A feira de franquias da ABF – Associação Brasileira de Franchising, é um dos principais eventos do setor e uma oportunidade de ouro para que empreendedores conheçam de perto diversas opções de redes em todos os segmentos do mercado.

O setor de franquias já está consolidado no mercado brasileiro e continua crescendo apesar da crise econômica. No primeiro trimestre de 2017, o faturamento do franchising chegou a 36,89 bilhões de reais, o que representa um crescimento de 9,4% em relação ao mesmo período no ano passado.

Para quem deseja entrar nesse setor, a ABF Franchising Expo pode funcionar como uma forma de otimizar a pesquisa de mercado: para este ano, são esperadas cerca de 400 marcas expositoras. Com acesso direto a uma gama variada de franqueadoras, o interessado pode tirar dúvidas e reunir informações fundamentais em um único lugar.

Porém, em meio a tantas empresas tentando chamar a atenção dos visitantes para seus estandes, é preciso saber se programar para não acabar perdendo o foco.

“Não invista tempo em marcas que potencialmente não são de seu interesse”, pontua Caroline Bittencourt, diretora de inteligência de mercado do Grupo Bittencourt.

Pensando nisso, o Guia Franquias de Sucesso conversou com especialistas para te ajudar a se organizar melhor e aproveitar bem o evento. Nessa matéria, você confere dicas de como selecionar que estandes serão visitados, o que perguntar aos expositores e como tomar decisões conscientes.

Roteiro organizado

O primeiro passo para tirar o máximo de proveito da feira de franquias é ter clareza das suas prioridades. Quais marcas você deseja conhecer de perto? Que segmento está no seu foco? Responder a essas perguntas com exatidão vai te ajudar a conferir os estandes que realmente farão a diferença na sua decisão de negócio.

“A dica é definir antes da feira o segmento que o participante tem afinidade e o capital que pretende investir”, indica André Luis Soares Pereira, diretor, fundador e consultor da GSPP.

Definindo um segmento de interesse, é possível filtrar melhor as opções e focar as visitas em redes que estejam dentro do ramo desejado e das possibilidades de investimento.

Para chegar bem preparado, o visitante pode ainda estruturar a lista de marcas para conferir com antecedência. No site do evento é possível conferir a relação completa dos expositores, organizada em ordem alfabética, contendo o site e o segmento de cada rede.

Saber onde fica o estande de cada rede também é importante – assim você evita perder tempo circulando pelo local até encontrar a marca que te interessa.

“Na entrada da feira é distribuído um guia de informações das franquias presentes, bem como um mapa informando as ruas e localização dos estandes”, conta André. Além disso, o site disponibiliza uma planta completa da feira para a consulta do posicionamento dos expositores.

Com essas informações em mãos e roteiro bem definido, o visitante otimiza tempo e pode ir direto na marca que deseja abordar.

Mas, se você ainda não sabe em que ramo atuar, a feira de franquias também é uma boa oportunidade para dar início ao processo de pesquisa. Para Caroline Bittencourt, quem ainda não decidiu em qual segmento quer investir deve ficar de olho nas opções e conferir aquilo que mais chamar a atenção.

“A vantagem da feira é exatamente essa: poder conhecer o maior volume de marcas e definir em qual delas o seu perfil se encaixa melhor”, afirma a consultora.

Contato com o franqueador

O grande diferencial da feira de franquias é proporcionar contato direto entre investidores e franqueadores. Esse é o momento de conversar, esclarecer dúvidas e aproveitar a interação cara a cara para apurar novos dados ou aprofundar informações que você já tinha encontrado em outras pesquisas.

“De uma forma geral, na feira os expositores estão ávidos para captar candidatos que tenham efetivamente potencial de fechar negócio posteriormente; portanto, é o momento ideal para você levantar informações”, afirma Caroline.

Para não deixar passar nenhuma informação prioritária na hora de abordar a franquia, Caroline e André sugerem que as seguintes questões sejam feitas:

  • Qual o valor do investimento – taxa de franquia, royalties, fundo de propaganda, estoque, instalação, equipamento?
  • Qual o faturamento médio, a margem de lucro e o tempo de retorno do capital investido?
  • Há quanto tempo a empresa existe? E há quanto tempo opera com franchising?
  • Para quais mercados a franquia deseja expandir?
  • Qual é o perfil de franqueado desejado?
  • Qual o suporte oferecido pela franqueadora?
  • Como é definido o ponto comercial de uma nova unidade?
  • Alguma unidade fechou ou mudou de bandeira? Se sim, qual foi o motivo?

“Após essa etapa você estará munido de informações para fazer a triagem de negócios que realmente valerão a pena para se aprofundar no período pós feira”, conclui a consultora.

Além disso, a feira de franquias pode dar ao investidor a chance de conhecer franqueados das redes em que tem interesse. Alguns franqueados são convidados a participar dos estandes das marcas da qual fazem parte, outros participam da feira como visitantes.

Assim, vale aproveitar a ocasião para conferir como é a relação entre franqueadora e franqueado: “o investidor deve ficar de olho como é o comportamento da franquia no mercado e se os seus franqueados são felizes com a rede”, recomenda André.

Decisões conscientes

Mesmo chegando na feira com um roteiro bem estruturado e tirando todas as dúvidas com a franqueadora, é preciso ter cuidado na hora de tomar decisões.

“Algumas vezes o investidor se encanta com uma determinada franquia e na empolgação não avalia a viabilidade do negócio. Depois da feira deve-se estudar a franquia”, alerta André.

É importante lembrar que a feira é uma oportunidade para as franqueadoras mostrarem seu melhor e tentarem ao máximo despertar o interesse dos visitantes. Isso significa que no calor do momento muitas opções vão parecer ótimos negócios, o que nem sempre é verdadeiro.

“Toda proposta deve ser avaliada com muita razão e zero de emoção. Investir num negócio significa assumir um compromisso de em média cinco anos de contrato. Muitas vezes significa o investimento de toda uma vida. Uma promoção, como um desconto na taxa de franquia, é sim um atrativo, mas não deve ser fator de decisão”, opina Caroline.

As promoções oferecidas no evento merecem um cuidado redobrado. Algumas redes aproveitam a feira para diminuir os custos de investimento para quem fechar o negócio, mas, embora a economia seja tentadora, é preciso reservar um tempo para analisar a franquia com tranquilidade.

“Em linhas gerais, a avaliação minuciosa das propostas é o ponto mais importante, e talvez a aquisição por impulso é algo que deve ser evitado por conta desse fato”, pondera Fabricio Sicchierolli Posocco, advogado do escritório Posocco & Associados Advogados e Consultores.

Além disso, é importante lembrar que antes da assinatura do contrato o candidato deve receber a Circular de Oferta da Franquia (COF), um documento com todas as informações referentes ao negócio. De acordo com a Lei de Franquia, a COF deve ser entregue ao franqueado com dez dias de antecedência à data em que o contrato será assinado.

Para que a decisão seja tomada conscientemente, o advogado recomenda a elaboração de um pré-contrato entre franqueador e franqueado.

“A vantagem de criar um pré-contrato é que, caso haja desistência por algumas das partes na hora de assinar o definitivo, o documento substitui o seu valor e as penalidades por desistência podem ser aplicadas. Vale lembrar que podem ser estabelecidos prazos para as consecuções das demais fases do processo”, pontua Posocco.

Como participar

Neste ano, a ABF Franchising Expo chega à 26ª edição e traz expositores de segmentos como alimentação, beleza, serviços, vestuário, educação, entre outros. O evento acontece entre os dias 21 e 24 de junho, nos pavilhões Azul e Branco do Expo Center Norte, em São Paulo. A expectativa da ABF é receber um público de mais de 60 mil pessoas.

Os visitantes podem fazer o credenciamento online, através do site da feira, e comprar o ingresso antecipado por 60 reais. Também é possível adquirir ingressos online ou na bilheteria local durante os dias de evento, por 70 reais. O ingresso é válido para todos os dias do evento.

Para conferir mais informações sobre a feira de franquias, clique aqui e acesse o site oficial do evento.

DEIXE UMA RESPOSTA