Ser um multifranqueado significa ter várias franquias que podem ser da mesma marca ou não, podendo, até mesmo, ser empresas de setores diferentes. O empreendedor pode ter, por exemplo, duas lojas de alimentação, três de perfumaria e duas de escolas idiomas. Em outros países, como os Estados Unidos, já é bastante comum este tipo de franqueado. Eles chegam a faturar até mais do que as próprias redes de franquias.

No Brasil, este ainda é um movimento recente e que indica a profissionalização do franchising. Para Guilherme Siriani, sócio-diretor da consultoria ba}STOCKLER, a tendência é que o Brasil tenha cada vez mais multifranqueados. “É uma tendência de mercado concentrar várias operações nas mãos de multifranqueados. Vale ressaltar que isso não significa que os franqueados individuais vão perder espaço”, diz.

As vantagens de ser um multifranqueado

De forma geral, ter várias franquias é também uma vantagem para o empreendedor. Ele consegue, assim, profissionalizar a gestão, criar uma estrutura comum de RH e financeiro, por exemplo, e também potencializar seus ganhos.

“Além do faturamento maior, ele ganha também em escala e negociação, seja em logística, campanhas de marketing e até taxas da franqueadora”, conta o especialista.

Do ponto de vista da franqueadora, ter um mesmo franqueado administrando várias unidades significa ter uma rede mais forte. “Os multifranqueados são bons parceiros de negócio já que possuem uma estrutura mais embasada e forte para lidar com várias operações e costumam reservar territórios para investir, o que dá a possibilidade de maior pulverização da marca”, explica Siriani.

Os desafios de ser um multifranqueado

Vale lembrar que a responsabilidade de gestão do negócio está na mão do franqueado, apesar de ter a franqueadora na retaguarda. Por isso, ser um multifranqueado traz também muitos desafios que o empreendedor precisa enfrentar todos os dias. Um deles é construir uma estrutura de back-office sólida, que sirva de apoio e ajude a administrar vários negócios, que muitas vezes estão em endereços distintos e até em setores diferentes. Os multifranqueados costumam investir em áreas de administração, contabilidade, RH e treinamento para que a operação possa girar mais rápido.

Outro desafio está relacionado a saber delegar. Com várias unidades, o franqueado não consegue estar no dia a dia das operações. Por isso, ele deve buscar gerentes capacitados para cumprirem seu papel na franquia. Sem saber delegar, ele tem muitas chances de não conseguir administrar todos seus negócios.

Antes de entrar em várias redes diferentes, o franqueado precisa se certificar que a franqueadora está pronta para lidar com um perfil como o dele. Só assim ter várias franquias será uma vantagem, já que ele terá abertura para negociar e conversar com os gestores da marca. Ao buscar franquias em setores diferentes, o multifranqueado precisa estudar sobre a área, conhecer seu público-alvo e verificar se os outros contratos permitem atuação naquele mercado.

Se você está pensando em ser um multifranqueado, leve em consideração esses três pontos:

  1. Você precisa criar uma estrutura de apoio, com áreas como RH e contabilidade, para todas as unidades, garantindo um ganho de escala;

2. Saber delegar é essencial para que as franquias tenham sucesso mesmo sem a presença constante do franqueador;

3. Entenda se a rede que você quer entrar está pronta para lidar com franqueados que já controlam várias unidades. Só assim sua empresa terá ganhos maiores.

DEIXE UMA RESPOSTA