11 unidades da marca. A expansão por franquias aconteceu em 2016 e a rede conta com 10 unidades pelo território brasileiro.

Investimento inicial: R$ 280 mil a R$ 355 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 40 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

6Docctor Med

A marca surgiu no mercado brasileiro com a proposta de oferecer um modelo de negócio de clínica médica popular. Com a expansão das franquias, a empresa se tornou uma das maiores franquias de clínicas médicas do país: são 38 unidades Docctor Med em 12 estados.

Investimento inicial: R$ 330 mil a R$ 990 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil a R$ 100 mil
Royalties: 4,5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 200 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

7Global Med

A empresa, fundada em 2014, é uma rede de clínica médica popular completa. Os serviços oferecidos aos pacientes englobam consultas médicas, dentistas, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e exames gerais.

Investimento inicial: R$ 340 mil a R$ 670 mil
Taxa de franquia: R$ 95 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 250 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

8Brarriso

A Brarriso é uma rede de franquias odontológicas que oferece serviços como ortodontia, dentística, cirurgias, próteses, implantes, tratamentos estéticos, entre outros. A rede trabalha com um sistema de pacotes de tratamento pagos mensalmente pelos clientes, com o objetivo de promover ganhos recorrentes ao franqueado.

Investimento total: R$ 149 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: 1 salário mínimo + 4% do faturamento bruto
Faturamento  médio: R$ 105 mil
Prazo de retorno: 16 a 24 meses

9Grupo MedNet

Com sede em Americana (SP), a rede oferece atendimentos médicos admissionais, demissionais, atestado de saúde e outros serviços que englobam as áreas de medicina e segurança do trabalho. Desde 1994, são 33 unidades MedNet em todo o país.

Investimento inicial: R$ 165 mil a R$ 235 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil a R$ 75 mil
Royalties: 7% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 90 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

10Odontoclinic

Rede de franquias odontológicas com 170 unidades por todo o Brasil. A marca atende, desde 1997, todos as especialidades da odontologia: ortodontia, implantologia, periodontia, entre outras especifidades. A Odontoclinic surgiu no mercado com o diferencial de processos de digitalização do atendimento odontológico.

Investimento inicial: R$ 250 mil a R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 55 mil a R$ 80 mil
Royalties: 8% do faturamento líquido
Faturamento médio: R$ 140 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

11Odontocompany

Com 25 anos de experiência no mercado, a marca oferece diferentes opções de formatos de franquia, de acordo com o perfil da cidade de instalação da unidade. Além disso, a franqueadora trabalha com a conversão de clínicas já existentes em uma unidade da franquia. São 320 franquias Odontocompany, sendo 120 delas em implantação.

Investimento total: de R$ 177,4 mil a R$ 287,3 mil
Taxa de franquia: de R$ 31,4 mil a R$ 63,9 mil
Royalties: 7% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio mensal: R$ 148,5 mil
Prazo de retorno: de 24 e 36 meses

12OrthoDontic

Com sede em Londrina (PR), a OrthoDontic foi criada em 2001 e se posicionou no mercado como referência em gestão de clínicas e prospecção ativa e fidelização de clientes. A expansão da marca aconteceu em 2004 e, atualmente, são mais de 166 unidades espalhadas pelo país – o que a tornou uma das maiores redes de clínicas odontológicas.

Investimento total: R$ 360 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 8% do faturamento bruto mensal
Faturamento médio mensal: R$ 200 mil
Prazo de retorno: 25 meses

13Orthopride

A rede Orthopride surgiu em 2008 com foco no tratamento ortodôntico. A marca desenvolve processos de produção e atendimento personalizado, atendendo no primeiro ano de funcionamento, mais de 2 mil clientes na unidade de Duque de Caxias (RJ). Depois de cinco anos de funcionamento, a rede expandiu para 40 unidades em operação, localizadas nas regiões Sudeste e Sul do país.

Investimento total: R$460 mil a R$ 860 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 7% do faturamento bruto mensal
Faturamento médio mensal: R$180 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

14Direito de Ouvir

A Direito de Ouvir é uma rede de clínicas de fonoaudiologia especializada em aparelhos auditivos. No atendimento ao cliente, os fonoaudiólogos da clínica auxiliam na seleção de um aparelho auditivo e oferecem o produto para teste.

Investimento total: R$ 187 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 5% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 25 meses

DEIXE UMA RESPOSTA