O mercado de consertos e reparos de celulares e tablets tem mais uma opção para quem quer abrir um negócio na área. Fundada em 2017, a Hashtec inicia sua expansão por franquias com um plano de crescimento agressivo: a empresa pretende chegar a 50 unidades em operação até o final de 2018.

O foco da empresa é oferecer aos clientes um serviço rápido, que leva apenas algumas horas. Entre os principais serviços prestados pelas unidades da marca estão conserto de telas quebradas, touch travado, problemas com bateria e descarregamento de celular e reparo de aparelho que teve contato com água.

A rede opera com preços competitivos, técnicos qualificados e peças de qualidade para o conserto dos aparelhos. Além de atuar como assistência técnica para celulares, smartphones e tablets, a Hashtec atua também com a venda de acessórios.

Para abrir uma franquia da marca o investimento é de 60 mil reais. As unidades podem ser instaladas no formato de loja ou quiosque, contando com uma equipe média de quatro funcionários na operação.

Com faturamento médio de 60 mil reais, a Hashtec promete um retorno atrativo. A lucratividade mensal estimada fica entre 15 mil reais e 20 mil reais, com prazo de retorno do capital investido de nove a dez meses.

A franqueadora oferece treinamento para técnicos e atendentes das unidades franqueadas, além de assessoria contínua nas áreas de gestão e marketing.

Atualmente, a Hashtec conta com duas unidades operação em São Paulo, ambas lojas-modelo: um quiosque no Shopping Metrô Tatuapé e uma loja no centro da capital paulista. O plano de expansão inclui outros estados e cidades, além de São Paulo.

Investimento total: R$ 60 mil
Taxa de franquia: R$ 9,9 mil a R$ 15,9 mil
Royalties: R$ 1 mil a R$ 1,8 mil
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 9 a 10 meses

DEIXE UMA RESPOSTA