Quem pensa em investir em uma franquia sabe que o mercado de franchising está cheio de opções para os mais diferentes perfis de empreendedores. Mas, ainda que a variedade ajude cada investidor a encontrar a marca perfeita dentro daquilo que procura, chegar à decisão final é um processo longo e cheio de dúvidas. Como saber, então, dentre essa grande variedade de marcas, a mais acertada para você? Muitas vezes uma boa pedida pode ser participar de uma feira de franquias.

É claro que o fato de analisar franquias presencialmente, em uma feira, não traz mudanças tão grandes quando comparada a análise à distância, como é feito normalmente. As análises para a escolha da marca na qual você vai investir continuam sendo as mesmas: buscar negócios que estejam alinhados ao perfil do investidor, e estudar, antes da feira, as marcas expositoras para manter o foco e não perder tempo com marcas que não estão no seu radar.

No entanto, o encontro entre possíveis investidores e franqueadores é um importante momento para fazer a seleção ideal para o seu perfil de empreendedor. Por isso, é importante prestar atenção em alguns pontos essenciais nesse processo para fazer uma escolha acertada.

Com isso em mente, confira as dicas a seguir para saber como escolher a franquia ideal para você em uma feira de franquias.

Mercado de franchising

Antes de falar sobre a escolha da franquia, é preciso entender a logística de uma feira. “O primeiro passo de quem quer investir nesse ramo deve ser conhecer bem o sistema de franquias, que traz sim muitas vantagens, mas também compromissos”, explica André Friedheim, vice-presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

É por isso, inclusive, que muitas feiras deste segmento trazem, também, palestras com conteúdos importantes sobre o mercado de franchising, com temas variados como a Lei de Franquia, conceitos, finanças, etapas para se escolher uma rede etc.

“Após essa imersão, aliás, é recomendado que o visitante pesquise os segmentos e as marcas de interesse potencial previamente”, explica o especialista, uma vez que essa busca  de informações sobre as marcas antes da feira de franquias ajuda na hora de tomar a decisão sobre onde investir. A internet facilita muito esse processo e faz a visita na feira ser mais dirigida e produtiva.

Fique atento a outro fator: ao estar na feira, além da agenda de capacitação, é importante você fazer reuniões com as suas redes de interessante, não se restringindo apenas a pegar materiais, como muitos visitantes fazem. É com esse bate-papo que você vai conseguir informações valiosas para a tomada de decisão.

“Essa deve ser uma conversa franca e direta que, se bem sucedida, pode evoluir para um futuro fechamento de negócio. A feira facilita e agiliza todo o processo, mas não se deve abrir mão de outros cuidados como pesquisar o mercado de interesse, os concorrentes, o ponto comercial alvo etc.”, avalia, ainda, Friedheim.

Mais: testar produtos e serviços também é fundamental, assim como entrar em contato com franqueados e ex-franqueados para saber como é o dia a dia da operação.

Diversidade de marcas

Em uma feira de franquias existe uma infinidade de marcas para serem conhecidas pelos potenciais franqueados – a edição deste ano da ABF Expo, por exemplo, deve receber 400 marcas expositoras.

Por isso, ao entrar em algum estande para saber mais sobre uma franquia, esteja atento aos materiais que serão apresentados, assim como questione se existem informações claras sobre investimento, suporte e fornecimento, pontos importantes a serem levados em conta na hora de escolher uma franqueadora.

“Caso algum franqueado esteja presente no estande, converse com ele para entender melhor como é a operação e os desafios do negócio”, aconselha Danilo Pinheiro, consultor da Franquear Consultoria.

Lembre-se que hora de escolher a marca, não basta ficar de olho no investimento exigido para a abertura de uma unidade. Ainda que as franquias baratas sejam opções atrativas, que permitem investir com baixo capital, é fundamental ficar de olho nos detalhes e fazer uma análise profunda antes de tomar a decisão final – uma análise não só da marca, mas também da região e do próprio perfil do investidor.

Isso porque o sucesso de uma franquia acontece quando todos estão cientes de suas obrigações. De nada adianta a franqueadora oferecer um ótimo modelo de negócios, produtos e serviços que garantem um excelente lucro, suporte em todas as áreas ou qualquer outra ferramenta que venha a potencializar o resultado da operação, se o franqueado não dispuser da dedicação e esforços necessários para fazer o negócio acontecer.

Escolher uma marca que realmente se encaixe no perfil do empreendedor e que tenha potencial para atender às expectativas do franqueado vai fazer toda a diferença no desempenho do negócio. Afinal, dedicar-se ao trabalho é muito mais fácil quando você gosta do que faz, certo?

Cuidado para não cair em armadilhas

Outro ponto que mostra a importância de você já ter ideia do que se encaixa no seu perfil de investidor são os cuidados que você precisa tomar na hora de escolher a sua franquia em uma feira. O investidor deve estar atento às promessas de resultados exorbitantes, pois trata-se de um negócio e, como qualquer negócio, apesar do sucesso da marca, dependerá do desempenho do franqueado frente à unidade.

“Algumas feiras têm uma configuração padrão, com estandes simples, prevalecendo apenas o conteúdo que as marcas oferecem. Porém, outras feiras permitem que o expositor estruture o estande da forma como ele quiser, isso faz com que muitos sejam atrativos aos olhos, inclusive com operações em funcionamento, por isso, o investidor deve estar muito focado para não ficar deslumbrado com toda a estrutura visual e perder o foco nas análises fundamentais para sua decisão”, comenta Pinheiro.

Aliás, a possibilidade de se deslumbrar também é importante para não dar um passo maior que a perna. “Faça um investimento do tamanho do seu bolso, ou seja, tenha disponível o valor integral do investimento inicial e mais uma reserva extra para o início das operações, que demanda tempo até atingir seu potencial pleno”, aconselha Friedheim.

Outra questão é que a Lei de Franquia prevê que, antes da assinatura do contrato, seja entregue ao candidato a Circular de Oferta de Franquia – COF, com as informações gerais da rede. De acordo com essa lei, o período mínimo entre a entrega oficial da COF e a assinatura do contrato deve ser de, pelo menos, dez dias. Esteja atento a esse importante detalhe também na hora da escolha em uma feira de franchising.

Perfil do candidato

Já que a ideia é escolher uma rede para investir na feira de franquias, chegue ao evento com o seu perfil traçado, algo importante na hora da seleção de marcas. “O investidor deve, quando resolve investir em uma marca do franchising, entender qual o tipo de negócio que ele gosta de atuar, qual o tempo que possui para se dedicar ao negócio, se tem habilidades comerciais, se tem facilidade com relacionamento interpessoal e se tem disciplina para analisar os resultados”, avalia Pinheiro.

Todos esses pontos são importantes, pois, com eles, o investidor pode, por exemplo, decidir o segmento em que investirá, se buscará negócios de fácil operação ou se consegue assumir uma operação mais complexa, se poderá seguir para negócios que tenham apelo mais comercial ou se dará preferência a franquias que não precisam de equipes, entre outras análises.

Além disso, também é preciso ter em mente que ter um negócio próprio é um projeto complexo que demanda conhecimentos do mercado em que se vai atuar, o consumidor alvo, do produto, marketing, finanças, administração, gestão de pessoas, logística, dentre outros.

“Nesse sentido, é importante fazer uma análise honesta de quais conhecimentos você dispõe e quais precisa de ajuda, levando isso em consideração no momento da escolha da franquia. Buscar capacitação, antes e depois do fechamento do negócio, também é fundamental”, esclarece Friedheim.

Hora de fechar negócio

Nada impede que o investidor feche negócio na feira, desde que ele já esteja em negociação com a marca e apenas aproveite a feira para últimas análises e para conhecer pessoalmente o franqueador e o consultor com quem vem conversando.

“Mas, fique ligado: no caso de investidores que não tenham nenhuma negociação anterior, não é interessante fechar contrato na feira, visto que trata-se de um tempo muito curto para analisar todos os pontos necessários para a tomada de decisão, além de a Lei de Franquias impor que é preciso respeitar o período de análise de dez dias da COF – como já foi dito -, evitando uma possível compra por impulso”, lembra Pinheiro.

Inclusive, tome cuidado: o investidor deve estar atento caso alguma marca oriente para que ele assine o contrato de franquia no ato e o termo da COF com data retroativa, pois essa é uma atitude ilegal.

Outro ponto importante: apesar de você chegar na feira de franquias com uma ideia direcionada, pode ser prematuro já entrar no evento totalmente decidido, pois “a feira também serve, justamente, para o empreendedor conhecer a marca de perto e, por que não, ter contato com concorrentes e opções em outros ramos”, comenta Friedheim.

Por fim, aproveite as boas oportunidades, uma vez que algumas franqueadoras aproveitam a feira para gerar benefícios para investidores que estejam em negociação e já tenham cumprido os dez dias de análise da COF.

“Podem ser ofertados valores de taxa de franquia com desconto pontual para fechamento na feira, descontos periódicos de royalties para esse investidor, entre outras vantagens mais simbólicas”, ressalta Pinheiro.

Mas, sem dúvidas, a principal vantagem é conhecer o franqueador de perto e agilizar o processo de decisão, em um ambiente que reúne outras opções e uma agenda intensa de capacitação.

Feira de franquias da ABF

A ABF Expo é o principal evento de franquias no país. Organizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), a feira acontece anualmente e reúne redes de franquias, fornecedores e milhares de visitantes interessados no segmento.

Em 2018, a ABF Expo chega à 27ª edição e será realizada entre os dias 27 e 30 de junho. A organização espera receber cerca de 65 mil visitantes durante o período do evento, que conta com 400 marcas expositoras, programação de palestras e apresentações.

27ª ABF Franchising Expo

Data: 27 a 30 de junho de 2018
Local: Expo Center Norte – Pavilhões Branco e Azul (Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, São Paulo)
Ingressos: R$ 70 online | R$ 80 na bilheteria
Informações: (11) 3017-6800 | www.abfexpo.com.br

COMPARTILHE
Artigo anteriorMania de Passar projeta chegar a 120 unidades em 2018
Próximo artigoComo se organizar financeiramente para investir em franquia
Avatar
Graduada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduanda em Gestão de Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, sua paixão é escrever e tem curiosidade sobre os mais diversos temas. Já trabalhou em editorias de entretenimento, esportes, saúde, bem-estar, PME e gestão de carreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA