LifeCirco retoma expansão e quer abrir 7 franquias em 2023

0
489
lifecirco retoma expansao e quer abrir 7 franquias em 2023
lifecirco retoma expansao e quer abrir 7 franquias em 2023

Com um investimento inicial de R$ 90 mil em seu modelo de negócio, a rede de escolas de circo LifeCirco pretende abrir novas operações na capital de São Paulo, ou em outras cidades que tenham mais que 300 mil habitantes.

A franqueadora, que reúne diversas atividades artísticas em suas unidades, estava com seu processo de crescimento por franquias pausado, mas retomou a expansão e pretende encerrar 2023 com sete unidades em operação — atualmente, existem quatro em funcionamento.

Para isso, busca investidores que gostem de trabalhar com crianças, receber a família dentro da empresa, que tenham familiaridade com atividades físicas, arte, dança entre outras expressões artísticas.

“Desenvolvemos uma metodologia muito própria para unir os dois mundos, artes e atividades físicas. A Dedma tem histórico em ginástica olímpica e eu já vinha de uma família empreendedora na cidade”, comenta Henrique Testa, um dos fundadores da companhia.

As unidades da rede oferecem desde atividades em tecido acrobático até as famosas acrobacias em trapézio. Todas as opções são pensadas para que os alunos ganhem força, agilidade e flexibilidade, mas fugindo das tradicionais atividades que eles encontram no mercado, como musculação e artes marciais.

É importante dizer que as franquias da LifeCirco conseguem atender uma ampla demanda do mercado, pois têm aulas que podem ser realizadas por crianças a partir de 02 anos e até idosos na casa dos 67 anos.

Para investir, o empreendedor deve ter um aporte inicial de R$ 90 mil e o faturamento mensal estimado pela rede é de R$ 18 mil.

LifeCirco

LifeCirco
Investimento: R$ 90.000 até R$ 200.000
Faturamento: R$ 18.000
Prazo de Retorno: 24 até 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui