O planejamento de marketing digital é essencial para o desenvolvimento de qualquer negócio que se predisponha a se estabelecer nos meios online, e para o de uma franquia, não é diferente, até mesmo porque ele é necessário para se obter um possível financiamento. Neste artigo, me proponho a apresentar meios para que você torne um plano de marketing digital algo real em sua empresa antes de seu lançamento.

Fazer o correto planejamento de marketing digital em uma franqueadora será a chave para a expansão futura do negócio porque sabemos o quão importante é estabelecer um padrão de qualidade entre as unidades franqueadas (e todas estas diretrizes estão no plano de marketing digital).

➥ Quer ter uma franquia de sucesso? Confira nosso manual e saiba como acelerar a expansão da sua franquia

Antes de mais nada, deve haver uma folha de rosto com o nome, os contatos da empresa, a descrição do negócio, incluindo o produto e/ou serviço fornecidos e o tamanho do mercado.

O primeiro ponto é definir a missão e a visão da empresa. Ao escrever a visão, você deve se perguntar: “onde eu quero que minha empresa esteja no período de cinco anos?”. Isto tudo vai ao encontro da definição de metas: “qual o objetivo de minha franquia?” Haverá, pois, um direcionamento de suas ações.

Após isso, sugiro que você defina sua persona (ou público-alvo). Cuidado para não achar que o seu público final é o cliente final. Não, seu público-alvo são os franqueados. Seja o mais específico possível neste item sabendo que pode segmentar em nível geográfico (país, estado, cidade etc), demográfico (idade, renda, escolaridade etc), psicográfico (status social, atividades diárias, hábitos alimentares) e comportamental (benefícios considerados, taxas de uso, taxas de lealdade etc).

É relevante que o plano de marketing digital tenha programas de apoio aos franqueados, ou seja, materiais e treinamentos que os ajudarão a serem bem sucedidos em seus negócios.

Identifique as oportunidades e ameaças da franquia (geralmente são fatores externos de mercado que têm uma influência futura no negócio) e as forças e fraquezas (que são características internas da empresa).

Como e onde você pretende divulgar seu serviço e/ou produto? Todas essas informações devem estar precisamente registradas no plano de marketing digital.

Na parte da viabilidade financeira, defina qual será a porcentagem dos royalties e o orçamento de publicidade, não se limitando a isso. Para se conseguir financiamentos, demonstrativos de fluxo de caixa e balanços patrimoniais são necessários para mostrar as projeções de desempenho futuro.

Na parte das estratégias, deixe muito bem definido qual será a estrutura de distribuição para apoiar o sistema de franquia.

Ao final, você como franqueador, tem que estabelecer como controlar todas as ações para avaliar e acompanhar o crescimento da franquia e para serem feitos os ajustes necessários. Controlar não é apenas observar como está a concorrência, mas também analisar uma série de fatores macro e microambientais.

Agora é hora de colocarmos em prática esse planejamento na lógica do marketing digital. Mas esse é assunto para outro artigo. Até breve!

DEIXE UMA RESPOSTA