Como vender no Mercado Livre

0
3614
como vender no mercado livre
como vender no mercado livre

É possível ganhar dinheiro vendendo produtos pela internet? Essa é a pergunta que muita gente faz antes decidir investir em vendas online. Para anunciar um produto, as possibilidades são variadas: criar uma loja virtual, vender através de um perfil no Instagram ou no Facebook, criar uma loja em sites colaborativos voltados para e-commerce ou, ainda, vender no Mercado Livre.

O Mercado Livre é uma plataforma criada com o propósito de auxiliar quem quer ganhar dinheiro vendendo produtos online, fazendo a ponte entre compradores no território nacional e até em países do exterior. O Mercado Livre está no ar desde 1999 e, hoje, é considerado o maior espaço de vendas online da América Latina.

Com início na Argentina, o Mercado Livre se espalhou pelo continente sul americano, permitindo que cada país criasse a sua própria plataforma oficial. Atualmente, o site conta com mais de 4 mil funcionários e está presente em 19 países.

Como um dos maiores marketplaces do mundo, a plataforma também busca ser um diferencial no universo das compras online. Através do Mercado Pago e dos certificados de segurança da plataforma, o Mercado Livre pretende garantir segurança nas compras, importante para quem tem receio se os produtos anunciados são verdadeiros ou se a compra será segura.

Em 2018, foram realizadas mais de 6 mil buscas e nove vendas por segundo no Mercado Livre, números que demonstram que o site é uma forma simples e eficaz de conectar vendedores e compradores.

Com a popularização da plataforma, vem a pergunta: como vender no Mercado Livre? A seguir, trazemos algumas dicas para te ajudar a entender como funcionam as vendas na plataforma.

Como vender no Mercado Livre

Para começar a vender no Mercado Livre, é preciso criar uma conta no site ou no aplicativo, disponível para Android e iOS.

No cadastro, serão solicitadas algumas informações para configurar a conta e, ao concluir, o usuário já estará apto para anunciar. Para criar uma conta, o Mercado Livre não realiza nenhuma cobrança.

Ao cadastrar o primeiro anúncio, a plataforma solicita informações de descrição do produto, como título, preço, foto, formas de pagamento, detalhes sobre estoque e descrição do produto.

Crie um anúncio atrativo

condicoes de pagamento mercado livre

A criação dos anúncios é uma das partes mais importantes para ter sucesso ao vender no Mercado Livre.

A seguir, você confere algumas dicas práticas para criar um bom anúncio na plataforma, independente do tipo de produto que vai vender.

Título do anúncio

O título do anúncio deve ser claro e chamar atenção do comprador.

Fazendo uma rápida busca nos sites de pesquisa é possível encontrar o que os usuários estão buscando como palavra-chave. Essa pesquisa é importante para entender o que é mais procurado pelos compradores, pensando em um título atrativo e que tenha destaque na internet.

Imagens

A imagem é uma das principais informações que ajudam na conquista de um comprador. Por isso, é importante que as imagens de divulgação do produto sejam de boa qualidade e com bom enquadramento. É indicado criar uma galeria com várias fotos em um mesmo anúncio, possibilitando que o usuário compreenda as dimensões do produto, com altura e largura.

As fotos também devem evidenciar o material no qual o produto é feito, além de todas as extremidades. Fazer algumas fotos de detalhe, mostrando alguma característica que valorize o produto também é interessante, como a marca.

Se for um produto usado, é importante que o comprador consiga visualizar se existe algum defeito no produto, mesmo que pequeno, como um arranhão ou um amassado. A honestidade com o cliente é importante para manter uma boa reputação.

Preço e condições de pagamento dos produtos

Quem tem como objetivo realizar compras online costuma buscar por preços mais justos e, por isso, o preço do produto deve condizer com o que está à venda. Para isso, também é indicado realizar uma pesquisa na internet para comparar preços e condições de pagamento.

O cliente deve saber como é a forma de pagamento: se existe forma de pagamento à vista, parcelado no cartão de crédito, pagamento em boleto, por plataformas de transações, pagamento via débito ou transferência para conta corrente.

Todas as informações sobre as etapas da compra também devem estar claras. O cliente deve saber como será a entrega do produto, qual o prazo médio para recebê-lo, além de informações de garantia e possibilidades de troca ou devolução.

Todas as vendas realizadas no Mercado Livre são processadas através do Mercado Pago – plataforma que garante a segurança e praticidade nas compras online.

Estoque

As informações sobre estoque devem deixar claro ao comprador se existem mais produtos disponíveis para compra.

Esta informação também é essencial para comunicar ao comprador se a compra poderá ser efetivada ou se haverá atrasos na entrega.

Portanto, é importante que o vendedor faça uma boa gestão de estoque, mantendo as informações sempre atualizadas no anúncio no Mercado Livre. Isso evita, por exemplo, que venda-se mais produtos do que a quantidade disponível em estoque, que o consumidor receba um produto errado ou que o vendedor acabe ficando com itens “encalhados” no estoque.

Descrições do produto

A descrição do produto é o tipo de informação que auxilia o comprador a escolher entre um produto ou outro. É importante que o texto seja claro e explicativo, e informe as características técnicas e funcionalidades do produto.

Aqui, devem conter informações sobre medidas e peso, modelo, marca, material e preço. Se for um produto que precisa ser montado na casa do cliente, essas informações também devem estar explícitas e acompanhadas de instruções.

Invista na comunicação para vender

O Mercado Livre também possibilita comunicação com os compradores, em uma caixa de perguntas logo no final dos anúncios. Por isso, responder de forma rápida às dúvidas dos usuários é importante para manter uma boa reputação, além de ajudar a vender mais no Mercado Livre.

Quem já está decidido a comprar através da plataforma, irá escolher o produto do anunciante que teve agilidade no atendimento online.

As respostas devem ser claras e completas, dadas de forma educada. A comunicação no e-commerce é como um cartão de visitas para vender no Mercado Livre.

Como vender mais no Mercado Livre?

vender mais mercado livre

Uma das principais vantagens de anunciar na plataforma, é a facilidade para vender no Mercado Livre. Mesmo quem é iniciante no ramo do varejo, encontra uma plataforma intuitiva, de fácil uso, que possibilita o cadastro de produtos distintos.

Por isso, com o anúncio completo, é importante adotar algumas estratégias de publicidade que vão ajudar a vender mais no Mercado Livre, potencializando a conexão entre compradores e o produto. Dentro do próprio site, existe a opção do Mercado Livre Publicidade, que oferece soluções de mídia dentro da própria plataforma.

A publicidade da própria plataforma busca proporcionar maior destaque nas buscas. A campanha é personalizável de acordo com o produto anunciado e os objetivos do vendedor. O Mercado Livre Publicidade está na seção “Campanhas de Publicidade”.

Além disso, o que pode ajudar a vender mais no Mercado Livre é apostar em estratégias de divulgação fora da plataforma, atraindo compradores para os produtos que estão anunciados na página do vendedor. Neste quesito, as redes sociais são uma ferramenta que ajudam muito: crie uma página de divulgação no Facebook e/ou no Instagram, e poste fotos dos produtos vendidos no Mercado Livre.

Na descrição das imagens e nas informações das páginas devem estar explícitas as informações de que as vendas são realizadas pelo Mercado Livre. Disponibilize também os links dos anúncios dentro da plataforma e também a página do vendedor no Mercado Livre para possibilitar que os interessados naveguem pelas opções dos produtos.

Outra maneira é investir em anúncios online dentro das redes sociais e do Google, em campanhas do Facebook Ads e do Google Ads.

Quanto custa para anunciar e vender no Mercado Livre

vender mercado livre

Para vender no Mercado Livre, existem opções de planos gratuitos, clássico e premium. Além disso, de acordo com as configurações de exposição que o anunciante escolher para os produtos, e dos tipos de venda realizadas, o Mercado Livre poderá emitir uma tarifa de venda. Dependendo das configurações e/ou do produto, é até possível vender um produto sem custo nenhum.

A plataforma exige que, quem deseja vender no Mercado Livre, deve anunciar um produto com valor mínimo de R$ 6. Caso o valor seja inferior ao estipulado, o aconselhável é vender um pacote de produtos em um único anúncio.

Na forma de anúncio gratuito, a exposição do produto é baixa e tem duração de 60 dias. Esta opção não permite parcelamento, mas oferece Mercado Pago, sem cobrança de tarifa por anúncio.

É importante saber que algumas informações precisam ser levadas em conta na hora de vender no Mercado Livre no modo gratuito:

  • Para produtos usados, o anúncio poderá estar no modo gratuito até alcançar 20 vendas no último ano;
  • Para produtos novos, o anúncio grátis é reservado para até cinco vendas no último ano;
  • Seja para anúncios de produtos novos ou usados, é possível ter até 10 anúncios ao mesmo tempo, que devem ter estoque de, pelo menos, uma unidade;
  • Para quem é MercadoLíder ou usuário profissional do Mercado Pago, é permitido anunciar nos modos Clássico ou Premium.

Na opção de anúncio clássico, a exposição do produto à venda é alta e com duração ilimitada. Os usuários não encontram possibilidade de parcelamento sem acréscimo. A opção oferece Mercado Pago e não há cobrança de tarifa de anúncio.

A plataforma cobra uma porcentagem de 11% por venda em produtos de R$ 120 ou mais. Já em produtos vendidos por menos de R$ 120, a porcentagem é de 11% por venda, com acréscimo de R$ 5 por unidade vendida.

O pacote premium garante exposição máxima do anúncio e ilimitada, o que possibilita formas de vender mais no Mercado Livre. Os compradores encontram opções de parcelamento sem acréscimo e todas as vendas são feitas pelo Mercado Pago.

O Mercado Livre cobra uma tarifa de 16% por venda para anúncios de produtos de R$ 120 ou mais. Já para produtos vendidos por menos de R$ 120, a tarifa de 16% é acrescentada de R$ 5 por unidade.

Quer vender pela internet por meio de uma franquia? Clique aqui e confira opções de franquias de loja virtual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui