Investir em moda é um bom negócio. Fato. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de vestuário foi responsável por 7,4% do faturamento total do mercado de franquias em 2015.

E para quem deseja entrar nesse segmento, uma boa alternativa pode ser as marcas de roupa infantil. Para Shana Wajntraub, diretora executiva da Eleve Consulting, a mudança de comportamento nas famílias modernas acelerou o consumo das crianças com itens de moda. E, de fato, isso é refletido na variedade de opções de marcas no mercado.

➥ Busca franquias no setor de moda? Confira nosso guia de franquias de roupas (com valores de investimento)

Na hora de escolher em qual franquia investir, a consultora destaca a importância da oferta de suporte e apoio permanentes sobre a gestão do negócio por parte da franqueadora. “A visibilidade e solidez da marca contribuem para a competitividade do negócio”, assinala.

Embora o setor de vestuário exija um investimento maior que o de outros segmentos, ainda é possível encontrar franquias baratas. Fique de olho nas taxas, capital de giro e condições de estoque, e não deixe de conferir a expectativa de retorno.

“Antes de fechar o contrato é importante simular os resultados e verificar se eles atendem à expectativa do franqueado. Precisa planejar, pois o retorno do investimento pode ocorrer em médio prazo”, pontua Shana.

A seguir, você confere algumas opções de franquias baratas de roupa infantil, com investimento inicial de até 350 mil reais. Os dados são da ABF ou das empresas.

1Milon

Parte do Grupo Kyly, a Milon é uma marca presente em todo o Brasil, atendendo desde de recém-nascidos ao tamanho 14, com linhas de roupas infantis femininas e masculinas, além de linha batizado, linha festa, moda praia, acessórios, calçados e essenciais. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: a partir de R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 25% das compras
Faturamento médio mensal: variável
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

2Litoraneus UV

Com linhas de produtos para meninos, meninas e bebês, a Litoraneus UV oferece opções de roupas e acessórios com proteção solar. A marca também trabalha com vestuário para adultos, oferecendo modelos de negócio de loja e quiosque. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 50 mil a R$ 70 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil
Royalties: 6% das compras
Faturamento mensal: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 12 meses

3Lilibee

A Lilibee oferece aos clientes um amplo mix de produtos para montagem completa de quartos de bebê e infantil – desde móveis até enxoval e itens de decoração. A marca também trabalha com opções de roupas e produtos para maternidade e gestantes. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: a partir de R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 5,5%
Faturamento mensal: R$ 130 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

4Arena Baby

A Arena Baby tem em seu mix de produtos peças de vestuário e acessórios para bebês e crianças. As lojas operam em sistema ganha-ganha, no qual os clientes vendem produtos que os filhos já não usam mais e recebem em dinheiro ou em crédito para usar na loja.

Investimento total: R$ 159 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 7%
Faturamento mensal: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 24 meses

5Joana João

A Joana João trabalha com roupas infantis para bebês, meninos e meninas, incluindo peças de moda praia e para festas e ocasiões especiais. A marca está no mercado de franquias desde 1992.

Investimento total: R$ 170 mil a R$ 210 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 14% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 55 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

6Lápis de Cor

A Lápis de Cor comercializa peças de vestuário para crianças com idade entre zero e 12 anos. Como franquia, a marca está presente em 10 estados brasileiros e atua também com vendas em lojas multimarcas.

Investimento total: R$ 200 mil a R$ 237 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 37 mil
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 55 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

7Tyrol

A Tyrol atua como franquia desde 1996 e é especializada na venda de roupas para crianças e adolescentes com idade de zero a 16 anos. Segundo a franqueadora, o local ideal para a instalação da unidade são shoppings centers, com exceções a serem aprovadas pela empresa.

Investimento total: R$ 270 mil a R$ 410 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 6% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

8Marisol

A franquia Marisol teve início em 2013, mas a franqueadora é a mesma responsável pela marca Lilica e Tigor, com mais de uma década de experiência no mercado. A Marisol trabalha com peças para a faixa etária de zero a 12 anos.

Investimento total: R$ 270 mil a R$ 415 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 3% das compras
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

9Vim Vi Venci

A Vim Vi Venci oferece produtos –roupas e acessórios – para bebês, crianças e adolescentes. A franquia funciona como loja multimarcas e conta com mais de 50 fornecedores em todo o país.

Investimento total: R$ 296,5 mil a R$ 335,4 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 75 mil
Prazo de retorno: 33 a 36 meses

10Bebê Básico

A Bebê Básico tem como foco o comércio de peças de roupa básicas para crianças de zero a seis anos de idade. Além de vestuário, as lojas oferecem roupas de banho, calçados, brinquedos e objetos de decoração.

Investimento total: R$ 300 mil a R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 20% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

111+1

A 1+1 trabalha com um amplo mix de produtos voltados ao público infantil, incluindo roupas, calçados, acessórios e artigos de perfumaria. Além das franquias, presentes em vários estados do Brasil, a 1+1 está presente em lojas multimarcas.

Investimento total: R$ 300 mil a R$ 400 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 20% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 77 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

7 COMENTÁRIOS

  1. Oi Karina,
    Muito legal conhecer outras opções de franquias baratas para se investir. Uma parte do seu texto que eu gosto bastante é quando você ressalta a importância do suporte ao franqueado. Escrevemos um artigo sobre isso na Contentoria e falamos muito sobre esse ponto. Temos visto o surgimento de muitas franquias que se intitulam de baixo custo, mas que acabam escondendo escondendo surpresas negativas do comprador. Acho importantíssimo destacar a necessidade de se observar outros pontos que vão além do custo financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA