O segmento de beleza e bem estar vem demonstrando bom desempenho e crescimento constante no mercado. Esse bom desempenho também reflete na expansão de franquias na área da educação da beleza – é o caso da EFAC, que prevê crescimento de 40% até o final de 2017.

De acordo com a Pesquisa de Desempenho no segundo trimestre de 2017, o segmento de beleza e bem estar foi o terceiro que mais obteve bom desempenho, com aumento na receita trimestral de 9,4%. No terceiro trimestre, o setor atingiu um crescimento de 7,8%.

Com modelos de franquia que oferecem cursos profissionais na área de beleza, a EFAC (Formação Profissional da Beleza) foi criada em 2004 e já capacitou mais de 20 mil alunos. A rede oferece cursos básicos no segmento beleza, como de cabeleireiro, depilação, massoterapia, especialização em maquiagem para noivas, unhas artísticas e aromaterapia.

A presidente da EFAC, Marta Rocha, avalia os resultados positivos do segmento de beleza demonstrados pela ABF e espera que a rede feche o ano com boa porcentagem de crescimento.

“A instabilidade econômica e a falta de oportunidades no setor privado têm levado as pessoas a serem empreendedoras, buscando conhecimento na área da beleza para abrir seu próprio negócio”, avalia Marta.

Atualmente, a EFAC possui setes unidades no estado de São Paulo, nas cidades de Lencóis Paulista, Avaré, Bauru, Botucatu, Jaú, Marília e Sorocaba.

O investimento inicial para abrir uma franquia da marca é a partir de 119 mil reais, com lucro médio entre 25% a 40%. O faturamento médio mensal é de 89 mil reais.

Investimento inicial: a partir de R$ 119,3 mil
Taxa de franquia: a partir R$29,9 mil
Royalties: 10%
Faturamento médio: R$ 89 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

DEIXE UMA RESPOSTA