7 franquias brasileiras para abrir nos EUA

0
10541
franquias abrir eua
franquias abrir eua

Pioneiro no franchising, o mercado norte-americano oferece muitas possibilidades para quem quer investir em uma franquia no país.

De acordo com um estudo da consultoria Statista, nos Estados Unidos as franquias geraram uma receita de mais de US$ 787,5 bilhões em 2019 e empregaram cerca de 8,3 milhões de profissionais.

Para os brasileiros, as oportunidades podem ser ainda mais atraentes, já que, além de empreender com um tipo de negócio testado, a abertura de uma franquia nos EUA pode ser um caminho para migrar para o país.

Neste cenário, existem várias redes de franquias brasileiras que podem ser ótimas apostas nos EUA, seja porque já são bem-sucedidas no exterior ou porque estão em acelerado processo de internacionalização no país e buscam novos investidores.

A seguir, selecionamos 7 marcas brasileiras que vale a pena conhecer se você pensa em abrir uma franquia nos Estados Unidos.

1

Acquazero

Franquia Premium
Acquazero

A Acquazero é a maior rede de limpeza ecológica do Brasil. Especializada em limpeza e estética automotiva, o principal serviço é a limpeza de veículos com método sustentável que utiliza apenas 300 ml de água e produtos biodegradáveis. A rede presta ainda outros serviços de limpeza e estética que podem ser realizados em carros, motos, embarcações, aeronaves e residências. As franquias podem ser home office (com atendimento delivery) ou instaladas em pontos físicos.

Investimento: R$ 26.000 até R$ 110.000
Faturamento: R$ 12.000 a R$ 30.000
Prazo de Retorno: 3 até 24 meses
2

Mr Fit

Mr Fit

Fundado em 2013, o Mr. Fit surgiu no mercado com foco em alimentação saudável com preço justo. A marca iniciou a expansão por franchising em 2014 e, atualmente, conta com mais de 100 unidades espalhadas pelo país. As unidades oferecem aos clientes opções de açaí, sucos, grelhados, burguers, saladas, omeletes, tapiocas e sobremesas.

Investimento: R$ 4.520 até R$ 121.000
Faturamento: R$ 4.000 a R$ 130.000
Prazo de Retorno: 4 até 36 meses
3

Sodiê Doces

Sodiê Doces

A Sodiê Doces tem mais de 100 variedades de sabores de bolos elaborados à base de pão de ló, matéria-prima de primeiríssima qualidade e frutas frescas.  A rede também ampliou seu portfólio de sabores com itens como balas de coco e uma linha de salgados, fritos e assados, com mais de 80 sabores.

Investimento: R$ 90.000 até R$ 460.000
Faturamento: R$ 90.000
Prazo de Retorno: 24 até 36 meses
4

Havaianas

Havaianas

A Havaianas conta com diversos tamanhos de franquias e variadas faixas de investimento elaborados para atender mais de um perfil de empreendedor. A média de lucro é de cerca de 10% sobre o valor bruto mensal arrecadado pelo investidor.

Investimento: R$ 120.000 até R$ 250.000
Faturamento: R$ 60.000 a R$ 80.000
Prazo de Retorno: 12 até 36 meses
5

Instituto Embelleze

Instituto Embelleze

O Instituto Embelleze é uma das maiores redes de franquias com foco em cursos profissionalizantes de beleza no país. São mais de 300 unidades franqueadas instaladas em diferentes regiões do Brasil, com modalidades diferentes de acordo com o porte da localidade em que a franquia será instalada.

Investimento: R$ 85.105 até R$ 235.462
Faturamento: R$ 70.000
Prazo de Retorno: 18 até 24 meses
6

SuperGeeks

SuperGeeks

A SuperGeeks é uma rede de escolas de programação e robótica para crianças. Os cursos trabalham conhecimentos como desenvolvimento de games, realidade virtual e aumentada, inteligência artificial etc. A rede trabalha com modelos de franquia que vão desde escolas tradicionais até unidades instaladas dentro de outras escolas e franquias home based com foco em cursos online.

Investimento: R$ 9.000 até R$ 200.000
Faturamento: R$ 20.000
Prazo de Retorno: 12 até 36 meses
7

Emagrecentro

Emagrecentro

Rede de clínicas especializada em emagrecimento e estética no Brasil e nos EUA, a Emagrecentro é uma franquia que procura proporcionar aos seus pacientes “mais saúde e melhora na autoestima”. A marca oferece tratamentos a preço populares para emagrecimento rápido, queima de gordura localizada, celulite e flacidez, além de serviços como luz pulsada, secagem de microvasinhos e limpeza de pele.

Investimento: R$ 115.000
Faturamento: R$75.000
Prazo de Retorno: 6 até 12 meses

Mas nem todos os negócios que se aventuram nos EUA são bem-sucedidos. Neste vídeo do Raphael Mattos, maior youtuber de franquias do Brasil, você confere algumas redes que tiveram prejuízo no país e entende por que elas não fizeram sucesso em solo norte-americano:

Franquias brasileiras nos EUA: o que você precisa saber

Abrir uma franquia é um passo importante e que depende de uma análise criteriosa por parte do investidor.

Para começar, é importante saber qual é o seu perfil de empresário e entender se as suas expectativas para o negócio se encaixam com os padrões do franchising. Também é fundamental levantar quais são os setores e modelos de negócio mais atraentes e analisar as particularidades das redes que estão inseridos nestes segmentos.

Mas para iniciar um negócio em um novo país, o candidato a franqueado precisa ir além. Veja alguns pontos que precisam ser levados em consideração antes de abrir uma franquia nos EUA.

Conhecimento da legislação

Daniel Toledo advogado especializado em direito Internacional da Toledo e Advogados Associados, explica: “além de conhecer bem a franqueadora e o modelo do negócio, é fundamental entender as particularidades do mercado norte-americano”.

Entre essas particularidades está a legislação que rege a abertura e operação de empresas, e que costuma ser diferente para cada estado.

Para alinhar questões como essa e garantir que o franqueado tome uma decisão mais assertiva, o mais indicado é buscar apoio de um consultor que está familiarizado com as leis dos EUA e pode oferecer aconselhamento sobre os aspectos legais e administrativos e.

Vistos e permissões de trabalho

É preciso também estar entender qual será o tipo de visto usado pelo franqueado para administrar a franquia nos EUA.

Existem diferentes tipos de vistos que autorizam o trabalho de estrangeiros nos Estados Unidos, mas, para escolher correto, é necessário fazer uma análise do tipo de trabalho que será desempenhado, quanto tempo o franqueado precisará permanecer no país e qual a forma como fará o investimento.

Cultura e economia local

Além de entender o franchising americano buscando instituições que regular o setor, como a IFA, Toledo ainda destaca a importância de ter acesso à dados regionais e conhecer a cultura local – dois aspectos que variam muito de acordo com a cidade e até o bairro em que a franquia será aberta.

Ele explica que há espaço para diferentes setores e tipos de empresas, desde que o franqueado consiga entender que o mercado brasileiro é diferente dos Estados Unidos.

“O que o franqueado precisa analisar é se a franquia na qual ele quer investir atua com um formato que tem aderência no país. Por exemplo, no Brasil adoramos açaí, mas o produto não costuma fazer sucesso nos Estados Unidos. Esse é um padrão cultural. Da mesma forma, os brasileiros não vão se acostumar a comer ovos e bacon no café da manhã”, exemplifica.

Apoio e treinamento da franqueadora

Mesmo investindo no exterior, também se espera que a franqueadora tenha estrutura para prestar um treinamento e suporte adequados para o novo franqueado.

Pensando nisso, vale a pena conferir se a marca tem um plano de apoio para unidades internacionais e conta com ferramentas e consultores que estejam focados nas particularidades que o um empreendedor internacional pode ter em seu negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui