As franquias de moda são conhecidas por suas lojas atraentes em shopping centers, mas essa não é a única forma de trabalhar nesse segmento. Se você busca por alternativas mais flexíveis e com baixo investimento, as franquias de roupas e acessórios home based podem ser a escolha certa.

Para trabalhar sem ponto comercial nesse ramo é possível investir em modelos com sistemas de venda direta, no qual os produtos são levados para os clientes. É uma boa maneira de reduzir custos operacionais e o valor do investimento inicial. Enquanto abrir uma loja de roupas completa pode custar mais de 300 mil reais, as franquias de roupas e acessórios home based são mais baratas – é possível encontrar modelos por menos de 50 mil reais.

Nesta matéria você aprende mais sobre esse mercado, confere vantagens e riscos de apostar em um modelo home office e ainda conhece algumas opções de franquias de roupas e acessórios home based. Boa leitura!

➥ Busca franquias no setor de moda? Confira nosso guia de franquias de roupas (com valores de investimento)

O segmento de franquias de roupas e acessórios vive um bom momento. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias de moda cresceram 7,8% em faturamento no primeiro trimestre de 2019, em comparação ao mesmo período em 2018. Com isso, as redes do setor movimentaram 4,7 bilhões de reais.

Em um panorama geral, o mercado brasileiro de moda também traz boas perspectivas e a projeção é de crescimento para os próximos anos. Até 2021, o mercado de moda deve crescer 3,1% ao ano. O dado foi apresentado no ano passado pelo Comitê da Cadeia Produtiva da Indústria Têxtil, Confecção e Vestuário da Fiesp (Comtextil).

Os números são animadores para quem quer abrir um negócio na área de moda, seja trabalhando com roupas, calçados ou outros acessórios.

Além do bom desempenho do setor, as franquias ainda trazem outros atrativos para os investidores. Essa é uma oportunidade de aliar-se a uma marca que já é conhecida dos consumidores, com acesso a linhas de produtos exclusivas, com lançamentos constantes e condições de compras diferenciadas para a constituição de estoque.

Os treinamentos das marcas também são um chamariz. Por meio da capacitação do franqueado, disponibilizada pela franqueadora, é possível aprender estratégias de venda e gestão que vão potencializar os resultados do negócio.

Vale a pena abrir uma franquia de roupas e acessórios home based?

Ok, você decidiu que abrir um negócio na área de moda é a uma boa aposta. Mas, será que as franquias de roupas e acessórios home based valem a pena?

As franquias home office estão crescendo no franchising brasileiro. Segundo a ABF, 6,7% das franquias ativas no primeiro trimestre de 2019 eram operações home office. Para se ter uma ideia, em 2018 esse número era de 4,9%.

Ainda que o modelo esteja se popularizando, o home based ainda não é um formato amplamente presente entre as franquias de roupas e acessórios. Nesse segmento, os modelos mais comuns continuam sendo as tradicionais franquias de loja e os quiosques, que permitem atrair os clientes com a exposição dos produtos em vitrines atrativas.

Quem investe em uma franquia de moda home based perde esse ponto comercial com potencial de atração visual de clientes. A prospecção, então, deve ser bastante ativa para manter um bom fluxo de vendas. Assim, a busca por clientes e divulgação do negócio são dois pontos fundamentais para o sucesso de franquias de roupas e acessórios home based – seja com vendas diretas ou por meio de loja virtual.

Por outro lado, esse modelo de negócio é uma boa opção para quem está em busca de franquias baratas. Ao contrário das lojas, que exigem investimento em obras e reformas, compra de mobiliário e amplo estoque, as franquias de roupas e acessórios home based não necessitam de nenhum investimento em estrutura física e podem iniciar a operação com estoques muito mais enxutos.

Além do baixo investimento, o formato home based também oferece aos franqueados uma flexibilidade maior. Nesse universo, é possível encontrar opções de franquias para complementar a renda, dedicando-se à franquia nas horas vagas e mantendo também um emprego formal ou tempo para cuidar da casa e da família, por exemplo.

Assim, cabe ao franqueado criar uma rotina de trabalho que funcione para o negócio. Ainda que seja possível dedicar menos horas diariamente a esse tipo de franquia, é fundamental ter em mente que é preciso muito esforço para ter sucesso na atividade – lembre-se que correr atrás de clientes para efetuar as vendas é uma tarefa crucial do franqueado.

A seguir você confere algumas opções de franquias de roupas e acessórios home based. Os dados de investimento são divulgados pelas empresas ou pela ABF.

1Ylaii

A Ylaii é uma rede de franquias de joias que trabalha com peças maciças e folheadas. As coleções da marca incluem colares, brincos, anéis, pulseiras e outros acessórios. As franquias home based funcionam na modalidade de venda direta.

Investimento inicial: R$ 699 a R$ 122 mil
Taxa de franquia: R$ 699 a R$ 22 mil
Royalties: 3% sobre compras
Faturamento médio: R$ 2 mil a R$ 45 mil
Prazo de retorno: 2 a 15 meses

2Brechó Agora é Meu

A proposta do Brechó Agora é Meu é trabalhar com peças de grandes grifes de moda, tornando-as mais acessíveis para os consumidores em geral. A franquia de roupas e acessórios home based é o modelo Brechó Bag, em que o franqueado conta com uma mala personalizada com o estoque de peças. O valor do investimento inicial já inclui o primeiro estoque.

Investimento inicial: R$ 5,9 mil a R$ 183,7 mil
Taxa de franquia: R$ 1,2 mil a R$ 35 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 5 mil a R$ 51 mil
Prazo de retorno: 2 a 18 meses

3Sapatilha na Sacola

A Sapatilha na Sacola é uma rede de franquias de calçados femininos, que tem as sapatilhas como seu carro chefe. A franquia trabalha com produtos de marca própria que são comercializados em um sistema de venda direta no modelo home based, com os franqueados levando os calçados até os clientes.

Investimento inicial: R$ 9,9 mil a R$ 95 mil
Taxa de franquia: R$ 9,9 mil a R$ 25 mil
Royalties: 4% sobre compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: não informado

4J Joias

A J Joias é uma rede de franquias de joias, semi joias e outros acessórios de luxo – bolsas, óculos, relógios, carteiras, perfumes etc. A franqueadora trabalha com um modelo de negócio home based, com vendas realizadas tanto pessoalmente quanto por meio de loja virtual. São três planos diferentes para os franqueados, que variam de acordo com o mix de produto a ser comercializado.

Investimento inicial: R$ 15 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 5 mil
Prazo de retorno: 12 meses

5TFlow

A TFlow é uma rede de franquias de roupas masculinas que conta com um mix de produtos que inclui camisetas, shorts e bonés. A marca aposta em um estilo jovem e já vestiu grandes nomes da música sertaneja, como a dupla Fernando e Sorocaba. O modelo home based consiste na operação por vendas diretas.

Investimento inicial: a partir de R$ 15 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil
Royalties: 10% sobre a compra
Faturamento médio: R$ 20 mil
Prazo de retorno: 3 meses

6Mapa da Mina

A Mapa da Mina é uma rede de franquias de bijuterias que conta com um mix amplo de colares, brincos, pulseiras, braceletes e anéis. O modelo home based da marca é o express, que consiste na implantação de um torre de produtos Mapa da Mina em um ponto comercial.

Investimento inicial: a partir de R$ 30 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil a R$ 25 mil
Royalties: incluso no produto
Faturamento médio: R$ 10 mil a R$ 60 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA