Considerada uma das maiores redes de franquias do nicho de alimentação saudável, o Mundo Verde anuncia a compra da Aloha, marca especializada em óleos essenciais e cosméticos naturais.

Agora, além das opções de alimentos naturais, o Mundo Verde aposta na venda de todos os produtos da Aloha nas 400 unidades Mundo Verde em operação no país, além da venda via e-commerce.

A Aloha foi fundada em 2017 pelo empresário Carlos Wizard Martins, em parceria com as filhas Priscila e Thais Martins. Desde o início das operações, a marca registrava sucesso de atuação no mercado, se tornando referência nacional quando o assunto é a venda de óleos essenciais e cosméticos naturais. Os 10 mil representantes da marca faziam a venda porta a porta dos produtos Aloha, em todo o território nacional.

O CEO do Mundo Verde, o empresário Charles Martins, afirma que a compra da Aloha faz parte das estratégias de crescimento da marca no nicho de alimentação saudável, agora com foco em demais produtos naturais, como os cosméticos.

A proposta é ampliação dos portfólios das marcas e crescimento dos canais de distribuição. “O crescimento via aquisições é uma das estratégias que definimos para o Mundo Verde. Por serem dois negócios da carteira de investimentos do grupo Sforza, e que atuam sob o mesmo conceito de saudabilidade, acreditamos que a união das duas operações faz total sentido. Além disso, trará mais benefícios ao cliente Mundo Verde, que passará a contar também, em nossas lojas e e-commerce, com os óleos essenciais e cosméticos de ponta da Aloha”, explica Martins, em nota divulgada à imprensa.

Diante do sucesso dos produtos da marca, a Aloha foi 100% adquirida pelo Mundo Verde e, a partir da junção de ambas redes, a expectativa é de crescimento, como explica Carlos Wizard.

“A força de distribuição do Mundo Verde complementará o excelente trabalho que vem sendo feito pelos consultores Aloha e fará com que os produtos da marca cheguem a um número ainda maior de consumidores. Acreditamos que esse movimento tem o potencial de fazer a Aloha crescer dez vezes nos próximos cinco anos, atingindo um faturamento de 200 milhões de reais”, finaliza Wizard, também em nota para a imprensa.

Investimento inicial: 350 mil
Taxa de franquia: 65 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: 120 mil
Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA