Crise melhora condições para quem entra no franchising

0
1514
crise oportunidades no franchising 1
crise oportunidades no franchising 1

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus levou 8,9 milhões de brasileiros a perderem o emprego entre abril e junho deste ano.

A demissão faz com que as pessoas se sintam atraídas pela ideia de apostarem em negócios onde possam ser seus próprios chefes e o franchising, porta de entrada para os empreendedores de primeira viagem, fica em evidência.

Ser franqueado de uma marca reconhecida e estabelecida no mercado, com produtos e serviços que já foram validados, e poder contar com o suporte dessa empresa ao longo da jornada, representa um investimento mais seguro, principalmente na hora de negociar compras e novos parceiros. Como a crise também atingiu as redes, franqueadores estão oferecendo condições imperdíveis para quem deseja entrar no setor, como cortes de até 70% nas taxas iniciais.

Redes que não diminuíram os valores, passaram a oferecer benefícios como redução de jornada e novas condições de pagamento para as operações durante a Covid-19. Os juros baixos e a possibilidade de excelentes descontos com fornecedores e no preço do aluguel de shoppings e espaços comerciais, criam um cenário perfeito e cada vez mais atrativo para o empreendedorismo no Brasil, uma vez que a carteira de trabalho tem ficado bastante de lado por aqui.

O segmento que tem sido mais atraente é o das microfranquias, com investimentos de até R$ 90 mil e opções que permitem aos empreendedores atuarem de casa, ambiente de trabalho que tem sido parte da nossa rotina durante o isolamento social. Com os novos hábitos de consumo que estão surgindo, áreas como delivery de alimentação e marketing digital para a criação de sites e lojas virtuais para captação de vendas, também chamam a atenção.

Apesar dos atrativos, investir em um novo negócio em meio a maior crise da década tem alto risco. Um dos grandes erros dos empreendedores é apostar em franquias mais baratas, sem analisar minunciosamente quais serviços estão descritos na Circular de Oferta de Franquia (COF) antes de assinar o contrato e ver como será o acesso à rede e a proximidade com o negócio. Quem tiver que andar sozinho nessa jornada, terá muito mais dificuldade para o sucesso.

Além desse fator, destaco a importância dos empresários pesquisarem opções de franquias que tenham a ver com o seu perfil individual antes de tomarem qualquer decisão. O retorno financeiro é muito importante, mas não há nada mais satisfatório que trabalhar em setores que atendam às suas expectativas e habilidades. Fazer uma lista com as áreas de interesse e conversar com franqueadores que já estão operando é uma boa dica.

A estrada é árdua e os detalhes fazem a diferença para que contratempos não atrapalhem os sonhos. Quem já sabe como o sistema de franquias funciona e entende todos os seus deveres e obrigações, encontra no setor uma excelente alternativa de trabalho. Estamos na reta final de 2020 e oportunidades não faltam para quem tem coragem de dar um passo adiante. Prepare o voo e boa sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui