Franquias faturam R$ 105,1 bilhões no primeiro semestre de 2023

0
301
Business statistics bar graph

Vivenciando mais uma vez um salto no seu faturamento, o franchising brasileiro ultrapassou a receita que obteve no primeiro trimestre de 2023 (R$ 50,8 bilhões), para R$ 54,2 bilhões nesse segundo trimestre. Ou seja, foram R$ 105,1 bilhões ao longo dos primeiros seis meses desse ano.

Em comparação ao mesmo período de 2022, a receita apresentou um crescimento de 12,9%, já que as franquias haviam faturado pouco mais de R$ 48 bilhões no ano passado, assim como no acumulado dos últimos 12 meses, que houve uma expansão de 15,2% na receita.

Os números foram divulgados através do levantamento trimestral da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

“Trata-se do oitavo trimestre de crescimento seguido do setor, sustentando nossa curva de desenvolvimento para além dos impactos da pandemia. Isso representa também a força do modelo de franchising para escalar negócios de forma rápida e organizada – não por acaso, continuamos atraindo novas marcas e players do exterior – e também do desejo do brasileiro em ter seu próprio negócio, ainda mais agora que as condições econômicas estão mais estáveis. Nos chama a atenção também a recuperação da movimentação de pessoas nos shoppings centers, associada a um nível de negócios elevados no delivery e outros canais digitais. Mais do que nunca, falamos em operar nos dois mundos, digital e físico, e nos organizar para explorar cada vez melhor a associação dos dois”, explica Tom Moreira Leite, presidente da ABF.

O estudo da entidade também apontou uma evolução no número de operações. A variação no período pesquisado teve um acréscimo de 11.062 unidades no país, totalizando 188.878 operações.

Crescimento dos setores 

Em relação ao crescimento dos segmentos, se repetiu o que o cenário do primeiro trimestre do ano havia mostrado: há uma evolução de faturamento neles todos.

Entretanto, neste estudo, as franquias de Hotelaria e Turismo (+18,5%), Alimentação (+10,9%), Moda (+16,8%) e Saúde, Beleza e Bem-Estar (+15,9%) ficaram em destaque.

Veja abaixo o número de todos os segmentos do franchising:

Segmento 2º tri de 2023
(em milhões)
Variação
2022-2023
Alimentação R$ 2.914 10,9%
Alimentação – foodservice R$ 10.270 16,9%
Casa e construção R$ 3.858 9,2%
Comunicação, informática e eletrônicos R$ 1.745 8,9%
Educação R$ 3.334 12,0%
Entretenimento e lazer R$ 596 9,1%
Hotelaria e turismo R$ 3.044 18,5%
Limpeza e conservação R$ 465 11,9%
Moda R$ 5.781 16,8%
Saúde, beleza e bem-estar R$ 13.353 15,9%
Serviços automotivos R$ 2.014 9,3%
Serviços e outros negócios R$ 6.880 2,9%
Total R$ 54.253 12,9%

Projeções para o segundo semestre de 2023 

Assim como no primeiro semestre deste ano, a ABF tem uma projeção muito otimista para o crescimento do sistema de franquias.

De acordo com o presidente Tom Moreira Leite, “temos expectativas positivas para o segundo semestre, marcado por datas importantes para o varejo, principalmente a Black Friday, e também feriados com viagens. O começo da queda da taxa de juros e perspectivas macroeconômicas mais positivas podem ajudar também”.

A entidade estima que, em 2023, o faturamento do franchising deve crescer entre 9,5% a 12%, aumentar o número de operações em 10%, ter uma alta em empregos de 10% e de 4% no volume de redes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui