Quem sonha em abrir uma loja de roupas pode encontrar a solução ideal nas franquias de roupas femininas. Com novidades constantes e marcas consolidadas, que já ganharam o coração das consumidoras, as redes que atuam nesse setor oferecem aos investidores modelos bem estruturados de negócio.

Se você quer investir em franquias de roupas femininas, esta matéria pode te ajudar! A seguir você aprende mais sobre esse mercado e confere opções de franquias que atuam no segmento. Boa leitura!

➥ Busca franquias no setor de moda? Confira nosso guia de franquias de roupas (com valores de investimento)

Em meio à crise econômica, o mercado de varejo de moda brasileiro foi impactado. De acordo com números apurados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o varejo fechou o ano de 2016 com uma queda de 6,2% em desempenho. Em 2017, o setor começou uma recuperação, apresentando um crescimento de 2,1%. O saldo de 2018 também foi positivo, com alta de 2,3%.

O segmento de franquias de moda também cresceu em 2018. Com alta de 4,9% na receita em relação a 2017, o setor fechou o ano passado com faturamento de 22,9 bilhões de reais. As redes de roupas, calçados e acessórios também comemoraram a abertura de mais lojas: em 2018, o saldo de número de unidades cresceu 7,6%. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Outro sinal positivo do setor de franquias de moda é que este é o segmento que mais importa marcas brasileiras para outros países. De acordo com a ABF, das 114 redes de franquias brasileiras com operações no exterior em 2018, 35 eram do segmento de moda. Além disso, as marcas estrangeiras também escolhem o Brasil para explorar o mercado de roupas, calçados e acessórios: 30 redes estrangeiras de moda operam em território brasileiro.

Poder contar com a experiência de mercado e os modelos de negócio já testados são grandes vantagens das franquias de roupas femininas. As franquias conseguem entregar ainda condições diferenciadas aos franqueados, o que otimiza a rotina do negócio, em comparação a uma loja de roupas independente.

Por meio de franquia, por exemplo, é possível ter acesso a melhores condições nas compras de produtos. Muitas redes contam com centrais de compras online, com parcerias com fornecedores homologados ou são elas mesmas as fornecedoras. Além disso, pode-se contar com suporte na constituição de estoque, o que ajuda a reduzir problemas com peças “encalhadas” ou escassez de produtos com alta procura.

As marcas também costumam apresentar lançamentos e coleções frequentes, oferecendo novidades constante aos clientes.

Cuidados ao investir em franquias de roupas femininas

Antes de fechar negócio com uma marca é preciso fazer uma avaliação cuidadosa para se certificar de que aquela é a franquia certa para você, levando em conta expectativas de retorno e capacidade de investimento.

Investir em franquias de roupas femininas pode sair caro. Geralmente, as redes que operam nesse segmento oferecem modelos de negócio de loja, que podem ser instaladas em pontos de rua, shopping centers ou outros centros comerciais. A instalação da unidade é o que costuma demandar a maior parte do investimento: afinal, é preciso bancar obras no ponto, adequação da identidade visual, mobiliário e o primeiro estoque de produtos.

Além de colocar tudo isso no papel para analisar os números, é preciso atentar-se ainda a outros pontos. Verifique:

  • Qual é o público-alvo da marca: isso é fundamental para entender se a sua região é adequada para o negócio e para a escolha do ponto comercial. Há franquias de roupas femininas com foco mais popular, com preços acessíveis, assim como redes que trabalham com o conceito de loja premium ou de luxo;
  • Quais as condições de compras: algumas franqueadoras exigem que o franqueado faça uma compra mínima por mês. Vale questionar as regras de compras para composição de estoque com antecedência;
  • Como são os treinamentos da franquia: confira se a franqueadora disponibiliza treinamentos para a equipe de funcionários e manuais de operação;
  • Reputação da marca junto aos clientes: se o nome da marca é uma das grandes vantagens das franquias de roupas femininas, nada mais natural do que pesquisar a reputação da rede. Busque opiniões de clientes nas redes sociais e em sites como o Reclame Aqui.

Opções de franquias de roupas femininas

A seguir você confere opções de franquias de roupas femininas. Os dados de investimento são divulgados pelas empresas ou pela ABF.

1Pijama In Box

A Pijama In Box é uma rede de franquias especializada em pijamas e lingeries. A marca aposta no conceito de home wear, com linhas de produtos com diferentes estilos e para diferentes idades. As lojas contam com produtos para o público feminino, masculino e infantil.

Investimento inicial: R$ 168 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 2,89%
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 10 a 24 meses

2Brechó Agora é Meu

Com o objetivo de democratizar o acesso a peças conceituais de marcas de luxo, o Brechó Agora é Meu iniciou sua expansão em 2019 com dois modelos de negócio: microfranquia (home based, com vendas diretas) e loja física.

Investimento inicial: R$ 5,9 mil a R$ 183,7 mil
Taxa de franquia: R$ 1,2 mil a R$ 35 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 5 mil a R$ 51 mil
Prazo de retorno: 2 a 18 meses

3Saia Bella

A Saia Bella é uma rede de franquias de roupas femininas especializada em moda evangélica e executiva. A marca busca entregar às clientes produtos de qualidade com bom custo/benefício e variedade de tamanhos (incluindo linha plus size) – são conjuntos, vestidos, saias, blusas e acessórios. Os dados a seguir são do modelo de loja smart.

Investimento inicial: R$ 89,9 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 10% sobre a compra de produto
Faturamento médio: R$ 30 mil
Prazo de retorno: 16 meses

4M. Officer

A M. Officer é a marca de jeanswear do designer brasileiro Carlos Miele. A rede de franquias de lojas da marca conta com blusas, calças, camisetas, casacos, saias, vestidos, shorts e outras peças para o público feminino, além de uma linha voltada para o público masculino.

Investimento inicial: R$ 200 mil a R$ 350 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% sobre compras
Faturamento médio: R$ 120 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

5Dani Holzbach

A Dani Holzbach é uma rede de franquias de roupas femininas que adota o conceito de fast fashion e aposta em coleções com peças versáteis e atemporais, trabalhando tendências de moda. Criada no Rio Grande do Sul, a marca também é vendida em lojas multimarcas.

Investimento inicial: R$ 215 mil a R$ 400 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 4% do faturamento
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 24 a 48 meses

6Canal Concept

Há mais de 30 anos no mercado de moda feminina, a Canal Concept busca oferecer produtos com qualidade, preços justos e com peças que seguem as principais tendências de moda. A rede conta com mais de 30 lojas da marca, além de estar presente em mais de 400 pontos de venda.

Investimento inicial: R$ 230 mil a R$ 450 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

7Equus

A Equus é uma rede de franquias de roupas femininas que trabalha com duas coleções por ano, com entregas semanais e estampas exclusivas. As franquias podem ser instaladas em lojas de rua ou dentro de shopping centers.

Investimento inicial: a partir de R$ 234,5 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 1% a 4% sobre vendas
Faturamento médio: R$ 110 mil
Prazo de retorno: 28 meses

8Outlet Lingerie

A Outlet Lingerie é uma rede especializada em moda íntima feminina, com linhas de calcinhas, sutiãs, espartilhos, bodies, entre outros produtos. As lojas operam no sistema multimarcas, trabalhando com marcas como Valisere, Calvin Klein, Liz, Darling, Gracious, entre outras.

Investimento inicial: R$ 235 mil a R$ 250 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 50 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

9Valisere

A Valisere é uma rede de franquias de lingerie que trabalha com produtos de marca própria – sutiãs, calcinhas, bodies, pijamas, camisolas etc. Além das mais de 30 lojas franqueadas, a Valisere também vende seus produtos em lojas multimarcas. No total, são mais de 1.300 pontos de venda.

Investimento inicial: R$ 240 mil a R$ 490 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 6% das vendas brutas
Faturamento médio: R$ 110 mil
Prazo de retorno: 20 a 36 meses

10Enjoy

A Enjoy é uma rede de franquias de roupas femininas com foco em peças para um perfil demulher contemporânea, conectada e dinâmica. O foco de expansão está principalmente em shopping centers e, além das roupas, a marca também conta com acessórios como bolsas, cintos e bijuterias.

Investimento inicial: R$ 270 mil a R$ 360 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

11Darling

Com um mix de produtos que inclui sutiãs, calcinhas, bodies, modeladores, pijamas e acessórios, a Darling é uma rede especializada em lingerie. São mais de 60 anos de mercado e presença em mais de 2 mil pontos de venda pelo Brasil.

Investimento inicial: R$ 290 mil a R$ 360 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

12Hering Store

A Hering Store é uma das maiores franquias do Brasil e a maior no segmento de roupas. Com foco em vestuário casual, a marca conta com linhas de produtos tanto para o público feminino quanto para o público masculino. Além do Brasil, a Hering está presente também em outros países da América Latina.

Investimento inicial: R$ 320 mil a R$ 878 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil a R$ 50 mil
Royalties: 3% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 48 meses

13Código Girls

A Código Girls é uma marca voltada para o mercado teen feminino. A rede de franquias de roupas femininas trabalha com produtos diferenciados: além de roupas, o mix conta com calçados, acessórios, cosméticos e perfumes.

Investimento inicial: R$ 325 mil a R$ 550 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 75 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

14Cantão

A Cantão é uma marca de moda feminina carioca que busca oferecer às consumidoras peças casuais e confortáveis. O mix de produtos conta com blusas, camisas, vestidos, macacões, shorts, saias, calças e casacos, além de acessórios – calçados, bolsas, bijuterias etc.

Investimento inicial: R$ 350 mil a R$ 550 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 3,5% das compras
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: 24 a 40 meses

15Puket

A Puket é uma rede especializada na venda de pijamas, meias e lingeries, trabalhando com linhas femininas para público adulto e infantil. A marca também conta com linhas masculinas, moda praia infantil e acessórios.

Investimento inicial: R$ 368 mil a R$ 508 mil
Taxa de franquia: R$ 48 mil
Royalties: 1,5% das vendas brutas
Faturamento médio: R$ 110 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

16Liz Lingerie

Especialista em moda feminina, a Liz trabalha principalmente com lingeries. O mix de produtos conta com sutiãs, calcinhas, bodies, modeladores, vestuário fitness e uma linha de roupas (casuais e home wear). A região Nordeste é um dos focos de expansão da marca.

Investimento inicial: R$ 397 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 120 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

17Clube Morena Rosa

A Clube Morena Rosa é uma rede de franquias de roupas femininas que trabalha com quatro marcas de um mesmo grupo, com propostas diferentes: Morena Rosa, Maria Valentina, Zinco e Lebôh. A rede tem como público-alvo o público AB, trabalhando com um conceito de moda premium.

Investimento inicial: R$ 445 mil a R$ 595 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

18Chifon

Fundada no Rio de Janeiro, a Chifon é uma marca de moda feminina que busca oferecer produtos exclusivos, primando por qualidade e preço justo. A franqueadora busca cidades com população superior a 250 mil habitantes para expansão, preferencialmente em pontos de shopping ou áreas nobres com alto fluxo comercial.

Investimento inicial: R$ 480 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

19Intimissimi

A Intimissimi é especialista em moda italiana. Fundada na Itália, a rede de franquias de roupas femininas trabalha principalmente com lingeries, mas também conta com pijamas, camisolas, robes, vestuário feminino e uma linha de moda íntima e vestuário para o público feminino.

Investimento inicial: R$ 480 mil a R$ 735 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 180 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

20B1

A B1 é uma rede de franquias de roupas femininas de origem paranaense. A empresa trabalha com modelo de loja multimarcas com mais de 1 mil fornecedores cadastrados, incluindo marcas como Vizzano, Top Vision, Seiki, Lady Rock e Moleca. Além de roupas, o mix de produtos conta com calçados e acessórios.

Investimento inicial: R$ 500 mil a R$ 795 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

21Scene

A Scene é uma rede de franquias de roupas femininas que faz parte do Grupo Malwee, que também conta com outras franquias e marcas de moda. A franqueadora possibilita compras cooperativadas e os franqueados podem pedir online.

Investimento inicial: R$ 580 mil a R$ 820 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 2,5% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 36 meses

22Gregory

Fundada na década de 1980, a Gregory é uma rede de franquias de roupas femininas com foco em oferecer às consumidoras produtos de qualidade, com bom custo/benefício e as principais tendências de moda do mercado internacional. Além de roupas, as lojas também contam com acessórios como bolsas, calçados, semi joias, lenços, cintos, entre outros. As franquias devem ser instaladas, preferencialmente, em shopping centers consolidados.

Investimento inicial: a partir de R$ 636 mil
Taxa de franquia: R$ 36 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: não informado

23Loungerie

A Loungerie é uma rede de franquias de lingerie com um catálogo que inclui diversos modelos de sutiãs, calcinhas, bodies, pijamas e acessórios. A marca tem como carro chefe a entrega do “sutiã perfeito” e conta com mais de 50 lojas em todo o país.

Investimento inicial: R$ 875 mil a R$ 1,12 milhão
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 34% sobre compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 30 a 45 meses

Gostou das dicas de franquias de roupas femininas? Então clique aqui e confira mais opções de franquias de roupas e calçados.

DEIXE UMA RESPOSTA