Com especialidade na venda de capinhas e acessórios para celulares, O Rei das Capinhas anuncia expansão por meio de franchising. Com diferentes modalidades de negócio, a rede tem franquias com investimento a partir de 8,9 mil reais.

A primeira loja O Rei das Capinhas foi fundada em 2013, na cidade de Jandira, em São Paulo. Criada pelo empreendedor Ednaldo Santos Conceição, a marca fez sucesso e inaugurou uma segunda unidade em 2014.

Atualmente, a marca aposta em cinco modalidades de negócios para expandir, incluindo modelos de franquias baratas.

A franquia com menor investimento é a Home Executivo, modelo de operação home based com investimento de 8,9 mil reais. A rede também oferece o modelo Corner (para espaços de dois a quatro metros quadrados), com investimento de 18,5 mil reais; quiosques, por 64 mil reais; lojas de rua, por 69,9 mil reais; e lojas de shopping, com investimento de 94,5 mil reais.

De vendedor ambulante a franqueador

O sucesso do Rei das Capinhas é resultado de uma longa trajetória de seu fundador, Ednaldo Santos Conceição. A carreira do hoje empresário de franchising começou em 2010, quando Ednaldo trabalhava como vendedor ambulante.

Com um capital de apenas 300 reais, Ednaldo montou seu primeiro estoque de bolsas femininas e começou a operar como vendedor ambulante. Logo, ele e sua atual esposa, Alessandra, que o ajudava nas vendas, perceberam que a procura por capinhas para celulares, películas, suportes e outros acessórios era alta. Assim, os dois passaram a trabalhar com esse tipo de produto.

Ednaldo conseguiu autorização da prefeitura para trabalhar com vendas porta a porta e, posteriormente, se instalou em frente a uma famosa loja de calçados da cidade. A atividade não foi simples e Ednaldo e Alessandra enfrentaram muita hostilidade até conseguirem abrir as portas da primeira loja, em 2013.

“Focar nos aspectos negativos não nos tiraria daquela situação, então me concentrei todas as minhas energias em tudo o que gostaria de conquistar, transformando através do pensamento positivo, as dificuldades em oportunidades”, comenta Ednaldo, em nota divulgada à imprensa.

O Rei das Capinhas teve seu modelo de franquia formatado com a ajuda de Lucas Atanázio Vetorasso, estrategista e CEO do Grupo ATNZO, holding responsável pela inserção de mais de 50 marcas no franchising.

Investimento total: R$ 8,9 mil a R$ 94,5 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil a R$ 32 mil
Royalties: 1/2 a 1,5 salário mínimo
Faturamento médio: R$ 8 mil a R$ 48 mil
Prazo de retorno: 3 a 16 meses

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA