Como vender na Amazon: tudo o que você precisa saber

0
2779
como vender na amazon
como vender na amazon

Com mais de 20 anos de experiência em vendas pela internet e milhões de acessos mensais, a Amazon é um dos market places mais famosos que existem.

Por meio da plataforma, pessoas e empresas de vários segmentos podem divulgar e comercializar seus produtos de uma forma mais profissionais e segura.

Você também gostaria de fazer parte deste grupo de vendedores? Então, confira quais critérios precisa atender e como vender na Amazon em poucos passos!

Vantagens de vender na Amazon

Desde que chegou ao Brasil, em 2012, a empresa fundada por Jeff Bezos vem ganhando espaço rapidamente no mercado de e-commerce.

No país, a gigante das vendas digitais iniciou sua atuação focada principalmente em livros, mas foi gradualmente expandindo as vendas para os departamentos de eletrônicos, itens para casa, produtos de beleza, roupas, alimentação, entre outros.

De acordo com informações da própria companhia, no fim 2019 a Amazon.com.br já reunia mais de 20 categorias e 20 milhões de produtos.

A variedade e credibilidade da companhia atraem um fluxo enorme de compradores. Com isso, vender na Amazon pode ser uma excelente ideia para empreendedores e empresas que querem iniciar ou otimizar suas vendas na internet.

Os vendedores também contam com o suporte da companhia, além da possibilidade de participar de ações promocionais e campanhas da Amazon.

Dependendo do plano escolhido, também é possível customizar frete, gerar relatórios, obter destaque nas páginas e ainda vender na Amazon de outros países, como Canadá, EUA e México.

Quais são os critérios para vender na Amazon?

Para vender na Amazon – seja como pessoa física ou jurídica, é necessário criar um cadastro no site e fornecer os seguintes dados:

  • Informações de contato: seu nome, endereço, e-mail e telefone;
  • Documento de identificação: como CPF ou CNPJ da empresa;
  • Cartão de crédito internacional: a plataforma destaca as bandeiras MasterCard, Visa e Diners;
  • Conta bancária: que deve ter o mesmo CNPJ ou CPF registrado no cadastro.

O market place ainda exige que os parceiros enviem Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) de todas as vendas feitas. Por isso, ter a possibilidade de gerar as notas fiscais é um dos critérios para vender na Amazon.

Também é fundamental que o vendedor leia atentamente as políticas do programa de vendas da Amazon para entender todas as responsabilidades e direitos que os parceiros do market place possuem.

Quanto custa vender na Amazon?

Atualmente, para vender na Amazon é necessário escolher entre dois planos pagos: o individual, que é indicado para quem pensa em vender menos de 10 itens por mês, e o profissional, para quem quer vender mais de 10 produtos por mês.

No plano individual o comerciante paga uma taxa por produto mais as comissões, enquanto a opção profissional permite o pagamento de um valor único por mês, somado às comissões.

A Amazon deduz como comissão um percentual do valor total da venda – que inclui o preço do produto e outros custos adicionais, como frete.

O valor das comissões pode variar dependendo de alguns fatores, como a categoria do produto. Vale a pena conferir essa tabela detalhada com os valores de comissionamento.

O que pode ser vendido na Amazon?

Para vender na Amazon é necessário que os seus produtos se encaixem em uma das categorias do site.

Algumas categorias de produtos podem ser publicadas livremente, mas outras requerem aprovação da plataforma.

Atualmente, as mercadorias que precisam de aprovação para serem disponibilizadas para o público são itens de alimentação, beleza, games, produtos para bebê e saúde.

Como vender na Amazon: passo a passo para começar

como vender pela internet

Agora que você já sabe tudo que é necessário para colocar seus produtos em um dos maiores market places do mundo, vamos ver como vender na Amazon, de fato!

Escolha um plano e faça o cadastro

Acesse a página destinada aos vendedores e escolha entre o plano individual ou o profissional. Depois disso, você será direcionado para um formulário de cadastro.

Será necessário fornecer as informações e documentos que pontuamos anteriormente.

Configure sua conta

Nesta etapa você precisará fornecer mais algumas informações para configurar a sua conta de vendedor.

Nas configurações é possível ajustar seu plano de vendas, dinâmicas de envio e devolução, dados comerciais e de pagamento. Também poderá incluir mais informações sobre sua loja, aplicar restrições de envio e ajustar a política de privacidade.

Publique seus produtos

Depois de fazer as configurações iniciais é hora de publicar seus primeiros produtos e disponibilizá-los para venda. Isso é feito na Seller Central, a seção através da qual você poderá cadastrar mercadorias e administrar suas vendas.

Se escolheu o plano individual, terá que acrescentar os itens manualmente escolhendo a opção “Adicionar um produto”. Caso tenha optado pelo plano profissional, poderá adicionar várias mercadorias de uma só vez no menu “Modelos de Arquivos de Inventário”.

É importante acrescentar fotos e descrição dos produtos, além de especificações técnicas (como modelo, dimensões, peso e cores disponíveis, por exemplo).

Caso o artigo já esteja a venda na Amazon Brasil, é possível importa-lo do banco de dados do market place. Neste caso, você não precisa publicar o produto manualmente, mas terá que informar o preço, forma de envio e estoque disponível.

Se estiver tudo certo, é só confirmar o cadastro! Geralmente, o prazo de publicação é de até 24 horas para que sua oferta esteja disponível para a compra.

Gerencie suas vendas

Com sua vitrine virtual pronta, basta começar a divulgar seu novo canal e esperar as vendas chegarem.

Lembre-se de ficar de olho no Seller Central, mais especificamente na aba “Gerenciar pedidos”. É lá que as compras feitas em sua página serão registradas.

Conforme as vendas forem chegando, é necessário que o vendedor faça a separação e o envio do produto o quanto antes. Se precisar enviar uma mensagem para o cliente, existe uma ferramenta de comunicação que pode ser utilizada para alinhar algum detalhe da compra ou passar informações.

É importante dizer que a Amazon só confirma o pedido depois que o envio é confirmado. O repasse das vendas é feito quinzenalmente e a companhia faz os pagamentos para os vendedores à vista, mesmo que o comprador tenha parcelado.

Os prazos de recebimento podem variar de acordo com a forma de pagamento escolhida pelo consumidor.

Viu? Agora você já sabe tudo o que precisa sobre como vender na Amazon! O próximo passo é fazer o seu cadastro, explorar a plataforma e aproveitar todos os benefícios que estar em um market place pode trazer para o seu negócio!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui