Ocupando boa posição no ranking de maiores franquias do Brasil, o Kumon está presente em 50 países e conta com mais de quatro milhões de alunos matriculados. Até o final de 2018, a rede pretende ter inaugurado 130 novas unidades franqueadas pelo Brasil. Já para 2020, a meta da marca é contar com 1.650 franquias em todas as regiões do país.

Para concretizar o plano de expansão, a rede desenvolveu diversas análises de viabilidade e mercado e deve continuar a crescer na região Sudeste. Somente o estado de São Paulo possui 633 franquias Kumon. O plano de expansão é agressivo para as cidades do interior paulista, como Tupã, Penápolis e Regente Feijó. As cidades de Marília (SP) e Ourinhos (SP) foram as selecionadas para receberem, até o final do ano, duas novas unidades do Kumon.

As localidades são pontos importante para o crescimento da rede, potencializando também o desenvolvimento das regiões, maior geração de emprego, e auxílio no progresso humano.

Por meio de comunicado da assessoria, a gerente de expansão da rede, Elaine da Silva, afirma que a rede já possui nome consolidado no Brasil e, por isso, o foco do Kumon é expandir.

“Nosso objetivo é aumentar o índice de penetração de mercado nessas cidades, levando o método de estudo do Kumon, criado no Japão em 1958 pelo professor Toru Kumon, para o maior número de estudantes”, comenta Elaine.

O bom desempenho das franquias brasileiras também proporciona um gás para quem deseja começar a investir em uma franquia de educação. O gerente de expansão do Kumon, Thiago Alves, comenta que a rede tem enorme cuidado em investir em atualização de conhecimento dos professores e dos alunos.

“Exigimos (do franqueado) formação superior, não necessariamente da área de educação. É importante possuir interesse em trabalhar com crianças e disponibilidade em horário integral, pois o franqueado é o operador da franquia. O Kumon sempre espera e deseja, em primeiro lugar, que os orientadores aprimorem seus conhecimentos, porque, se houver elevado resultado nos estudos, a unidade se desenvolve”, aponta Thiago.

As unidades franqueadas Kumon trabalham com material autoinstrutivo e orientação individualizada. São ensinadas as disciplinas de matemática, português, inglês e japonês. Além disso, com os exercícios como os de raciocínio lógico e interpretação, o método estimula habilidades como a independência e a responsabilidade, além de ajudar na concentração. O curso oferece conteúdos que vão da pré-escola até o ensino superior, para alunos de todas as idades.

Investimento inicial: R$ 35 mil a R$ 65 mil
Taxa de franquia: varia de acordo com a região
Royalties: 45% sobre o preço da mensalidade
Faturamento médio: R$ 27 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA